Princípio de incêndio controlado em reactor de Chernobyl

Mond / Wikimedia

Monumento às vítimas do acidente de 1986 em Chernobyl, junto ao reactor 4 da cantral nuclear

Monumento às vítimas do acidente de 1986 em Chernobyl, junto ao reactor 4 da cantral nuclear

Funcionários do Ministério para as Situações de Emergência da Ucrânia controlaram esta terça-feira um princípio de incêndio no terceiro reactor da central nuclear de Chernobyl, que em 1986 sofreu a maior catástrofe nuclear da história.

“Às 15h57 recebemos a informação de que havia uma coluna de fumo no compartimento 509 do reactor número 3 da central nuclear de Chernobyl”, informou em comunicado a Inspecção Estatal Nuclear da Ucrânia.

Segundo a nota oficial do organismo, “o fumo foi abafado três minutos mais tarde, e os níveis radioactivos no reactor número três e no complexo de Chernobyl não registaram qualquer variação”.

O 3º reactor da central, que partilhava a sala de máquinas com o 4º reactor, entrou em funcionamento em 1981. Em dezembro de 2000, 4 anos após o acidente, foi fechado por ordem do governo.

Em 2010, as autoridades retiraram definitivamente o combustível nuclear armazenado neste reactor, condição indispensável para a construção de um sarcófago sobre o 4º reactor, no qual ocorreu a explosão que originou a tragédia de 1986.

Em novembro do ano passado, foi concluída a instalação do sarcófago no reactor 4, o que teoricamente garante a segurança do local durante os próximos cem anos.

(dr) themoskowtimes.com

    O novo sarcófago gigantesco que vai cobrir definitivamente o reactor 4 de Chernobyl é mais alto que a Estátua da Liberdade

O novo sarcófago gigantesco que vai cobrir definitivamente o reactor 4 de Chernobyl é mais alto que a Estátua da Liberdade

O catastrófico desastre nuclear de Chernobyl ocorreu a 26 de abril de 1986, na central nuclear da então República Socialista Soviética Ucraniana. Uma explosão no reactor 4 e o subsequente incêndio lançaram grandes quantidades de partículas radioactivas na atmosfera, que se espalhou por boa parte da União Soviética e da Europa ocidental.

O desastre é o pior acidente nuclear da história em termos de custo e de mortes resultantes, além de ser um dos dois únicos classificados como um evento de nível 7, a classificação máxima na Escala Internacional de Acidentes Nucleares, partilhando essa nota com o acidente nuclear de Fukushima I, no Japão, em 2011.

De acordo com estimativas oficiais, a explosão ocorrida de Chernobyl terá espalhado até 200 toneladas de material com uma radioactividade de 50 milhões de curies – uma quantidade de radiação equivalente a 500 vezes a libertada pela bomba atómica lançada em Hiroshima no final da II Guerra Mundial.

Governo da União Soviética

O reactor nuclear 4 de Chernobyl (ao centro) após o desastre. ao centro/direita, o reactor 3

O reactor nuclear 4 de Chernobyl (ao centro) após o desastre. ao centro/direita, o reactor 3

A radiação continua a afectar a população da Bielorrússia, Ucrânia e Rússia, onde se encontram 70% dos quase 200 mil quilómetros quadrados de áreas contaminadas. E mais de 30 anos depois de Chernobyl, os javalis da Europa central estão radioactivos.

Daqui a 100 anos, os deliciosos javalis dos montes da região, prato típico local, não estarão propriamente a brilhar no escuro – mas ainda terão cerca de 10% dos níveis de radioactividade que apresentam hoje.

ZAP // EFE

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

O desaparecimento de metano em Marte foi resolvido. Mas ainda há perguntas por responder

Cientistas planetários têm estudado aparentes discrepâncias entre as concentrações de metano registadas pelo Curiosity Rover e pelo ExoMars Trace Gas Orbiter. Supunha-se que alguém deveria estar errado, mas havia um forte desentendimento sobre qual. Uma nova …

Pela primeira vez, astrónomos encontraram um exoplaneta sem atmosfera

Nos últimos anos, investigadores descobriram um tesouro de planetas rochosos que orbitam anãs vermelhas, pequenas estrelas com um raio 60% menor que o nosso Sol. Apesar do seu tamanho, estas estrelas são muito ativas - tanto …

Investigadores descobrem esqueletos adolescentes do século V. Um dos cientistas é português

Um grupo de investigadores, do qual também faz parte o português Daniel Fernandes, descobriu três esqueletos do período das migrações bárbaras numa vala em Osijek, na Croácia. "Deformação craniana e diversidade genética em três indivíduos masculinos …

Tesla está a alugar painéis solares por 45 euros por mês

Comprar painéis solares pode ser um investimento dispendioso para muitos. De maneira a oferecer uma solução mais económica aos seus clientes, a Tesla está a alugar a tecnologia por apenas 45 euros por mês. A SolarCity, …

Rui Fonte regressa ao Sporting de Braga e assina por três épocas

O Sporting de Braga, da I Liga de futebol, oficializou ontem a contratação do avançado Rui Fonte, um regresso ao clube, por três temporadas. O jogador, de 29 anos, chega dos ingleses do Fulham, que, …

YouTube remove vídeos de luta entre robôs por violarem políticas contra crueldade animal

O YouTube removeu na segunda-feira vídeos de robôs a lutar entre si da sua plataforma, justificando que estes violavam as políticas de exibição contra crueldade com animais. Depois do sucedido, a empresa informou que os …

Há uma piscina natural no meio do deserto mais quente do mundo

https://vimeo.com/355369476 Um casal a viajar pela Etiópia aventurou-se no deserto e experimentou nadar numa piscina natural num dos lugares mais quentes do planeta. A neozelandesa Bridget Thackwray e o namorado, Topher Richwhite formam a Expedition Earth, a …

The Rock é o ator mais bem pago do mundo

A revista Forbes revelou esta quarta-feira a sua lista anual dos atores mais bem pagos do mundo. O primeiro lugar é ocupado por um repetente. Dwayne "The Rock" Johnson voltou a ser o ator mais bem …

Albânia demoliu restaurante do homem que perseguiu turistas no capô do carro

O dono de um restaurante ilegal na Albânia meteu-se em sérios apuros depois de ter perseguido uma família de turistas espanhóis, colocando-se no capô do carro onde seguiam e partindo o pára-brisas. O restaurante que …

Sensores de radiação da Rússia desligaram-se misteriosamente após recente explosão nuclear

Nas semanas após um acidente nuclear fatal num campo de tiro de armas navais em Nyonoksa, quatro sensores de partículas radioativas que enviavam dados do território russo para uma rede de monitorização internacional desligaram-se misteriosamente. As …