Procurador militar para casos de assédio suspenso por ataque sexual

SpeakerBoehner / Flickr

-

O principal procurador do exército dos EUA para os casos de assédio sexual foi suspenso por alegações de ter apalpado uma advogada que trabalha consigo e tentado beijá-la, informaram hoje fontes militares.

Esta suspensão representa o mais recente embaraço para os militares norte-americanos, que se confrontam com uma série de ataques sexuais, o que já motivou vários apelos a mudanças radicais no seu sistema de justiça.

As alegações foram noticiadas em primeiro lugar pelo jornal Stars and Stripes e confirmadas à agência noticiosa AFP por dirigentes militares, que falaram sob anonimato.

As alegações envolvem o tenente-coronel Joseph Morse, que dirige o serviço especial da procuradoria para as vítimas de ataques sexuais, violência doméstica e crimes sobre crianças.

A advogada militar alegou que Morse a apalpou e tentou a beijar contra sua vontade.

Este alegado incidente terá ocorrido em 2001, num quarto de hotel, durante uma conferência jurídica sobre ataques sexuais, em Alexandria, no Estado da Virgínia, antes de Morse ser indicado para o seu atual posto.

Morse tinha sido o principal procurador no caso criminal contra o sargento Robert Bales, que se declarou culpado de um assassínio em massa de civis em 2012.

O caso permanece sob investigação e ainda não foi deduzida qualquer acusação.

“Podemos confirmar que este assunto está sob investigação e que o indivíduo em questão foi suspenso das suas funções e aguarda o resultado da investigação”, disse uma fonte militar, citada pela AFP.

“Uma vez que este é um caso aberto, estamos impedidos de fornecer qualquer informação adicional neste momento”, adiantou esta fonte, sob anonimato.

Relatos de ataques sexuais entre as fileiras militares norte-americanas aumentaram 60% em 2013, com responsáveis da defesa a explicarem o aumento pela maior confiança as vítimas em que os seus casos sejam tratados de forma consequente.

Cerca de 5.400 casos de ataques sexuais foram reportados no ano orçamental 2013 (01 de outubro a 30 de setembro), que comparam com 3.374 relatados um ano antes, segundo o Pentágono.

Uma série de casos de ataques sexuais entre os militares nos últimos dois anos ganhou tamanha notoriedade que o Presidente Barack Obama já exprimiu a sua condenação a este propósito.

O Congresso tem em agenda para a sessão de hoje a votação da retirada aos comandantes militares da autoridade para decidir se os ataques sexuais e outros crimes devem ir a tribunal.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

PSP investiga alegada agressão de um agente a uma mulher na Amadora

A Polícia de Segurança Pública (PSP) abriu um processo de averiguações sobre a atuação policial contra uma mulher que foi detida, no domingo, na Amadora, ocorrência que envolveu "agressões" e que resultou numa denúncia contra …

Ex-presidente da Interpol condenado a 13 anos e meio de prisão por suborno

O ex-presidente da Interpol Meng Hongwei foi condenado a 13 anos e meio de prisão por suborno, segundo uma declaração de um tribunal chinês divulgada esta terça-feira. Além da pena de prisão, foi multado em …

Condutor que atropelou mortalmente irmã de Djaló condenado a 16 anos de prisão

O Tribunal de Almada condenou, esta terça-feira, a 16 anos de prisão o condutor acusado do atropelamento mortal de uma jovem de 17 anos nas Festas da Moita, no distrito de Setúbal, em setembro de …

Tribunal Arbitral do Desporto mantém jogo à porta fechada na Luz

O Tribunal Arbitral do Desporto (TAD) considerou improcedente o recurso do Benfica ao castigo de disputar um jogo à porta fechada, uma decisão que vai ser alvo de recurso do clube. Fonte oficial do Benfica confirmou, …

Portugal tem taxas de mortalidade por AVC superiores a todos os países da Europa ocidental

Segundo um estudo recente da Sociedade Portuguesa de Cardiologia, “Portugal ocupa apenas a 25.ª posição (em 51 países) entre as mulheres e a 28.ª posição entre os homens, com mortalidades superiores às de todos os …

Salvini renuncia à imunidade parlamentar e quer ser levado à Justiça

Matteo Salvini, investigado por ter impedido o desembarque de migrantes, quer renunciar à imunidade parlamentar e ser julgado. A poucos dias das eleições regionais, esta é uma oportunidade do ex-ministro do Interior voltar a conquistar …

Afinal, cancro e doenças cardíacas podem ser contagiosos

Na escola, aprendemos que só podemos apanhar certas doenças, como a gripe, através de outras pessoas. Porém, um novo estudo defende que muitas "doenças não transmissíveis", como a maioria dos cancros e doenças cardíacas, às …

Davos comemora 50 anos entre o apocalipse climático e um fraco crescimento económico

O Fórum Económico Mundial comemora este ano o seu 50º aniversário. O evento decorre sob o signo das alterações climáticas e da necessidade de transformar a economia. Davos, na Suíça, recebe esta semana mais um Fórum …

Precários da RTP entregam suplemento para a memória à ministra do Trabalho

Os trabalhadores precários da RTP entregaram esta segunda-feira uma carta e uma caixa de "Cerebrum Forte", um suplemento para a memória, à ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social. De acordo com o Expresso, que avança …

Governo está a "tomar medidas" para responder ao novo vírus mortal que vem da China

Portugal está a acompanhar "com grande atenção" o fenómeno de propagação do novo vírus mortal que surgiu na China. A garantia é dada pela ministra da Saúde, Marta Temido, que assegura que estão já a …