Provas do Êxodo israelita descrito na Bíblia podem ter sido descobertas

Domínio Público

Pintura de Eckersberg (1783–1853) que ilustra os israelitas a descansar após a travessia do Mar Vermelho.

Arqueólogos encontraram o que podem ser as primeiras provas do Êxodo israelita do Egipto, através do Mar Vermelho e sob a liderança de Moisés, conforme vem descrito na Bíblia.

A veracidade do Êxodo, o evento bíblico que descreve a libertação do povo de Israel do Egipto, como é descrito na Bíblia, é discutida há Séculos, entre historiadores e académicos. Mas, finalmente, os arqueólogos Ralph K. Hawkins e David Ben-Shlomo, da Universidade de Averett, nos EUA, podem ter encontrado provas de que o Êxodo aconteceu mesmo.

Hawkins e Ben-Shlomo têm realizado escavações no sítio arqueológico de Khirbet el-Mastarah, no Vale do Rio Jordão, a alguns quilómetros de Jericó, território palestiniano. Já tinham encontrado vestígios de ruínas antigas deixadas por povos nómadas e agora, acreditam que pode ter sido o povo israelita a fugir do Egipto.

“Não provamos que estes campos são do período dos primeiros israelitas, mas é possível”, salienta Ben-Shlomo em declarações ao jornal britânico Express. “Se são, encaixa-se na história bíblica dos israelitas vindos do Leste do Rio Jordão, e depois atravessando o Jordão e entrando na região montanhosa do que veio a ser Israel, mais tarde”, acrescenta o arqueólogo.

As escavações revelaram ruínas e fragmentos de cerâmica que datam de há entre 1000 a 1400 Antes de Cristo, reportando à Idade do Ferro, o que os coloca no período em que se acredita que decorreu o Êxodo bíblico, conforme relatam no artigo publicado na revista Biblical Archaeology Review.

“Locais como Khirbet el Mastarah e outros semelhantes no Vale do Jordão parecem aparecer de repente – pelo menos, a partir de material de pesquisa – durante a Idade do Ferro”, aponta Ben-Shlomo no Express. E “uma vez que esta área não é densamente habitada em muitos períodos, isto pode indicar um novo fenómeno, como nómadas a criarem de repente um assentamento ou uma nova população”, conclui.

As amostras do solo do local foram enviadas para análise, para testar, nomeadamente, “a acumulação de electrões que ficam presos ao longo dos anos, e que só são libertados por radiação de luz”, pelo que podem “revelar a idade da estrutura”, realça o jornal britânico.

Amostras do interior das paredes das ruínas vão ser analisadas quanto a “níveis elevados de fósforo” que indicariam a acumulação de esterco animal no interior dos edifícios, explica ainda o diário.

Os resultados chegarão dentro de alguns meses, mas chegar às provas concretas e irrefutáveis de que estamos perante sinais do Êxodo pode ser “difícil”, como destaca Ben-Shlomo, frisando que é preciso encontrar evidências culturais e, neste caso, há “diferentes grupos” que partilham traços “demasiado similares”.

SV, ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Portanto… encontraram uns vestígios ténues de presença humana num certo sítio…
    semelhantes aos milhares que se encontram um pouco por todo o lado !
    Daí a concluírem que pertenceu a um assentamento dos judeus nómadas ainda vai muito …
    e então de que se trata dos judeus fugidos… e ainda por cima do Egipto … !

    Ah, como a imaginação vôa !

  2. Comecemos pelo nome da revista “Biblical Archaeology Review”. Logo aí cheira a juizo em causa própria. Espero que possuam um bom sistema de validação cientifica, isento e funcional. No entanto há a referir que a Igreja, mediante a flagrante falta de provas, de evidências da existência de um ser superior sempre assumiu que Deus não é testável e por tal “a ciência não entra no mérito de Deus”. No entanto sempre que aparece uma suposta “prova cientifica” (papiros do mar- morto, sudário de Turim, este assunto, etc) agarra-se a ela com unhas e dentes e aí a ciência já é válida. Quando se prova que nada disso tem a ver com algo ligado ao suposto Deus, voltam imediatamente á “trincheira” do “Deus não é testável….”. Sejam, no mínimo, intelectualmente honestos.

RESPONDER

Encontrada antiga oficina de reparação de barcos no Egito

O Egito anunciou que arqueólogos encontraram uma antiga oficina usada para construir e reparar barcos que data da era do ptolemaico (de 332 a.C a30 a.C) em Sinai. O Ministério das Antiguidades do Egito disse na …

Tarântula "unicórnio" tem um corno bizarro nas costas

Uma espécie de tarântula recentemente descoberta em Angola tem algo em comum com o mítico unicórnio - um "chifre" proeminente. Mas no caso da aranha, o chifre está a crescer nas costas da criatura. O aracnídeo …

Dois aviões dos EUA com ajuda humanitária já aterraram na Venezuela

Dois aviões de carga C-17 da Força Aérea dos Estados Unidos com ajuda humanitária para a Venezuela chegaram este sábado à cidade fronteiriça de Cúcuta, anunciaram as autoridades norte-americanas. O primeiro avião, que partiu da base …

Catarina Martins considera que moção de censura "não é para ser levada a sério"

A coordenadora do Bloco de Esquerda, Catarina Martins, considerou que a moção de censura ao Governo, apresentada pelo CDS-PP, "não é para ser levada a sério", acusando os centristas de contradições. Falando aos jornalistas à margem …

Cidade italiana vai pagar às pessoas que andem de bicicleta

O responsável da cidade italiana de Bari, Antonio de Caro, quer "duplicar o número de bicicletas na cidade" e vai pagar às pessoas que usem esse meio de transporte. A nova iniciativa prevê que os cidadãos …

Astrónomos registam "explosão mortífera" em estrela recém-nascida

Um grupo de investigadores registou uma explosão fortíssima na superfície de uma jovem estrela localizada na constelação de Órion, cuja força supera em dez milhões de vezes fenómenos parecidos no Sol. "Nós examinamos as estrelas vizinhas, …

Forças armadas alemãs ponderaram recrutar estrangeiros (mas ninguém se quis juntar)

As forças armadas da Alemanha estão a lutar para atrair recrutas muito necessárias, com o número de novos soldados no Bundeswehr a cair para um recorde no ano passado. A escassez é um desafio urgente para …

FC Porto vs Vitória Setúbal | Superioridade total do dragão

O FC Porto não vacilou e regressou às vitórias na Liga NOS. Na recepção ao Vitória de Setúbal, os “dragões” venceram por 2-0, num jogo que esteve longe de ser espectacular e que valeu pela …

Os portugueses dormem pouco e mal

Os portugueses estão a descansar poucas horas, dormindo em média menos de seis horas diárias, com reflexos negativos na vida ativa e social, disse esta sexta-feira o presidente da Associação Portuguesa do Sono (APS), Joaquim …

Vaticano destitui ex-cardeal dos Estados Unidos por acusações de abusos sexuais

A Congregação para a Doutrina da Fé expulsou do sacerdócio o ex-cardeal e arcebispo emérito de Washington Theodore McCarrick depois de este ser acusado de abusos sexuais de menores e seminaristas, anunciou o Vaticano. Num comunicado, …