Para se tornar no primeiro campeão “intergénero” do UFC, lutador de MMA desafia uma mulher

O lutador do UFC Henry Cejudo quer ser o primeiro campeão “intergénero” de MMA, mas a concorrente Valentina Shevchenko avisou-o para ter “cuidado com aquilo deseja”.

Segundo noticiou o Business Insider na quarta-feira, tudo começou no passado domingo, quando o campeão Henry Cejudo publicou um vídeo no Twitter, no qual contava que as pessoas identificavam Valentina Shevchenko como “o lutador mais dominante no UFC”. Como resultado, desafiou-a para uma luta.

“Valentina Shevchenko, eu tenho uma mensagem para ti”, disse no vídeo. “Quero ser o primeiro campeão intergénero que o mundo já viu. Estou a chamar por ti. Tu podes ser o próximo a dobrar o joelho”, declarou Henry Cejudo.

Por sua vez, Valentina Shevchenko contou à ESPN que viu o vídeo. Ao qual respondeu: “Cuidado com o que desejas”.

https://twitter.com/espnmma/status/1161011375654576128

Na terça-feira, ampliou a disputa ao publicar uma fotografia no Twitter com batom, equipamento de treino e um rifle, ao lado da legenda: “À procura de Henry Cejudo”.

https://twitter.com/BulletValentina/status/1161388730743046144?ref_src=twsrc%5Etfw%7Ctwcamp%5Etweetembed%7Ctwterm%5E1161388730743046144&ref_url=https%3A%2F%2Fwww.businessinsider.com%2Fhenry-cejudo-challenges-valentino-shevchenko-to-intergender-ufc-fight-2019-8

Não demorou muito para que Henry Cejudo respondesse, publicando uma foto de si mesmo com os dois cinturões do UFC, uma coroa e jóias de ouro. “O homem mais procurado do mundo”, lia-se na legenda. “Valentina está atrás de mim”.

As linhas entre o que é real e o que é falso quando se trata de promoção de MMA estão cada vez mais ténues, acrescenta o artigo do Business Insider.

  TP, ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.