Promotor acusa Kirchner de encobrir Irão no pior atentado da Argentina

José Cruz / Agência Brasil

Cristina Kirchner, Presidente da Argentina

Cristina Kirchner, Presidente da Argentina

20 anos depois, o pior atentado fundamentalista na história da Argentina voltou ao centro do cenário político.

O promotor federal Alberto Nisman, encarregado de investigar o caso, acusou a presidente Cristina Kirchner e o ministro dos Negócios Estrangeiros, Héctor Timerman, de negociar com o Irão um “plano de impunidade” para encobrir os acusados.

Entre os suspeitos estão altos funcionários do governo iraniano, com pedido de captura pela Interpol.

Nisman apresentou um relatório de 300 páginas, com informações obtidas através de escutas telefónicas. O procurador pediu à Justiça a abertura de um inquérito para ouvir depoimentos da presidente Kirchner, do ministro Timerman e de alguns aliados políticos do governo. “

É uma decisão disparatada, absurda, ilógica, irracional e ridícula, que viola os artigos 75 e 99 da Constituição, sobre as atribuições do Poder Legislativo e do Poder Executivo”, reagiu esta quinta-feira o chefe de gabinete da presidente, Jorge Capitanich.

O atentado ocorreu em 1994, quando um carro-bomba explodiu à porta da Associação Mutual Israelita Argentina, AMIA, destruindo o prédio, no centro de Buenos Aires, e matando 85 pessoas.

Dois anos antes, um atentado contra a Embaixada de Israel tinha deixado saldo de 29 mortos e centenas de feridos. Até hoje, nenhum dos dois ataques terroristas foi esclarecido.

A Argentina é o país com a maior comunidade judaica da América Latina.

Foi Néstor Kirchner, presidente da Argentina de 2003 a 2007, que decidiu retomar as investigações do atentado à AMIA, tendo criado para o efeito uma procuradoria especial e colocado Nisman à frente do caso.

Candelaria Lagos / Télam / jcp

A presidente Cristina Kirchner com Néstor Kirchner, em 2010

A presidente Cristina Kirchner com Néstor Kirchner, em 2010

Segundo o promotor, as pistas encontradas indicam que o ataque teria sido planeado pelo governo iraniano da altura e executado pelo grupo xiita Hezbollah, com ajuda local.

Mas as investigações não puderam prosseguir, porque a Justiça argentina não conseguiu interrogar os suspeitos.

A pedido de Nisman, a Interpol pediu a captura de seis cidadãos iranianos, entre eles altos funcionários do país, e um libanês.

Todos os anos, a presidente Cristina Kirchner,  viúva e sucessora de Nestor Kirchner, ao participar da Assembleia Geral das Nações Unidas, lembrava o atentado terrorista e criticava a falta de colaboração do governo iraniano nas investigações.

Mas em 2012, a situação mudou, com a abertura de diálogo com o Irão.

O resultado das negociações foi um memorando de entendimento entre os dois países para criar uma comissão da verdade e investigar o caso.

O acordo permite também que representantes da Justiça argentina viajem ao Irão para ouvir o depoimento dos suspeitos, sempre e quando aceitem falar.

Aprovado pelo Congresso argentino mas ainda não ratificado pelo Parlamento iraniano, o acordo foi duramente criticado na Argentina por associações judaicas e parentes das vítimas do atentado.

O governo defendeu o memorando, afirmando que era a única oportunidade para desencravar as investigações.

Nisman acusa agora a presidente Kirchner de estar a negociar com o Irão uma acordo para ilibar os culpados e encontrar um bode expiatório.

A razão, segundo o procurador, seria de carácter comercial: a Argentina quer trocar os seus grãos por petróleo iraniano.

Como prova, o promotor diz ter escutas telefónicas de conversas de agentes da Side, a agência de inteligência argentina.

Jorge Capitanich, por seu lado, acusa o promotor de fazer parte de uma conspiração de grupos do Poder Judicial, da imprensa e de agentes da Side removidos do cargo para “desestabilizar o governo”.

ZAP / Agência Brasil

PARTILHAR

RESPONDER

Há uma rua no Texas onde todas as casas foram impressas em 3D

Esta é a primeira comunidade de casas impressas em 3D nos EUA que está pronta a receber habitantes. A construção torna as habitações mais resistentes ao fogo e a inundações. Chama-se East 17th Street e fica …

A filha de Picasso doou nove obras do artista espanhol a França

A família de Pablo Picasso doou nove obras do artista ao Estado francês, que serão agora integradas no Museu Picasso, em Paris. Maya, a filha de Pablo Picasso, doou nove obras do artista como parte de …

Dormir bem? Depois da pandemia, não

O novo coronavírus criou uma "nação" de pessoas com insónias. Trabalhar menos horas pode ajudar. Insónias. Já eram um problema para muita gente até ao início de 2020 mas a pandemia que mudou o mundo também …

"Não posso ficar sentado a ver-nos voltar a 1972". Médico desafia a lei no Texas e admite que já fez um aborto

Um médico texano escreveu uma coluna de opinião no Washington Post a admitir que já fez um aborto no estado, depois da lei que proíbe interromper as gravidezes após seis semanas ter entrado em vigor. Em …

A cidade mais segura do mundo foi revelada (e é europeia)

Copenhaga foi eleita a cidade mais segura do mundo em 2021 pelo Índice de Cidades Seguras (SCI), da Economist Intelligence Unit. Quando se trata de escolher o destino a visitar, a segurança é um dos aspetos …

Benfica 3-1 Boavista | Águia evolui com Darwin para a vitória

Desde 1982/83 que o Benfica não vencia os primeiros seis jogos no Campeonato. Pois bem, na noite desta segunda-feira, os encarnados venceram o duelo ante o Boavista e fizeram xeque-mate graças ao bis de Darwin …

Milhões de pessoas em risco de tráfico e escravidão devido à crise climática, revela relatório

Milhões de pessoas forçadas a deixar as suas casas por causa da seca severa e ciclones correm o risco da escravidão moderna e de tráfico humano nas próximas décadas, alertou um novo relatório publicado esta …

Mercado teme corrida ao imobiliário com o fim dos vistos gold

A partir de janeiro, segundo as novas regras aplicáveis aos vistos gold, vão deixar de estar abrangidos os investimentos em imobiliário com destino a habitação em Lisboa, no Porto e no litoral. O regime que visa …

Desempregados inscritos no IEFP caem 10% em agosto

O número de desempregados inscritos no Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP) voltou a cair, pelo quinto mês consecutivo. Agosto fechou com 368.404 desempregados inscritos nos serviços públicos de emprego De acordo com os dados …

Agora que a catedral de Notre-Dame está estabilizada, pode dar-se início à reconstrução

Dois anos e meio após o incêndio que devastou a catedral de Notre-Dame, o edifício encontra-se seguro para iniciar o processo de reconstrução, que se espera estar concluído em 2024. Os trabalhos de segurança e consolidação …