Princípio de incêndio controlado em reactor de Chernobyl

Mond / Wikimedia

Monumento às vítimas do acidente de 1986 em Chernobyl, junto ao reactor 4 da cantral nuclear

Monumento às vítimas do acidente de 1986 em Chernobyl, junto ao reactor 4 da cantral nuclear

Funcionários do Ministério para as Situações de Emergência da Ucrânia controlaram esta terça-feira um princípio de incêndio no terceiro reactor da central nuclear de Chernobyl, que em 1986 sofreu a maior catástrofe nuclear da história.

“Às 15h57 recebemos a informação de que havia uma coluna de fumo no compartimento 509 do reactor número 3 da central nuclear de Chernobyl”, informou em comunicado a Inspecção Estatal Nuclear da Ucrânia.

Segundo a nota oficial do organismo, “o fumo foi abafado três minutos mais tarde, e os níveis radioactivos no reactor número três e no complexo de Chernobyl não registaram qualquer variação”.

O 3º reactor da central, que partilhava a sala de máquinas com o 4º reactor, entrou em funcionamento em 1981. Em dezembro de 2000, 4 anos após o acidente, foi fechado por ordem do governo.

Em 2010, as autoridades retiraram definitivamente o combustível nuclear armazenado neste reactor, condição indispensável para a construção de um sarcófago sobre o 4º reactor, no qual ocorreu a explosão que originou a tragédia de 1986.

Em novembro do ano passado, foi concluída a instalação do sarcófago no reactor 4, o que teoricamente garante a segurança do local durante os próximos cem anos.

(dr) themoskowtimes.com

    O novo sarcófago gigantesco que vai cobrir definitivamente o reactor 4 de Chernobyl é mais alto que a Estátua da Liberdade

O novo sarcófago gigantesco que vai cobrir definitivamente o reactor 4 de Chernobyl é mais alto que a Estátua da Liberdade

O catastrófico desastre nuclear de Chernobyl ocorreu a 26 de abril de 1986, na central nuclear da então República Socialista Soviética Ucraniana. Uma explosão no reactor 4 e o subsequente incêndio lançaram grandes quantidades de partículas radioactivas na atmosfera, que se espalhou por boa parte da União Soviética e da Europa ocidental.

O desastre é o pior acidente nuclear da história em termos de custo e de mortes resultantes, além de ser um dos dois únicos classificados como um evento de nível 7, a classificação máxima na Escala Internacional de Acidentes Nucleares, partilhando essa nota com o acidente nuclear de Fukushima I, no Japão, em 2011.

De acordo com estimativas oficiais, a explosão ocorrida de Chernobyl terá espalhado até 200 toneladas de material com uma radioactividade de 50 milhões de curies – uma quantidade de radiação equivalente a 500 vezes a libertada pela bomba atómica lançada em Hiroshima no final da II Guerra Mundial.

Governo da União Soviética

O reactor nuclear 4 de Chernobyl (ao centro) após o desastre. ao centro/direita, o reactor 3

O reactor nuclear 4 de Chernobyl (ao centro) após o desastre. ao centro/direita, o reactor 3

A radiação continua a afectar a população da Bielorrússia, Ucrânia e Rússia, onde se encontram 70% dos quase 200 mil quilómetros quadrados de áreas contaminadas. E mais de 30 anos depois de Chernobyl, os javalis da Europa central estão radioactivos.

Daqui a 100 anos, os deliciosos javalis dos montes da região, prato típico local, não estarão propriamente a brilhar no escuro – mas ainda terão cerca de 10% dos níveis de radioactividade que apresentam hoje.

ZAP // EFE

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Era marketing. Fortnite voltou (e está diferente)

Depois de 10 temporadas, um buraco negro engoliu a ilha na qual diariamente milhões de jogadores tentavam sobreviver, matando-se uns aos outros. Durante um dia e meio, ninguém podia jogar. O susto acabou esta terça-feira, …

Cientistas determinam o que diminui a fertilidade das mulheres com o avanço da idade

Investigadores da Universidade de Copenhaga mapearam alguns dos mecanismos que podem afetar a fertilidade das mulheres desde a adolescência até a menopausa. A fertilidade natural das mulheres flutua entre altos e baixos na forma de uma …

Dono do Paris Saint-Germain quer comprar o Leeds (e torná-lo no novo Manchester City)

A Qatar Sports Investments (QSI), empresa que é detida por Nasser Al Khelaifi, quer dar o salto para o mercado inglês e adquirir o Leeds United, emblema que milita atualmente no segundo escalão. Na semana em …

Município italiano proíbe Google Maps. App faz com que muitas pessoas se "percam"

O autarca do município italiano de Baunei, na Sardenha, proibiu o uso do Google Maps na região, argumentando que "muitas" pessoas se perderam por causa de "sugestões enganosas" do serviço de localização. A informação é …

Pedalar mais dá direito a prémios. Tecnologia portuguesa desperta interesse de Copenhaga

Depois de se ter estreado em Matosinhos e de ter despertado interesse em Nova Iorque, um programa português que premeia comportamentos de mobilidade ambientalmente sustentáveis chamou a atenção em Copenhaga. O AYR, desenvolvido pela empresa CEiiA …

Associação de Armas americana editou artigos da Wikipédia para desacreditar o Holocausto

A National Rifle Association (Associação Nacional de Armas) dos Estados Unidos tem estado a editar artigos da Wikipédia de forma a desacreditar o Holocausto. Um trabalho de investigação da Splinter identificou pelo menos 150 edições em …

Bebé recém-nascida encontrada enterrada viva numa sepultura na Índia

Uma bebé recém-nascida enterrada viva foi encontrada na Índia por um pai que estava a enterrar a filha, que morreu após o parto, revelou o chefe da polícia local, Abhinandan Singh. A menina foi encontrada dentro …

Reutilização é a verdadeira alternativa a plástico descartável

A alternativa aos produtos de plástico descartáveis tem sido outros produtos também descartáveis, mas a melhor solução passa pela reutilização, indica um relatório divulgado esta terça-feira, que dá exemplos de sucesso. O documento, “The Reusable solutions: …

Booking abandona a criptomoeda do Facebook

  Booking junta-se ao Mastercard, eBay, Visa, PayPal, Stripe e Mercado Pago e desiste do projeto da Associação Libra, promovida por Mark Zuckerberg, fundador do Facebook, para a desenvolver a infraestrutura financeira que está na base …

Michael Jackson era "doente mental" e uma pessoa "perturbadora", diz Elton John

Elton John defende na sua autobiografia que Michael Jackson era "verdadeiramente doente mental" e uma pessoa "perturbadora", recordando os encontros que teve com o rei da pop, falecido em junho de 2009. O músico britânico escreveu …