Encontrado o primeiro fragmento de crânio de um Denisovano, o primo dos Neandertais

Um pedaço de um crânio de Denisovano foi identificado pela primeira vez. Esta é uma contribuição dramática para as amostras conhecidas de um dos ramos mais obscuros da árvore genealógica dos hominídeos.

Bence Viola, paleoantropólogo da Universidade de Toronto, irá apresentar a descoberta, ainda não publicada, na próxima reunião da Associação Americana de Antropólogos Físicos, em Cleveland, Ohio, no final de março.

Muito pouco se sabe sobre os Denisovanos, um ramo extinto de homininos que era um grupo-irmão dos Neandertais. Apenas quatro Denisovanos terão sido identificados – todos de uma caverna na Sibéria.

O primeiro Denisovano foi descrito em 2010 a partir do fragmento de um dedo mindinho, e mais três foram identificados a partir dos dentes. Esta peça de crânio, escavada há cerca de três anos na mesma caverna da Sibéria, representa um quinto indivíduo.

“É muito bom que finalmente tenhamos fragmentos como este”, disse Viola. “Não é um crânio cheio, mas é um pedaço de crânio. Comparado ao dedo e aos dentes, é bom tê-lo.” Mas dificilmente é um esqueleto completo.

A nova descoberta consiste em dois fragmentos de ligação das costas, lado esquerdo do osso parietal, que forma os lados e o teto do crânio. Juntos, medem cerca de oito por cinco centímetros.

A análise de ADN prova que a peça é Denisovano, embora seja demasiado antiga para datar com técnicas de radiocarbono. Viola e os colegas compararam os fragmentos aos restos de humanos modernos e neandertais, embora Viola não esteja disposta a discutir os detalhes do que aprenderam até que o trabalho seja publicado.

“É apenas um pequeno fragmento. É tão importante aumentar as esperanças de que um material ainda mais completo será recuperado”, disse Chris Stringer, paleoantropólogo do Museu de História Natural de Londres, no Reino Unido.

Infelizmente, a nova descoberta não é grande o suficiente para identificar outros crânios encontrados noutros lugares sem informação genética para confirmar o diagnóstico.

Os investigadores ainda estão à espera de uma descoberta como esta, o que provavelmente ajudaria a aumentar a sua coleção e compreensão sobre os Denisovanos. Os cientistas acham que os hominídeos extintos já percorreram a Ásia, mas como a maioria dos fósseis não é suficientemente preservada para permitir análises genéticas, tem sido difícil identificar os Denisovanos noutros lugares.

Em 2017, alguns investigadores perguntaram-se se dois crânios parciais encontrados na China poderiam ser Denisovano, mas ainda não está confirmado. “Deveria ser possível ver quão bem este novo achado combina com fósseis chineses, que pessoas como eu especularam que poderiam ser de Denisovanos”, diz Stringer.

PARTILHAR

RESPONDER

Sim, as pessoas ficam mais bonitas quando estamos bêbados

Uma investigação acaba de provar a teoria dos "óculos de cerveja": depois de ingerirmos álcool, as outras pessoas tornam-se mais atraentes para nós. Uma equipa de investigadores da Edge Hill University, no Reino Unido, resolveu investigar …

Leverkusen vs FC Porto | Luis Díaz mantém “dragão” à tona

O FC Porto perdeu na Alemanha, na visita ao Bayer Leverkusen, por 2-1, e tem tudo em aberto na perspetiva de chegar aos oitavos-de-final da Liga Europa. Após uma primeira parte difícil, na qual praticamente não …

Ex-presidente do Tribunal da Relação Vaz das Neves arguido na Operação Lex

O ex-presidente do Tribunal da Relação de Lisboa foi constituído arguido no processo Operação Lex, em que também são arguidos o desembargador Rui Rangel e a sua ex-mulher e juíza Fátima Galante. A fonte adiantou à …

Rangers vs Braga | "Braveheart" romeno estraga noite "guerreira"

  O Sporting de Braga perdeu em casa dos escoceses do Rangers por 3-2, esta quinta-feira, em jogo da primeira mão dos 16 avos de final da Liga Europa de futebol em que esteve a vencer …

Morreu Joaquim Pina Moura, antigo ministro da Economia e das Finanças

O ex-ministro da Economia e das Finanças morreu em casa, em Lisboa, aos 67 anos, devido a doença neurodegenerativa, disse à agência Lusa o filho, o fotojornalista João Pina. Natural de Loriga, Seia (distrito da Guarda), …

Duran Duran e A-ha levam anos 80 ao Rock in Rio

Os noruegueses A-ha, responsáveis por Take on me, tema que fez sucesso na década de 80, estrear-se-ão em palcos portugueses no Rock in Rio Lisboa, atuando no mesmo dia em que os ingleses Duran Duran. Segundo …

Maior avião comercial do mundo vai ser reciclado (mas vende lembranças)

O primeiro Airbus A380 vai ser dividido em peças para futuras substituições, mas vai voltar aos céus através de etiquetas de bagagem. O MSN003 começou a ser fabricado em 2004 e tornou-se o primeiro avião super …

Caso Roger Stone. Ex-consultor de Trump condenado a 40 meses de prisão

O ex-consultor do Presidente dos Estados Unidos foi condenado, esta quinta-feira, a mais de três anos de prisão, apesar da interferência do procurador-geral para reduzir a recomendação de sentença. Um tribunal federal condenou o ex-consultor de …

Shakhtar D. vs Benfica | "Águia" perde mas sai viva

Ainda não foi esta quinta-feira que o Benfica regressou à senda dos bons resultados. Na visita a Kharkiv, casa emprestada do Shakhtar Donetsk, os campeões nacionais perderam por 2-1. Os três golos nasceram todos na etapa …

Após 40 anos, a Casa dos Amantes de Pompeia abre ao público

Pela primeira vez após 40 anos, a Casa dos Amantes, rica em frescos e decorações e uma das jóias de Pompeia, vai abrir ao público. Encontrada durante escavações em 1933, a Casa dos Amantes, em Pompeia, …