/

A produtividade é maior nos países onde se trabalha menos horas

Os países da União Europeia com menores cargas horárias semanais registam níveis mais elevados de produtividade, revelam dados do Eurostat citados esta quarta-feira pelo Jornal de Notícias na sua edição impressa. 

A Irlanda, o pais mais produtivo da União Europeia (194,6), tem, em média, uma jornada semanal de trabalho de 36,5 horas. São menos três horas do que a realidade laboral portuguesa e a produtividade registada é quase o triplo da de Portugal (74,5).

Portugal, com uma carga horária de 39,5 horas semanais, é um dos países menos produtivos da União Europeia, segundo os mesmos números, que colocam apenas Bulgária, a Roménia, Letónia, Hungria e Croácia com índices inferiores.

Depois da Irlanda, destaca-se positivamente o Luxemburgo e a Bélgica, tendo este último país tem um índice de produtividade de 129,9 – quase menos 65 pontos que a Irlanda – e trabalha quase mais uma hora semanal (37,2).

Por sua vez, Países Baixos têm a menor carga horária (30,4 horas), registando uma produtividade superior à média europeia (110,4).

Estudo internacionais levados a cabo nos últimos anos têm frisado a importância das pausas para a produtividade, apontando a maioria das investigações que devem sr feitas pausas entre 15 a 10 minutos a cada hora de trabalho.

  ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE