Professora há 19 anos deixa ensino para se dedicar aos lenços dos namorados

Cláudia Monteiro / Flickr

Lenço dos namorados típico do Minho

Lenço dos namorados típico do Minho

Uma professora de Educação Visual e Tecnológica (EVT) apresentou hoje, em Vila Verde, a sua primeira linha de acessórios de moda inspirados nos lenços de namorados e já admite deixar o ensino para se dedicar a tempo inteiro ao artesanato.

“Para já, não, mas, dependendo da forma como as coisas evoluírem, quem sabe um dia posso abandonar o ensino e dedicar-me a isto do artesanato a tempo inteiro? Confesso que esse é um desejo que acalento”, refere Marta Chambel.

Professora há 19 anos, Marta confessa-se “um bocadinho desiludida” com o rumo que o ensino tem tido nos últimos tempos, apesar de, como ressalva, gostar muito do que faz.

Mora há 12 anos em Vila Verde, o berço dos lenços de namorados, e foi inspirada neles que começou a bordar peças para consumo próprio, como t-shirts, sacolas, gorros e cachecóis.

A fama da bordadeira começou a espalhar-se e as encomendas de amigos e conhecidos foram surgindo, cada vez com mais frequência.

Há três anos, Marta Chambel ganhou o 1º concurso de acessórios de moda organizado em Vila Verde, com um conjunto de cachecol e gorro, e no ano seguinte ficou em segundo lugar com guarda-chuva ornamentado com motivos em relevo, como se fosse uma reinterpretação contemporânea dos lenços de namorados.

Em 2013, integrou o júri do 3º concurso de acessórios de moda e este ano lançou-se num projecto comercial, tendo hoje mesmo apresentado os seus produtos, com a marca “Namorar Portugal“.

Agora, vai tratar da papelada para se tornar empresária “a sério”, mas pelo menos no imediato vai manter-se no ensino, dedicando-se ao artesanato apenas nos tempos livres.

“Para já, não posso arriscar abandonar a docência, mas no futuro logo se verá”, referiu.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

China criou um sistema para rastrear doenças infecciosas. Falhou (e já se sabe porquê)

Em 2002, o vírus SARS saiu da província chinesa de Cantão e propagou-se por 37 países, provocando 774 mortos e mais de oito mil infetados. Para que não voltasse a acontecer, o país criou um …

Ministro holandês faz mea culpa. "Não fomos suficientemente empáticos" com o sul da Europa

O ministro das Finanças holandês reconheceu que foi infeliz nas posições que assumiu sobre a resposta económica à pandemia de covid-19, assumindo que mostrou pouca “empatia” com os países do sul da Europa. Em declarações à …

Estados Unidos admitem possibilidade de novo surto no outono

O diretor do Instituto Nacional de Alergias e Doenças Infecciosas dos Estados Unidos disse haver a possibilidade de o país enfrentar um novo surto depois do verão, mas lembrou que nessa altura "várias coisas vão …

Mortes em Portugal estão a aumentar desde o início do mês (sem contar com a Covid-19)

Já morreram mais pessoas em Portugal, neste ano, do que em igual período do ano passado, com especial destaque para o  mês de Março, onde a taxa de mortalidade aumentou, mesmo sem contar com as vítimas de …

PCP quer reabrir camas e decretar preços máximos nos combustíveis para enfrentar pandemia

O PCP apresentou um pacote extenso de propostas para fazer face aos impactos do surto de covid-19. Entre elas está a reabertura do Hospital Militar. O PCP apresentou um conjunto de medidas para fazer face ao …

Houseparty nega pirataria e oferece recompensa milionária a quem provar "campanha difamatória"

A aplicação favorita de quem está em quarentena está sob acusação de piratear contas de outras apps. A Houseparty nega e oferece uma recompensa de 1 milhão de dólares a quem provar a "campanha de …

"Agricultura não pára". Há trabalho no campo para os trabalhadores em lay-off

Com a época das colheitas à porta e a falta de braços no campo, a Confederação dos Agricultores de Portugal (CAP) vai propor ao Governo a criação de plataformas de emprego temporário para permitir aos …

Covid-19. Cerimónias fúnebres proibidas em Espanha

As cerimónias fúnebres foram hoje proibidas em Espanha, o segundo país mais afetado pela covid-19 no mundo, e os funerais não podem ter mais do que três pessoas presentes, para impedir a propagação da pandemia …

Falta de meios dificulta marcação de testes à Covid-19

Os utentes do Norte referenciados pelas autoridades de saúde para fazerem o teste à Covid-19 estão a ter grandes dificuldades na marcação nos laboratórios recomendados, devido ao disparo na procura e ao facto de a …

"Impõe-se manter as medidas de contenção", diz Marcelo

O Presidente da República afirmou esta terça-feira que se impõe manter as medidas de contenção que vigoram em Portugal, referindo que essa foi uma opinião unânime na segunda reunião técnica sobre a situação da covid-19 …