Encontrado o primeiro fragmento de crânio de um Denisovano, o primo dos Neandertais

Um pedaço de um crânio de Denisovano foi identificado pela primeira vez. Esta é uma contribuição dramática para as amostras conhecidas de um dos ramos mais obscuros da árvore genealógica dos hominídeos.

Bence Viola, paleoantropólogo da Universidade de Toronto, irá apresentar a descoberta, ainda não publicada, na próxima reunião da Associação Americana de Antropólogos Físicos, em Cleveland, Ohio, no final de março.

Muito pouco se sabe sobre os Denisovanos, um ramo extinto de homininos que era um grupo-irmão dos Neandertais. Apenas quatro Denisovanos terão sido identificados – todos de uma caverna na Sibéria.

O primeiro Denisovano foi descrito em 2010 a partir do fragmento de um dedo mindinho, e mais três foram identificados a partir dos dentes. Esta peça de crânio, escavada há cerca de três anos na mesma caverna da Sibéria, representa um quinto indivíduo.

“É muito bom que finalmente tenhamos fragmentos como este”, disse Viola. “Não é um crânio cheio, mas é um pedaço de crânio. Comparado ao dedo e aos dentes, é bom tê-lo.” Mas dificilmente é um esqueleto completo.

A nova descoberta consiste em dois fragmentos de ligação das costas, lado esquerdo do osso parietal, que forma os lados e o teto do crânio. Juntos, medem cerca de oito por cinco centímetros.

A análise de ADN prova que a peça é Denisovano, embora seja demasiado antiga para datar com técnicas de radiocarbono. Viola e os colegas compararam os fragmentos aos restos de humanos modernos e neandertais, embora Viola não esteja disposta a discutir os detalhes do que aprenderam até que o trabalho seja publicado.

“É apenas um pequeno fragmento. É tão importante aumentar as esperanças de que um material ainda mais completo será recuperado”, disse Chris Stringer, paleoantropólogo do Museu de História Natural de Londres, no Reino Unido.

Infelizmente, a nova descoberta não é grande o suficiente para identificar outros crânios encontrados noutros lugares sem informação genética para confirmar o diagnóstico.

Os investigadores ainda estão à espera de uma descoberta como esta, o que provavelmente ajudaria a aumentar a sua coleção e compreensão sobre os Denisovanos. Os cientistas acham que os hominídeos extintos já percorreram a Ásia, mas como a maioria dos fósseis não é suficientemente preservada para permitir análises genéticas, tem sido difícil identificar os Denisovanos noutros lugares.

Em 2017, alguns investigadores perguntaram-se se dois crânios parciais encontrados na China poderiam ser Denisovano, mas ainda não está confirmado. “Deveria ser possível ver quão bem este novo achado combina com fósseis chineses, que pessoas como eu especularam que poderiam ser de Denisovanos”, diz Stringer.

PARTILHAR

RESPONDER

Crianças e adolescentes são quem mais consome açúcar em Portugal

Um estudo do Instituto de Saúde Pública da Universidade do Porto (ISPUP), que teve por base o Inquérito Alimentar Nacional e de Atividade Física, concluiu que as crianças e os adolescentes são quem mais consome …

A Rússia já sabe como apareceu a fissura na nave Soyuz (mas não revela)

A Corporação Espacial Estatal da Rússia, Roscosmos, já sabe qual é a origem da fissura encontrada há um ano na nave Soyuz MS-09, acoplada à Estação Espacial internacional. Mas não revelará mais informações. "O buraco foi …

SIVRAC, a bicicleta elétrica que se dobra em apenas um segundo

Com um quadro em forma de "X" e dobrável num estalar de dedos, a nova SIVRAC promete ser uma solução prática para quem viaja, por exemplo, de bicicleta para o trabalho. A bicicleta é um …

Porto 2-1 Young Boys | Dragão de duas faces com estreia feliz

O FC Porto entrou na Liga Europa com o pé direito, ao vencer o Young Boys por 2-1, no Estádio do Dragão. Uma primeira parte de enorme qualidade, na qual os suíços só por uma …

Dois turistas foram apanhados a nadar nus em Veneza. Vão pagar 3 mil euros cada um

Os homens checos estavam em Itália para apoiar a sua equipa de futebol - o Slavia de Praga que jogou contra o Inter em Milão -. Os dois visitantes, em Veneza, decidiram dar um mergulho. Um …

Voar sobre as águas do Sena. Paris testa "bolha do mar", um barco-táxi amigo do ambiente

Paris está a testar um novo meio de transporte mais amigo do ambiente: um barco-táxi ecológico que desliza nas águas do rio Sena. Esta semana, o sea bubble (bolha do mar) está em testes no rio …

Há uma "Matilde" na Bélgica que também precisa do medicamento mais caro do mundo

Mais de 950 mil belgas responderam ao apelo de um casal, que precisava de reunir 1,9 milhões de euros para comprar o medicamento mais caro do mundo para a filha. Pia, de nove meses, sofre de …

System of a Down confirmados no festival VOA, no Estádio Nacional

Os System of a Down são a primeira grande confirmação do VOA - Heavy Rock Festival, que em 2020 se realiza a 2 e 3 de julho no Estádio Nacional. De acordo com a Blitz, este …

PSV 3-2 Sporting | “Leão” vendeu cara uma derrota injusta

O Sporting iniciou a sua participação na fase de grupos da Liga Europa com uma derrota amarga na Holanda, na visita ao PSV, por 3-2. Seis minutos fatais na primeira parte deixaram os “leões” em desvantagem …

Políticos da Coreia do Sul estão a rapar o cabelo (e já se sabe porquê)

Políticos da oposição na Coreia do Sul estão a rapar o cabelo em protesto contra a nomeação de um ministro da Justiça cuja família está a ser investigada por suspeita de irregularidade. O vice-presidente do parlamento, …