Presidente da Câmara de Torres Vedras encontrado morto em casa. PJ aponta para suicídio

DR

Carlos Bernardes, Presidente da Câmara de Torres Vedras

O presidente da Câmara de Torres Vedras, Carlos Bernardes, foi esta segunda-feira encontrado morto em casa, confirmou fonte oficial do município à agência Lusa.

A Polícia Judiciária está a investigar o caso, mas segundo o jornal i, o autarca terá cometido suicídio. O mesmo jornal indica que o político debatia-se há algum tempo com uma depressão e estava a ter acompanhamento médico e a ser medicado.

O corpo de Carlos Bernardes foi encontrado sem vida esta segunda-feira, por volta das 16h00, na sua residência, na localidade de Turcifal, com ferimentos no pescoço provocados por uma arma branca, sendo que um golpe na jugular (uma veia do pescoço) terá sido fatal.



“Todos os cenários estão em aberto, mas, neste momento, não há indícios da participação de terceiros” na morte do autarca, disse a PJ à mesma fonte.

A última pessoa a vê-lo ainda com vida terá sido a sua mulher que, como seria habitual, saiu de casa de manhã para ir trabalhar.

Moradores na zona do Turcifal, onde o autarca vivia com a mulher e um filho, disseram ao Correio da Manhã que é “grande a apreensão” na localidade.

Carlos Bernardes, presidente da câmara desde 2015, já tinha anunciado uma recandidatura à autarquia. Nas eleições deste ano era novamente apoiado pelo PS.

Neste sentido, o partido socialista manifestou “profunda tristeza” pela morte do presidente da Câmara Municipal de Torres Vedras.

“É com profunda tristeza que o Partido Socialista recebe a notícia da morte prematura do nosso camarada Carlos Bernardes, que assumia a presidência da Câmara Municipal de Torres Vedras. Todas as mortes são vãs, mas uma morte de uma pessoa tão jovem, entristece-nos a todos por demais”, refere o partido, numa nota de pesar da direção do partido.

O PS recorda que foi também presidente do Conselho de Administração dos SMAS de Torres Vedras e que era doutorado em Turismo, pela Universidade de Lisboa, e licenciado em Gestão de Empresas Turísticas e Hoteleiras, pelo Instituto Superior Politécnico do Oeste. “A Direção Nacional do Partido Socialista manifesta as suas mais sentidas condolências à família, em especial à mulher e ao filho”, refere o comunicado.

Também Duarte Pacheco, candidato pelo PSD à Câmara Municipal de Torres Vedras, já reagiu nas redes sociais à morte do presidente Carlos Bernardes.

“Estou estupefacto. Há notícias que preferia nunca receber!!!”, começa por escrever Duarte Pacheco.

“A minha primeira palavra é de profundo pesar pelo acontecimento e envio sinceras condolências à sua família, ao partido socialista e à autarquia de Torres Vedras. Acredito que na vida política não vale tudo, e que é possível preservar as relações pessoais entre pessoas que representam partidos e projetos diferentes”, remata.

Carlos Bernardes tinha 53 anos.

Ana Isabel Moura Ana Isabel Moura, ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Biden diz que ataque a oleoduto veio da Rússia. Mas exclui envolvimento do Kremlin

O Presidente dos Estados Unidos (EUA), Joe Biden, afirmou na quinta-feira que o ciberataque que paralisou durante vários dias a maior rede de oleodutos do país foi proveniente da Rússia, mas exclui envolvimento do Governo …

Máscaras vieram para ficar. Mas pode haver exceções

A máscara de proteção individual vai continuar a fazer parte do nosso dia-a-dia. No entanto, pode haver exceções para os já vacinados contra a covid-19. O Governo convidou os especialistas a criarem um novo plano e …

Chega quer que agentes da PSP e GNR usem câmaras de vídeo nas lapelas e nas viaturas

O deputado único do Chega entregou esta quinta-feira um projeto de resolução no Parlamento que recomenda a colocação de câmaras de vídeo nas lapelas das fardas e nas viaturas das forças de segurança, a fim …

Em dia sem registo de mortes, Portugal contabiliza 450 novos casos

Esta sexta-feira, Portugal não regista qualquer óbito. Nas últimas 24 horas, houve 450 novos casos positivos de infeção, de acordo com o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). Não morreu ninguém infetado com o novo …

Câmara de Torres Vedras deteta migrantes a viverem em armazéns e antigas pecuárias

Além de espaços sem condições de habitabilidade, como armazéns e pecuárias desativadas, a autarquia tem conhecimento de "casas alugadas a pessoas migrantes onde existe sobrelotação". A Câmara de Torres Vedras, no distrito de Lisboa, levantou coimas …

Parlamento aprova "direito ao esquecimento" para quem superou doenças graves

O Parlamento aprovou esta sexta-feira, na generalidade, o projeto-lei do PS que pretende consagrar o “direito ao esquecimento” para acabar com a discriminação de pessoas que tiveram cancro. O Parlamento aprovou, na generalidade, o projeto-lei do …

No seu último discurso, presidente do Supremo atira críticas aos megaprocessos

António Piçarra, presidente do Supremo Tribunal de Justiça, centrou o seu último discurso na falta de eficácia do sistema judicial em tratar os processos especialmente complexos de corrupção. Para o presidente do Supremo Tribunal de Justiça, …

Viagens não essenciais de e para o Reino Unido permitidas a partir de segunda-feira

Cristóvão Norte, deputado do PSD, criticou a indefinição em torno das viagens do Reino Unido para Portugal, em entrevista à BBC. Entretanto, esta manhã, fonte governamental revelou que as viagens não essenciais de e para …

PPP na saúde levou Estado a "poupar" mais de 200 milhões

As Parceiras Público-Privadas (PPP) dos hospitais de Braga, Vila Franca de Xira, Loures e Cascais trouxeram ao Estado uma "poupança" de 203 milhões de euros, menos de um terço do que se esperava no arranque …

Praias podem receber mais banhistas este verão

Apesar de o semáforo de lotação das praias se manter nesta época balnear, a percentagem de ocupação sobe para os 90%. Quem não respeitar as regras estará sujeito a coimas. As limitações à lotação, introduzidas no …