Primeira vítima portuguesa do “Baleia Azul” diz que entrou no jogo “por falta de carinho”

A primeira vítima portuguesa conhecida do “Baleia Azul” deu uma entrevista à RTP, onde explica o que a levou a atirar-se de um viaduto, em Albufeira, e alerta os mais jovens para os riscos deste jogo.

Irina Kornutyi, de 18 anos, explicou à RTP, numa entrevista exibida no programa “Sexta às 9”, que entrou neste jogo que incita ao suicídio “por falta de carinho”.

A jovem, filha de pais ucranianos imigrados em Portugal, saiu do Hospital de Faro há apenas dois dias, depois de ter estado internada com ferimentos diversos, após se ter atirado de um viaduto em Albufeira.

Irina diz que cumpriu apenas as três primeiras etapas do Baleia Azul, gravando com uma faca a palavra “sim” numa perna e a expressão “F57” na palma da mão, e vendo filmes de terror às 4:20 da manhã.

A jovem conta que, depois disso, quis sair do jogo, mas que o curador, um “brasileiro”, a ameaçou, revelando ter conhecimento dos seus contactos, da morada, do telefone e do nome dos pais.
O curador impôs-lhe então duas hipóteses: “ou continuo o jogo ou salto de um prédio”, conta Irina na RTP.”Eu decidi acabar com a minha vida porque tinha a auto-estima baixa, discussões com a minha mãe todos os dias, isolava-me, pensava que tinha perdido os meus amigos para sempre”, revela a jovem.

Irina contou ainda, na RTP que só enviou os vídeos das auto-mutilações ao curador do jogo, que encontrou numa rede social russa, e a um amigo ucraniano.

O programa “Sexta às 9” tinha falado, num episódio anterior, com um brasileiro que dizia fingir ser um curador para tentar demover os jovens do jogo. Irina diz agora, que esse brasileiro será o curador a quem enviou os seus vídeos.

Este homem, que nunca deu a cara, segundo Irina, apagou entretanto, todos os seus perfis da Internet, conforme avança a RTP.

“Eu sentia-me sozinha, parecia que na altura não tinha ninguém para conversar“, diz ainda a jovem sobre a forma como se envolveu no “Baleia Azul”.

Como recomendação aos pais de outros jovens, ela refere que devem “dar mais atenção e mais carinho aos filhos”. “Era uma coisa que eu gostava de ter”, lamenta Irina.

Jovem de 14 anos terá morrido por causa do jogo

Entretanto, o “Sexta às 9” apurou que a morte de uma jovem de 14 anos se suicidou na estação Braço de Prata, em Lisboa, no passado dia 15 de Maio, tendo sido colhida por um comboio, está relacionada com o “Baleia Azul”.

A tia da vítima, com quem a menor vivia, conta no programa que uma amiga da sobrinha lhe disse que ela andava a jogar o jogo.

A Comissão de Protecção de Menores estava a acompanhar a adolescente, a pedido da família, mas, mesmo assim, não foi possível evitar o pior cenário.

Também há adultos envolvidos no jogo

Entretanto, a GNR revela que já recebeu duas queixas de adultos e ainda 18 denúncias de familiares de adolescentes relacionadas com o “Baleia Azul”, aponta a TSF.

“Há 20 situações denunciadas por pais, familiares e pelos próprios atingidos”, revela à estação de rádio o Major Paulo Poiares, responsável pela área dos programas especiais da GNR, incluindo o Escola Segura.

O Major nota que são casos basicamente caracterizados por “auto-mutilações” e explica que as queixas são encaminhadas para a Polícia Judiciária. Mas a GNR tenta também “identificar o site, reencaminhar o jovem para o hospital e alertar a família”, nota Paulo Poiares na TSF.

O elemento da GNR aproveita para alertar que há outros jogos, além do “Baleia Azul”, disseminados entre os jovens através da Internet, que acarretam “especial risco” para a saúde”, citando os exemplos da asfixia, em que se fica sem respirar o maior tempo possível, e a “moda” de dar um soco no peito de alguém provocando-lhe o desmaio.

SV, ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Magia termodinâmica. Dispositivo promete transformar água a ferver em gelo sem consumir energia

Físicos da Universidade de Zurique, na Suíça, desenvolveram um dispositivo incrivelmente simples que permite que o calor flua temporariamente de um objeto frio para outro objeto quente sem precisar de uma fonte de alimentação externa. Para …

Papagaio cúmplice de criminosos detido pelas autoridades brasileiras

No Brasil, um papagaio cúmplice de traficantes de droga foi preso pelas autoridades. O animal avisava o casal de criminosos da chegada da polícia. Na favela da cidade de Teresina, no Brasil, o papagaio dizia "a …

Há duas portuguesas desaparecidas e sete mortos após naufrágio em São Tomé e Príncipe

O número de mortos causados pelo naufrágio de um navio perto da ilha são-tomense do Príncipe subiu para sete, existindo ainda 10 desaparecidos, disse fonte do governo regional. “Mais um corpo sem vida, de uma criança, …

Casal está em risco de pena de morte por construir uma casa no mar

Um americano e a sua namorada tailandesa podem terminar os seus dias na prisão ou até serem condenados à morte. As autoridades da Tailândia acusam o casal de ter construído uma casa em águas do país …

Muitas pessoas não se conseguem localizar num mapa

Quando o mau tempo ameaça, os meteorologistas usam mapas para mostrar onde estão localizadas as tempestades e para onde vão. Mas é importante que as pessoas saibam se estão no caminho destas catástrofes. Uma percentagem substancial …

Milícia planeava assassinar Barack Obama e Hillary Clinton

O líder de uma milícia norte-americana que capturava imigrantes sem documentos na fronteira com o México, Larry Hopkins, foi detido no sábado e confessou ao FBI que o grupo planeava matar Barack Obama, Hillary Clinton …

Urina ajuda arqueólogos a acompanhar a ascensão da agricultura

Estudar os vestígios de urina de ovelhas e cabras está a fornecer aos arqueólogos um vislumbre da domesticação de animais numa aldeia turca há 10.000 anos. Uma das transições mais marcantes da História foi quando o …

Inscrição antiga revela o que aconteceu à cidade prestes a tornar-se a capital da Assíria

Cientistas decifraram um texto do Rei Sargão II da Assíria, que governou entre 722 e 705 a.C. A inscrição, mal conservada, relata a conquista da cidade de Carquemis, descobrindo os planos para transformá-la na nova …

Uma das praias mais famosas do Hawai está prestes a ficar submersa

Os legisladores estão a tomar medidas para enfrentar os efeitos da mudança climática antes que seja tarde demais numa nova tentativa de reconstruir a famosa praia de Waikiki para proteger os moradores de futuras inundações. O …

Afinal, a chita não é o animal mais rápido do mundo

A classificação dos animais mais rápidos do planeta não tem, na maioria das vezes, em conta a proporção do seu tamanho e da sua velocidade máxima. Esta classificação, que utiliza como medida a quantidade de segundos …