Provas físicas deixam de ser obstáculo à recruta no Exército

(dr) Exército Português

As provas físicas de classificação e seleção exigidas aos candidatos a praças do Exército deixaram em meados de março de ter caráter eliminatório, o que permitiu ao ramo aumentar a base de recrutamento.

Num primeiro balanço da medida, em vigor desde o dia 17 de março, o Exército registou que 379 jovens dos cerca de 1.180 que foram chamados a prestar provas entre março e junho teriam sido liminarmente excluídos por inaptidão física no início do processo de seleção caso os critérios não tivessem sido alterados.

Questionado pela Lusa, o porta-voz do Exército, tenente-coronel Vicente Pereira, garantiu que a medida “tem caráter transitório e será reavaliada anualmente” e não prejudica a qualidade da formação, estando assegurado “o mesmo nível de exigência e rigor”.

“Estima-se sim um aumento de candidatos aptos que se aproxime das necessidades do Exército”, acrescentou.

Com esta medida, mesmo sem atingirem os mínimos físicos, os candidatos que forem considerados aptos nas restantes provas podem aceder à fase de recruta e os treinos diários “conseguem garantir ao soldado-recruta a aptidão física que não tinha quando se candidatou”, sublinhou.

Na categoria de praças, os candidatos têm de correr 12 minutos, fazer abdominais por um minuto, extensões de braços no solo e transpor um muro com 60 centímetros de altura.

Para além das provas físicas, os candidatos continuam a passar por provas de aptidão psicológica, provas médicas de seleção e entrevista.

Fonte militar ligada ao processo de recrutamento explicou que, por vezes, candidatos com boas pontuações nas provas de aptidão psicológica e nas provas médicas eram excluídos por terem falhado “um ou dois abdominais” ou “uma ou duas flexões”.

As novas regras não se dirigem a candidaturas às tropas especiais ou ao quadro permanente, que continuam a ter requisitos específicos mais apertados, esclareceu.

Segundo a mesma fonte, “o rigor está assegurado” e ninguém assina contrato com o Exército sem que tenha atingido no final do processo todos os requisitos físicos exigidos.

A medida foi a resposta encontrada pela chefia do Estado-Maior do Exército para enfrentar um dos fatores que contribuía para a diminuição da base de recrutamento sentida ao longo dos anos, em consequência da baixa progressiva da natalidade ou da quebra do número de voluntários.

A inaptidão nas provas físicas, que continuam a ser obrigatórias, era o principal motivo de exclusões, rondando “20% dos candidatos”, disse à Lusa fonte militar.

Já nas exclusões por razões médicas, cerca de 10% em média, surgem no topo os problemas de audição e visão.

O Exército regista também um elevado número de desistências nas várias fases do processo de seleção e recrutamento.

“Não há um padrão uniforme, varia conforme a época do ano, a região do país, talvez uma média de 20% de taxa de atrição” no global, disse a mesma fonte.

No início de julho, o plano de incorporações do Exército estava cumprido a 53% para oficiais (79), 100% para o primeiro de dois cursos de sargentos (175) e a 42% para praças (1.575), segundo dados fornecidos pelo ramo.

A próxima incorporação para a categoria de praças é em 20 de outubro.

// Lusa

RESPONDER

Morrem por dia 15 mil crianças com menos de 5 anos

Um novo relatório revela que 15 mil crianças morreram por dia em 2016 antes de completarem o quinto aniversário. Pelo menos 46% delas, ou 7 mil, não sobreviveram aos primeiros 28 dias após o nascimento. Quando …

Presidente da Proteção Civil demite-se

O presidente da Autoridade Nacional da Proteção Civil, Joaquim Leitão, demitiu-se esta quarta-feira, informou hoje à Lusa fonte do Governo. A mesma fonte adiantou que Joaquim Leitão entregou na quarta-feira uma carta de demissão dirigida …

A vidente que afinal não é filha de Dalí vai ter que pagar os custos da exumação

Pilar Abel, a espanhola que a 20 de julho obrigou a que o corpo do pintor surrealista Salvador Dalí fosse exumado, após alegações de que seria sua filha, foi condenada a pagar os custos judiciais …

Milhares de comunistas indonésios foram massacrados em 1966 com apoio dos EUA

Documentos desclassificados revelam novos detalhes sobre o massacre indonésio contra comunistas. De acordo com os documentos, Washington estava a par e apoiava a tomada do poder pelos militares e a perseguição dos opositores comunistas. Segundo a …

Pedro Siza Vieira admite que entra num "Governo fragilizado"

O novo Ministro Adjunto e amigo próximo do primeiro-ministro admite que o "Estado falhou" e que o Governo "está fragilizado" mas assegura estar motivado para o novo desafio. Em declarações ao jornal ECO, Pedro Siza Vieira, sócio …

May promete facilitar permanência de cidadãos europeus no Reino Unido

A primeira-ministra britânica prometeu, esta quinta-feira, "facilitar" a estadia dos cidadãos europeus no Reino Unido depois do Brexit, ao mesmo tempo que garantiu que o consenso com a União Europeia nesta matéria está "muito perto". Theresa …

Bruxelas deve considerar despesas dos incêndios como “excecionais”

O comissário europeu dos Assuntos Económicos, Pierre Moscovici, defendeu esta quinta-feira que as despesas públicas resultantes dos devastadores incêndios em Portugal sejam consideradas como "circunstâncias excecionais", sem consequências na avaliação orçamental a fazer por Bruxelas. "Parece-me …

Creme anticelulite tem ingrediente proibido

A Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor (DECO) pediu ao Infarmed a retirada do mercado do creme 'Depuralina Celulite', por conter um ingrediente proibido em cosméticos, na União Europeia, desde 2015. De acordo com um …

Benfica recebe o V. Setúbal, FC Porto o Portimonense e Sporting o Famalicão

O sorteio realizado, esta quinta-feira, na Cidade do Futebol, em Oeiras, ditou que os três grandes vão jogar em casa. Benfica e FC Porto jogam com outras duas equipas da I Liga, enquanto que o …

Líder neonazi britânico declara-se homossexual, revela ser judeu e abandona movimento

Um proeminente líder neonazi da Frente Nacional (NF) britânica deixou o movimento depois de se declarar homossexual e revelar a sua herança judaica. O líder fez as revelações sobre o seu passado violento enquanto renunciava …