Provas do Êxodo israelita descrito na Bíblia podem ter sido descobertas

Domínio Público

Pintura de Eckersberg (1783–1853) que ilustra os israelitas a descansar após a travessia do Mar Vermelho.

Arqueólogos encontraram o que podem ser as primeiras provas do Êxodo israelita do Egipto, através do Mar Vermelho e sob a liderança de Moisés, conforme vem descrito na Bíblia.

A veracidade do Êxodo, o evento bíblico que descreve a libertação do povo de Israel do Egipto, como é descrito na Bíblia, é discutida há Séculos, entre historiadores e académicos. Mas, finalmente, os arqueólogos Ralph K. Hawkins e David Ben-Shlomo, da Universidade de Averett, nos EUA, podem ter encontrado provas de que o Êxodo aconteceu mesmo.

Hawkins e Ben-Shlomo têm realizado escavações no sítio arqueológico de Khirbet el-Mastarah, no Vale do Rio Jordão, a alguns quilómetros de Jericó, território palestiniano. Já tinham encontrado vestígios de ruínas antigas deixadas por povos nómadas e agora, acreditam que pode ter sido o povo israelita a fugir do Egipto.

“Não provamos que estes campos são do período dos primeiros israelitas, mas é possível”, salienta Ben-Shlomo em declarações ao jornal britânico Express. “Se são, encaixa-se na história bíblica dos israelitas vindos do Leste do Rio Jordão, e depois atravessando o Jordão e entrando na região montanhosa do que veio a ser Israel, mais tarde”, acrescenta o arqueólogo.

As escavações revelaram ruínas e fragmentos de cerâmica que datam de há entre 1000 a 1400 Antes de Cristo, reportando à Idade do Ferro, o que os coloca no período em que se acredita que decorreu o Êxodo bíblico, conforme relatam no artigo publicado na revista Biblical Archaeology Review.

“Locais como Khirbet el Mastarah e outros semelhantes no Vale do Jordão parecem aparecer de repente – pelo menos, a partir de material de pesquisa – durante a Idade do Ferro”, aponta Ben-Shlomo no Express. E “uma vez que esta área não é densamente habitada em muitos períodos, isto pode indicar um novo fenómeno, como nómadas a criarem de repente um assentamento ou uma nova população”, conclui.

As amostras do solo do local foram enviadas para análise, para testar, nomeadamente, “a acumulação de electrões que ficam presos ao longo dos anos, e que só são libertados por radiação de luz”, pelo que podem “revelar a idade da estrutura”, realça o jornal britânico.

Amostras do interior das paredes das ruínas vão ser analisadas quanto a “níveis elevados de fósforo” que indicariam a acumulação de esterco animal no interior dos edifícios, explica ainda o diário.

Os resultados chegarão dentro de alguns meses, mas chegar às provas concretas e irrefutáveis de que estamos perante sinais do Êxodo pode ser “difícil”, como destaca Ben-Shlomo, frisando que é preciso encontrar evidências culturais e, neste caso, há “diferentes grupos” que partilham traços “demasiado similares”.

Susana Valente SV, ZAP //

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. Portanto… encontraram uns vestígios ténues de presença humana num certo sítio…
    semelhantes aos milhares que se encontram um pouco por todo o lado !
    Daí a concluírem que pertenceu a um assentamento dos judeus nómadas ainda vai muito …
    e então de que se trata dos judeus fugidos… e ainda por cima do Egipto … !

    Ah, como a imaginação vôa !

  2. Comecemos pelo nome da revista “Biblical Archaeology Review”. Logo aí cheira a juizo em causa própria. Espero que possuam um bom sistema de validação cientifica, isento e funcional. No entanto há a referir que a Igreja, mediante a flagrante falta de provas, de evidências da existência de um ser superior sempre assumiu que Deus não é testável e por tal “a ciência não entra no mérito de Deus”. No entanto sempre que aparece uma suposta “prova cientifica” (papiros do mar- morto, sudário de Turim, este assunto, etc) agarra-se a ela com unhas e dentes e aí a ciência já é válida. Quando se prova que nada disso tem a ver com algo ligado ao suposto Deus, voltam imediatamente á “trincheira” do “Deus não é testável….”. Sejam, no mínimo, intelectualmente honestos.

  3. Deus nunca pediu ao homem que provasse Sua existência.
    Não é a arqueologia que deveria ter a função de provar a existência de DEUS e sim.
    O biólogo, físico, astrônomo teem muito mais evidências vivas da existência de um criador.
    Você mesmo ao olhar no espelho, na natureza, luz, água, espécies de vegetação com seus frutos, animais com suas espécies, simetria do universo, se você não crer vendo todas estas manifestações como vai crer se não ver. Deus nao precisa manifestar -se fisicamente, só quer demonstrar seu amor através da criação.
    Se o ser humano acredita ou nao,
    Deus existe do mesmo jeito.

    • Meu caro! Eles não estão tentando provar a exiatencia de Deus, eles estão a avaliar a veracidade dos contos bíblicos, já que foram seres-humanos que escreveram. A ciência não pode provar que Deus os inspirou ou não, mas pode provar que tais histórias não aconteceram.

  4. Boa tarde,
    Na verdade, nunca encontrarão evidências de que houve tal fato, simplesmente porque a Bíblia é um livro espiritual, é um simbolismo para ensinar ao ser humano como entrar no mundo espiritual. Como argumento, posso te mostrar alguns símbolos desse livro: Israel, significa Direto a Deus, Judeu é a pessoa que tem a intenção de conhecer Deus(ou a força criadora). Egito significa EGO, faraó significa o próprio egoísmo. A abertura do mar vermelho significa a passagem da alma para o Espiritual (terra prometida). Portanto essa narrativa mostra como uma pessoa, (qualquer pessoa(judeu) que queira conhecer a verdade) pode se livrar do EGO(Faraó) e chegar ao mundo espiritual.

RESPONDER

Alfredo Casimiro contrata Banco Nomura para vender 50,1% da Groundforce

O principal acionista da Groundforce anunciou este sábado, em comunicado, ter contratado o banco Nomura para assessorar a venda da participação de 50,1% da Pasogal na empresa de handling Groundforce, e pediu "especial atenção" ao …

Transferência para o Wolves. Diogo Jota recorda palavras de Jorge Mendes: "Vês como eu tinha razão?"

Diogo Jota, atual avançado do Liverpool, recuou no tempo e enfatizou a importância de Jorge Mendes na progressão da sua carreira. O avançado internacional português, que se transferiu esta temporada para o Liverpool, trocou o Atlético …

Um total de 19.359 agregados pagaram adicional de solidariedade do IRS

Entre o Continente e as regiões autónomas dos Açores e da Madeira são 19.359 os agregados com rendimento coletável acima dos 80 mil euros e que, por esse motivo, foram chamados a pagar taxa adicional …

Resort Zmar

Imigrantes já começaram a ser retirados do Zmar (e os donos de casas podem ter de as desmontar)

Os primeiros imigrantes realojados no empreendimento turístico Zmar, em Odemira (Beja), já começaram a ser retirados do local, após a decisão do tribunal contra a requisição civil do Governo. E enquanto se pede a demissão …

Índia ultrapassa quatro mil mortos num só dia. Cuba vai imunizar população com vacinas nacionais

A Índia registou mais de quatro mil mortes associadas à covid-19 num só dia e o Brasil contabilizou 2.165 óbitos nas últimas 24 horas. Em contraste, Cuba vai começar a vacinar a população contra a …

Boris Johnson diz que não haverá novo referendo de independência na Escócia

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, recusou hoje qualquer possibilidade de realizar um novo referendo de independência na Escócia, mesmo que o Partido Nacional Escocês (SNP) obtenha maioria absoluta no parlamento regional. “Acho que um referendo no …

Associação dos Árbitros apresenta queixa contra Benfica, Jesus, Grimaldo e Otamendi

A Associação Portuguesa de Árbitros de Futebol (APAF) apresentou uma queixa contra o Benfica, Jorge Jesus, Grimaldo e Otamendi, por causa das declarações proferidas após o jogo com o FC Porto. A notícia de que a …

Um milhão de pessoas já foram imunizadas. Faixa etária dos 50 anos começou a ser vacinada em alguns locais

Em alguns locais do país, já há pessoas na faixa etária dos 50 anos a receber a primeira dose da vacina contra a covid-19. Fonte da task force responsável pelo plano nacional de vacinação disse, este …

GNR inicia operação para dar segurança nas celebrações e peregrinação a Fátima

A GNR promove a partir de hoje uma operação de segurança em todo o território nacional, com maior incidência em Fátima e nas principais vias de acesso, para garantir segurança durante o deslocamento dos peregrinos …

UEFA anuncia sanções para nove dos 12 fundadores da Superliga. Real Madrid, Barcelona e Juventus denunciam "pressões e ameaças"

O Real Madrid, o Barcelona e a Juventus - os clubes fundadores da Superliga que ainda resistem - emitiram um comunicado conjunto em que reafirmam a necessidade da prova, assegurando que os clubes "receberam - …