Príncipe William é capa de uma revista LGBT

(dr) Leigh Keily / Attitude

-

O duque de Cambridge tornou-se o primeiro membro da família real britânica a surgir na capa de uma revista gay.

“Ninguém deve ser maltratado pela sua sexualidade ou por qualquer outra razão”. É esta a frase que acompanha a imagem do príncipe William na capa de uma revista gay britânica.

O duque de Cambridge decidiu dar uma entrevista para a revista Attitude, na qual se debruça sobre assuntos como o bullying contra homossexuais, escreve a BBC.

A capa pode ser considerada um feito histórico, pelo menos dentro da família real britânica, já que o herdeiro da coroa é o primeiro membro a aparecer numa publicação deste género.

A oportunidade de aparecer na capa surgiu depois de William ter convidado a revista a levar membros da comunidade LGBT até à sua residência oficial, o Palácio de Kensington, para discutir a violência contra homossexuais.

Segundo a emissora britânica, os assessores do príncipe britânico disseram que este ficou muito sensibilizado com as histórias que ouviu.

Os nove participantes do encontro, que ocorreu no mês passado, falaram sobre consequências emocionais como baixa auto-estima, tentativa de suicídio, vício em drogas e depressão.

“Os jovens gays, lésbicas e indivíduos transgéneros que encontrei através da Attitude são realmente corajosos por falarem e darem esperança àqueles que ainda estão a passar por terríveis maus-tratos”, afirmou à revista.

“O que eu diria a um jovem que está a ser maltratado pela sua orientação sexual? Não aguentes em silêncio, fala com um adulto confiável, um amigo, um professor, o Childline [serviço britânico de aconselhamento para jovens], o Prémio Diana [organização solidária] ou outro serviço que possa providenciar a ajuda que precisas”, respondeu.

Deves ter orgulho da pessoa que és e não o contrário, ter vergonha”, acrescentou.

O editor da revista britânica, Matthew Todd, elogiou a posição assumida pelo membro da família real.

“Durante todo este tempo em que sou editor da Attitude, encontrei pais cujos filhos mataram ou tiraram a própria vida depois de serem maltratados por serem LGBT ou por parecerem LGBT”, afirmou.

“Estou muito feliz pelo facto do futuro rei da Grã-Bretanha concordar que isto deve parar e peço aos pais que levantem a voz nas suas comunidades para assegurar que cada escola protege realmente todas as crianças”.

A fotografia da capa, tirada pelo fotógrafo australiano Leigh Keily, foi impressa antes do tiroteio que, na semana passada, numa discoteca gay em Orlando, nos Estados Unidos, pôs termo à vida de 49 pessoas.

William e Kate visitaram a embaixada norte-americana na última terça-feira e assinaram um livro de condolências para as vítimas. Também se reuniram com representantes de uma rede LGBT no mesmo local.

Em novembro do ano passado, o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, também surpreendeu tudo e todos ao aparecer na capa da revista Out.

ZAP / BBC

PARTILHAR

RESPONDER

TESS caçou o seu primeiro planeta do tamanho da Terra

O satélite TESS (Transiting Exoplanet Survey Satellite) da NASA descobriu o seu primeiro exoplaneta do tamanho da Terra. Com o nome HD 21749c, é o mundo mais pequeno para lá do nosso Sistema Solar já …

Cientistas russos propõem combater lixo espacial com um "laço"

Um equipa de cientistas russos propõe capturar e remover os detritos espaciais que orbitam a Terra através de um módulo especial que seria ligado através de um cabo aos níveis superiores dos foguetes - seria …

Dia 768k. Problemas nos routers podem causar pequeno "apagão" da internet em maio

A certa altura no próximo mês de maio, a internet irá sofrer um pequeno "apagão" que impedirá o acesso de milhares de pessoas. O evento, conhecido como Dia 768k, já é esperado há algum tempo …

Empresa italiana quer os passageiros (quase) de pé no avião

A Aviointeriors Group, uma empresa italiana de interiores de aeronaves, quer convencer as principais transportadoras aéreas a ultrapassar receios legais e embarcar na ideia de viajar quase de pé nos aviões. A ideia passa por pequenos …

Tesla lança táxis sem condutor já no próximo ano

Elon Musk anunciou que a fabricante de automóveis elétricos vai lançar um serviço de táxis-robô nos Estados Unidos já em 2020. Esta segunda-feira, Elon Musk comprometeu-se com mais um objetivo com data marcada: a Tesla vai …

Bruxelas autoriza Governo a baixar IVA da luz de 23 para 6%

O Comité de IVA da Comissão Europeia decidiu desde 12 de abril que Portugal tem o sim de Bruxelas para baixar a taxa de IVA que diz respeito ao termo fixo (potência contratada) na fatura …

Moro apontou "dificuldade institucional" na Operação Marquês. Sócrates atirou-se ao "ativista político disfarçado de juiz”

O ministro da Justiça e Segurança Pública do Brasil, Sérgio Moro, disse esta segunda-feira que há uma "dificuldade institucional" em Portugal em fazer avançar o processo contra o antigo primeiro-ministro José Sócrates, tal como acontece …

Luanda já não é uma das cidades mais caras do mundo

A capital angolana já não é das cidades mais caras do mundo, avança o Jornal de Angola esta segunda-feira. No topo das cidades mais caras do mundo estão três destinos: Paris, Singapura e Hong Kong …

O novo presidente da Ucrânia tem 3 problemas para resolver (e um teste para passar)

Volodymyr Zelensky, o novo presidente da Ucrânia, tem três problemas para resolver: acabar com a guerra, baixar o preço do gás e lutar contra a corrupção. Estes são os três desejos mais repetidos pelos ucranianos esta …

Bernie Sanders diz que governo de Israel é racista

Em declarações sobre Israel, Bernie Sanders afirmou "que agora é dirigido por um, ouso dizer, governo racista de direita" e que Netanyahu está tratar o povo palestiniano de forma "extremamente injusta". O pré-candidato democrata à presidência …