Princesa Leonor de quarentena após colega ter sido diagnosticado com covid-19

Alberto Morante / EPA

A princesa das Astúrias, Leonor de Borbón, herdeira ao trono espanhol, foi colocada em quarentena depois de um colega da sua escola ter sido diagnosticado com covid-19, confirmou este sábado a família real espanhola à agência Efe.

A princesa Leonor, que frequenta a escola de Santa María de los Rosales, em Madrid, será testada em breve ao novo coronavírus, tal como os colegas da sua turma — conforme o protocolo. A jovem de 14 anos iniciou as aulas na passada quarta-feira.

O rei Filipe e a rainha Letizia deverão continuar a cumprir os seus deveres reais, de acordo com um porta-voz da família real. Não foram, porém, dados mais pormenores sobre as medidas que vão adotar.

Espanha contabilizou esta sexta-feira 12.183 novos casos de covid-19, o número diário mais elevado desde o início da pandemia, elevando para 566.326 o número total de infetados, segundo números divulgados pelo Ministério da Saúde espanhol.

Madrid continua a ser a comunidade autónoma com o maior número de infeções verificadas desde quinta-feira, com 1.427 novos positivos, seguido do País Basco com 563, Andaluzia com 403 e Aragão com 371.

Espanha já está a enfrentar uma “segunda vaga” da pandemia do novo coronavírus. É a conclusão de um estudo conhecido esta semana, que foi desenvolvido por um hospital e uma universidade da Catalunha. O estudo alerta ainda que esta nova vaga pode chegar aos outros países europeus já nos próximos dias.

Os investigadores acreditam que se nada for feito no imediato, a Europa poderá regressar a uma situação semelhante à que esteve em março, altura em que eclodiu uma transmissão descontrolada do novo coronavírus.

  ZAP // Lusa

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.