PróToiro oferece bilhetes para tourada a crianças. Associação Animal apresenta queixa

O departamento jurídico da Inspeção-geral das Atividades Culturais está a analisar uma queixa apresentada pela Associação Animal sobre o facto de a PróToiro estar a oferecer bilhetes a crianças até 12 anos para um espetáculo no final deste mês no Campo Pequeno, em Lisboa.

A Associação PróToiro está a oferecer bilhetes gratuitos a menores até aos 12 anos para um espetáculo tauromáquico no final de fevereiro no Campo Pequeno, em Lisboa, o que motivou uma queixa apresentada pela Associação Animal.

Em declarações à TSF, Rita Silva, presidente da Associação Animal, considerou que chegou a altura de fazer respeitar a lei que proíbe a entrada de menores de 12 anos em espetáculos de tauromaquia, bem como as recomendações do comité da ONU para os direitos das crianças.

A responsável da associação explicou que a oferta de bilhetes a crianças, não só é uma provocação, mas também uma reação ao Orçamento do Estado, que contempla um aumento do IVA nas touradas.

Questionado pela TSF, o Ministério da Cultura remeteu o assunto para a Inspeção-geral das Atividades Culturais que, por sua lado, adiantou que está a ser analisado pelo departamento jurídico.

Bloco de Esquerda repudia oferta de bilhetes

Esta quinta-feira, o Bloco de Esquerda repudiou a oferta de bilhetes a menores de 12 anos para um evento tauromáquico no Campo Pequeno, em Lisboa. Em comunicado, o BE refere que as touradas “são um espetáculo violento que não deve ter lugar na cidade de Lisboa”, acrescentando ser tempo de o Campo Pequeno ser “transformado num espaço público multiusos sem sofrimento animal, contribuindo para a diversidade cultural e desportiva da cidade”.

Por outro lado, à agência Lusa, Hélder Milheiro, secretário-geral da PróToiro, detentora da marca Touradas – promotora do festival do Dia da Tauromaquia – explicou que a iniciativa se encontra dentro da lei, já que os bilhetes são oferecidos aos menores de 12 anos quando acompanhados de um adulto.

“O Bloco de Esquerda quer limitar e proibir a vida cultural e o acesso das crianças”, bem como condicionar os menores e as famílias na decisão dos “espetáculos que frequentam”, disse Hélder Milheiro, acrescentando que, “por lei, um menor pode ir acompanhado”.

De acordo com Hélder Milheiro, durante o dia do espetáculo vão decorrer várias atividades que celebram a cultura tauromáquica, encerrando o evento com um festival taurino, no qual pode entrar um menor de 12 anos, quando “acompanhado por adulto ou educador responsável como acontece no cinema ou teatro”.

“Um dos espetáculo tauromáquicos, não é corrida de touros formalmente, mas é uma tourada, com bilhete pago, ao qual decidimos, como é um dia de celebração dedicado a todos os aficionados, dar acesso às crianças menores de 12 anos acompanhadas por adultos”, disse.

Em comunicado esta quinta-feira divulgado, o Bloco questiona ainda que ações serão tomadas pelo presidente da autarquia lisboeta, Fernando Medina (PS), e pela Inspeção-Geral de Atividades Culturais, responsável pela área.

O Comité dos Direitos das Crianças da ONU, autoridade em matérias relativas a menores, recomendou que a idade mínima para assistir a touradas fosse os 18 anos, tendo enviado, inclusivamente, uma recomendação ao estado português demonstrando preocupação com o bem-estar mental e emocional das crianças enquanto espetadores expostos à violência das touradas.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

    • Um bando de sádicos atrasados mentais que querem transformar os outros, desde crianças, em sádicos atrasados mentais. Só mostra que estão cada vez mais atrasados. Como atrasados mentais que são, ainda não entenderam que a tourada tem os dias contados.

    • Preferes Futebol queres ver???
      Entre um jogo de Futebol ou Corrida de toiros.
      Uma corrida de toiros é muito menos traumática para a criança.
      Na arena ouve máximo ouve uns olé´s, no estádio de futebol ouve olé’s, filho da p u t a, oh bói , óh c o r n o, havias de morrer, vai para a tua terra oh **, cabr ão, defeciente de me rda, entre tantas outras pérolas. Fora a violência muitas vezes dentro de campo de jogadores sobre colegas de equipa. Até matam pessoas em estádios com tochas/foguetes.
      Está na hora de repensar o Futebol em Portugal. Não sou protroiro ok, fica a deixa. Sou contra a violência para com as crianças. Muita coisa tem de mudar a tauromaquia é uma gota no oceano comparado com o futebol.

RESPONDER

Novo estudo já marcou data para o fim da pandemia (e normalidade pode estar para breve)

Um novo estudo da McKinsey prevê que o fim da pandemia só deve chegar no terceiro ou no quarto trimestre de 2021 nos países desenvolvidos. Contudo, o retorno à normalidade deve acontecer mais cedo. O artigo …

Torre Eiffel evacuada devido a ameaça de bomba

A Torre Eiffel foi evacuada ao fim da manhã desta quarta-feira na sequência de uma ameaça de bomba, avança a imprensa internacional.  A notícia foi avançada pelo jornal francês Le Figaro e pela agência Reuters. De acordo …

Plano de Recuperação. CGTP deixa aviso em relação ao salário mínimo, CIP apoia aposta do Governo

António Costa reuniu-se esta terça-feira com os parceiros sociais a propósito do Plano de Recuperação e Resiliência. Isabel Camarinha, secretária geral da CGTP, considera que a resposta do Governo face à valorização dos salários é …

Putin estará a comandar campanha para denegrir Biden, admite CIA

Esta terça-feira foi divulgado um documento da CIA que aponta para interferência russa na degradação da imagem de Joe Biden. Vladimir Putin está "provavelmente a comandar" uma campanha para denegrir Joe Biden, candidato do Partido Democrata …

Linha de Fundo por Teófilo Fernando

Linha de Fundo: Três minutos desastrosos, um sir alemão e o público que voltou a um estádio

Começou a época 2019-20. O futebol regressou aos estádios, mas o público não — excepto nos Açores. Em Alvalade, nem público, nem jogadores — alinhou a pandemia. O Benfica vingou-se do desaire europeu, o FC Porto …

Pais ajudaram a PJ a apanhar Rui Pinto na Hungria (onde desapareceram 2 sacos de provas)

A Polícia Judiciária (PJ) perseguia Rui Pinto desde 2015, mas só conseguiu apanhá-lo na Hungria em 2019, após ter seguido os seus pais. Um dado revelado em tribunal no julgamento do caso Football Leaks, onde …

Advogados podem ter de processar os próprios familiares para conseguirem subsídio

Os advogados terão de provar a quebra de rendimentos - poderão ter de desencadear ações judiciais contra os próprios familiares que se recusarem a sustentá-los - para acederem a um subsídio destinado a compensá-los pela …

Suécia pondera alterar estratégia e aplicar medidas mais drásticas em Estocolmo

Depois de um grande aumento de casos na capital do país durante a última semana, as autoridades suecas ponderam alterar toda a sua estratégia de combate à pandemia e adotar novas medidas. A Europa foi considerada …

"O PS não se pode calar." Líder parlamentar promete combate à extrema-direita

Para a líder parlamentar do PS, Ana Catarina Mendes, os tempos atuais "não estão para brincadeiras ou para aventureirismos". A líder parlamentar do PS prometeu, esta terça-feira, o combate político aos "populismos" oriundos de correntes de …

"Nem fria, nem quente." China não quer nenhuma guerra

O Presidente chinês, Xi Jinping, assegurou que o país não quer nenhuma guerra e acredita que "a Humanidade vencerá a batalha" da covid-19. Xi Jinping assegurou, esta terça-feira, que a China não quer nenhuma guerra “nem …