Propostas do Governo são “oportunistas”. Frente Comum insiste em aumentos

José Sena Goulão / Lusa

A coordenadora da Federação dos Sindicatos da Função Pública, Ana Avoila

Ana Avoila considera que, mais importante do que discutir medidas em fim de legislatura, é sensibilizar o Governo para a necessidade de aumentos salariais em 2019.

A líder da Frente Comum, Ana Avoila, desvalorizou as propostas do Governo apresentadas esta segunda-feira aos sindicatos, considerando-as “oportunistas” e reafirmou que os trabalhadores não vão desistir de lutar por aumentos salariais em 2019.

A coordenadora da Frente Comum de Sindicatos da Administração Pública, da CGTP, falava aos jornalistas à saída de uma reunião no Ministério das Finanças, em Lisboa, onde o Governo apresentou dois projetos de diploma.

Uma das propostas estabelece uma medida já prevista no programa do Governo “3 em linha” que prevê a dispensa até três horas para acompanhamento de menores até 12 anos no primeiro dia de escola, mas condiciona essa possibilidade à disponibilidade do serviço.

Ana Avoila disse desvalorizar “totalmente” a medida porque, além de considerar que “três horas não dão para nada“, condicionar a possibilidade da dispensa à disponibilidade do serviço significa que “quase ninguém” vai poder usufruir dela. “É dar com uma mão e tirar com a outra”, rematou Ana Avoila.

Sobre o novo programa de capacitação de técnicos superiores (CAT), a dirigente da Frente Comum disse que ainda vai ter de analisar melhor a proposta do executivo, sublinhando que as duas propostas do Governo são “oportunistas“, apontando para o “calendário eleitoral”.

Para Ana Avoila, mais importante do que discutir medidas “avulsas, insuficientes e oportunistas” em fim de legislatura, é sensibilizar o Governo para a necessidade de aumentos salariais em 2019 na administração pública, uma vez que os trabalhadores estão sem aumentos há dez anos.

“Não desistimos de discutir os aumentos salariais para 2019 nem a revisão da Tabela Remuneratória Única”, frisou a sindicalista.

“O Governo que não tenha ilusões sobre aquilo que os trabalhadores sentem neste momento e quanto à disposição que têm para continuar a lutar”, rematou.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Nova universidade internacional de Soros pretende combater populismo e alterações climáticas

O filantropo multimilionário George Soros vai investir mil milhões de dólares (cerca de 904 milhões de euros) numa universidade internacional que terá como foco a oposição a governos autoritários e às alterações climáticas. Segundo avançou o …

"O índio está evoluindo e cada vez mais é um ser humano igual a nós", diz Bolsonaro

O Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, disse, durante um vídeo em direto em que comentava a criação do Conselho da Amazónia, que "o índio está evoluindo e cada vez mais é um ser humano igual …

Jorge Brito Pereira deixa de ser advogado de Isabel dos Santos

O advogado anunciou, esta sexta-feira, que saiu da sociedade de advogados Uría Menéndez Proença de Carvalho, suspendeu a atividade profissional e, como consequência, vai cessar "o patrocínio jurídico" à empresária angolana. "Face às informações publicadas nos …

621 milhões de euros. Ministra reconhece que redução do défice no SNS ficou aquém

A ministra da Saúde reconheceu, esta sexta-feira, que a redução do défice do SNS em 2019 para 621 milhões ficou aquém do que estava previsto, sublinhando o aumento dos custos com pessoal. A ministra da Saúde, …

Governo prevê descontos nas portagens no interior

A ministra da Coesão Territorial disse esta sexta-feira que o novo modelo de desconto das portagens para o interior do país prevê descontos para quem vive, para quem trabalha e para quem visita no …

Excesso de higiene está a tornar a nossa saúde mais frágil, aponta estudo

Um grupo de investigação do Instituto Gulbenkian de Ciência (IGC) divulgou recentemente um estudo sobre a perda de diversidade da flora intestinal - também denominada como microbiota - e as consequências desta diminuição na nossa …

Tiroteio na Alemanha faz pelo menos seis mortos e vários feridos

Pelo menos seis pessoas morreram e várias ficaram feridas num tiroteio, esta sexta-feira, na cidade alemã de Rot am See. De acordo com vários media alemães, pelo menos seis pessoas morreram num tiroteio em Rot am …

IKEA aumenta salário de entrada dos trabalhadores para 700 euros

A IKEA aumentou o salário de entrada para trabalhadores a tempo inteiro de 650 euros para 700 euros brutos mensais, acima do salário mínimo nacional (635 euros), anunciou hoje a cadeia de venda de mobiliário. Em …

Mortes nos Comandos. Recruta diz que colocaram um cateter em Hugo Abreu já depois de estar morto

Rodrigo Silvano, o último recruta no curso 127 de Comandos a sair da tenda de enfermaria onde morreu Hugo Abreu no primeiro dia da Prova Zero, relatou ao tribunal que viu o enfermeiro do INEM …

Rafa inegociável. Benfica só vende por 80 milhões de euros

Rafa é inegociável. O Benfica só deixar sair o extremo de 26 anos pelo valor da sua cláusula de rescisão, que está fixada nos 80 milhões de euros. A notícia é avançada esta sexta-feira pelo Correio …