Proa de submarino dos EUA que afundou na 2ª Guerra Mundial encontrada nas ilhas do Alasca

Em 1942 o submarino USS Grunion afundou na sua missão inaugural, durante a Segunda Guerra Mundial. 70 marinheiros perderam a vida quando o submarino se afundou no Pacífico. Após anos de procura, uma equipa encontrou a proa do Grunion na costa das Ilhas Aleutas, no Alasca.

Os filhos do Tenente Mannert L. Abele, primeiro e último comandante do USS Grunion, começaram em 2006 a procurar o submarino, desaparecido durante a 2ª Guerra Mundial. Em 2007, avança a CNN, foram encontrados os primeiros destroços da embarcação, na costa das Ilhas Aleutas.

De acordo com o projeto Lost 52, depois de receberem uma pista de “um notável cavalheiro japonês, Yutaka Iwasaki, e ajuda de inúmeras outras fontes”, em 2006, os três filhos de Abele — Bruce, Brad e John — começaram a procurar os restos da embarcação perdida.

No ano seguinte fotografaram os destroços do submarino, a cerca de 975 metros de profundidade. As temperaturas frias e a falta de correntes significativas tinham conservado a maior parte da embarcação.

Project Lost 52 / PRNewsfoto

Reconstrução 3D do submarino USS Grunion, que afundou em 1942 nas Ilhas do Alasca.

Os destroços principais do submarino tinham sido encontrados, mas faltava a parte dianteira da embarcação. Segundo explicou Tim Taylor, explorador marítimo do projeto Lost 52, em outubro de 2018, a equipa descobriu que a proa tinha deslizado por um aterro vulcânico íngreme, a cerca de 400 metros dos destroços principais.

De acordo com a Live Science, para encontrar a parte dianteira do submarino, a equipa usou veículos subaquáticos autónomos (AUVs) e imagens avançadas de fotogrametria — o que permitiu criar imagens em 3D da embarcação.

“Isto vai muito além de vídeo ou imagem estática, é verdadeiramente o futuro da gravação de descobertas subaquáticas históricas”, explicou Taylor durante uma declaração.

Tirar estas imagens 3D detalhadas, pode ser útil para a ciência, como “arqueólogos e historiadores, que podem passar meses em casa a realizar pesquisas minuciosas”, observou ainda Taylor.

O USS Grunion entrou ao serviço da Marinha dos EUA a 11 de abril de 1942, colocando-o sob a chefia do tenente-comandante Mannert Abele. Mas a primeira patrulha de guerra do USS Grunion foi também a sua última.

Em junho do mesmo ano, o submarino foi enviado para as Ilhas Aleutas. Depois de ter afundado dois barcos de patrulha japoneses em Kiska, a 30 de julho o submarino recebeu ordem de regresso a Dutch Harbor, na ilha de Amaknak.

Durante a viagem, o Grunion teve um acidente e nunca mais estabeleceu contacto. Foi dado como perdido a 16 de agosto.

Segundo a Marinha americana, 52 submarinos da frota dos EUA foram perdidos durante a 2ª Guerra Mundial, e mais de três mil e 500 tripulantes permanecem em “eterna patrulha”.

Avatar DR //

PARTILHAR

RESPONDER

Vacina da Johnson & Johnson chega esta semana. Portugal recebe 30 mil vacinas na quarta-feira

As primeiras 30 mil vacinas da Janssen, do grupo Johnson & Johnson, vão chegar a Portugal na próxima quarta-feira. Portugal vai receber, já na próxima quarta-feira, o primeiro lote de 30 mil vacinas da Janssen. No …

Reembolsos do IRS já começaram a ser processados (e chegam “a meio desta semana”)

A Autoridade Tributária e Aduaneira (AT) já começou a processar os primeiros reembolsos do IRS e o valor deverá chegar à conta dos contribuintes a meio desta semana, avançou à Lusa o secretário de Estado …

Todos os anos, caem mais de 5 mil toneladas de poeira extraterrestre na Terra

A Terra está constantemente sob uma chuva de poeira espacial. Após duas décadas de recolha de material na Antártida, uma equipa de cientistas conseguiu quantificá-la: caem cerca de 5.200 toneladas de micrometeoritos a cada ano. Os …

Encontradas três "estrelas fracassadas" ultrarrápidas. Estão prestes a autodestruir-se

Uma equipa de cientistas identificou as três anãs castanhas de rotação mais rápida já encontradas. Estas estrelas, conhecidas como "estrelas fracassadas" estão a girar tão depressa que podem estar prestes a desfazer-se. Usando dados no Spitzer …

“É como ser queimado com ácido quente“. Planta venenosa australiana causa dores que podem durar anos

Os "cabelos" da planta gympie-gympie causam uma picada tão tóxica que a dor pode durar anos. Esta pode ser encontrada nas florestas australianas. A gympie-gympie, ou dendrocnide moroides, é um tipo de arbusto que recebe o …

Sporting 1-1 Famalicão | Leão volta a tremer e vê Porto a 6

Segundo empate consecutivo do Sporting na Liga NOS, e pelo mesmo resultado, 1-1. Na recepção ao Famalicão, o líder do campeonato começou bem, marcou, mas sofreu um golo de imediato e nunca mais se encontrou …

Arqueólogos descobrem túnel medieval na Polónia. Tinha restos mortais de 18 carmelitas

Uma equipa de arqueólogos descobriu um cemitério medieval onde estava sediado um mosteiro do século XIV. No local foi ainda encontrado um túnel com dezoito esqueletos de padres carmelitas. A descoberta ocorreu em Jaslo - uma …

Militantes apoiados pelo Al-Qaeda defendem uso de mel contra a covid-19

O Al-Shabaab, um grupo rebelde islâmico apoiado pela Al-Qaeda, apela ao boicote à vacina da AstraZeneca contra a covid-19. A alternativa é "cominho preto e mel". A vacina da AstraZeneca não está apenas a levantar preocupações …

Em menos de um ano, a polícia foi chamada a intervir pelo menos nove vezes na mansão dos Sussex

A vida nos Estados Unidos não tem sido fácil para os duques de Sussex. No último ano, a polícia da Califórnia foi chamada pelo menos nove menos à mansão onde o casal habita desde que …

Rivalidade entre China e Índia é obstáculo à maior aproximação entre os BRICS, diz especialista

Apesar de os BRICS representarem "o tipo de relações entre países que queremos no século XXI", a rivalidade entre a Índia e a China ainda é um obstáculo a uma maior integração, dizem os especialistas. Na …