Presidente do Eurogrupo “não tem a certeza de que haverá progressos hoje” com a Grécia

EU Council Eurozone / Flickr

O presidente do Eurogrupo, o holandês Jeroen Dijsselbloem,

O presidente do Eurogrupo, Jeroen Dijsselbloem, disse que não está certo de que serão feitos progressos quanto à Grécia na reunião desta quinta-feira e recusou “especular” sobre um incumprimento do país perante o FMI.

“Não tenho a certeza de que vamos fazer quaisquer progressos. Farei saberem no final na reunião”, disse Dijsselbloem à chegada à reunião dos ministros das Finanças da zona euro, que se realiza hoje à tarde no Luxemburgo,

O também ministro das Finanças da Holanda disse que há que esperar para ver se o ministro das Finanças grego, Yanis Varoufakis, irá trazer alguma novidade hoje para a mesa de negociações, mas afirmou que não tem “muita esperança”.

“O tempo está a ficar muito, muito curto”, avisou por, pelo menos, duas vezes, recordando que a extensão do programa de resgate acaba no final do mês.

Dijsselbloem recusou ainda “especular” sobre o que acontecerá se a Grécia não pagar ao FMI até 30 de junho, isto depois de já hoje a diretora-geral do Fundo Monetário Internacional (FMI) ter dito no Luxemburgo que a Grécia tem que pagar os 1,6 mil milhões de euros que deve à instituição, acrescentando que não há “período de graça” para Atenas.

A menos de duas semanas de expirar o programa de assistência financeira a Atenas e da data limite para a Grécia pagar 1,6 mil milhões de euros ao FMI – ambas a 30 de junho -, os ministros das Finanças da zona euro encontram-se hoje no Luxemburgo, mas sem qualquer esboço de compromisso sobre a mesa e com as negociações ao nível técnico suspensas face às diferenças entre o Governo grego e os seus credores.

As reformas que mais afastam Atenas e credores têm que ver com cortes nas pensões, sobretudo nos complementos das reformas mais baixas, e subidas no IVA (imposto sobre o consumo, especialmente nos medicamentos e eletricidade). No excedente orçamental primário (diferença entre as receitas e despesas das contas públicas, excluindo os juros) há um entendimento no valor a alcançar, mas é preciso concordar nas medidas para lá chegar.

O Governo grego quer ainda uma estratégia para lidar com a elevada dívida do país, o que poderia ser feito através de uma nova reestruturação da dívida, que na Europa parece ser tema tabu.

Sem acordo, a Grécia – com os cofres públicos praticamente sem dinheiro – fica à beira do incumprimento (default) e mesmo de uma saída da zona euro (o famoso Grexit).

Portugal está representado neste Eurogrupo pela ministra das Finanças, Maria Luís Albuquerque.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Depois do Loon, nasce o Taara. Projeto usou lasers para transmitir 700TB de dados

Depois da morte do Projeto Loon, no início do ano, nasceu o Projeto Taara, que utilizou lasers para transmitir 700TB de dados através do rio Congo. O projeto muda, o nome é diferente, mas a missão …

Vizela - Paços de Ferreira bateu recorde de assistência na I Liga

Maior número de adeptos do campeonato também foi registado nesta jornada, no Benfica-Boavista; mas em termos de ocupação do estádio, o Vizela deixou longe toda a concorrência. Desde os anos 80 do século passado que não …

150 anos antes da viagem histórica de Colombo, um frade italiano escrevia sobre a America

Por volta do ano 1340, Galvano Fiamma registou, na sua Cronica universalis, a existência de terras a oeste da Gronelândia habitadas "por gigantes". Trata-se da primeira menção documentada do continente americano no Mediterrâneo, cerca de …

Os antigos compadres zangaram-se de vez. Trump puxa os cordelinhos nos bastidores para correr com McConnell

A relação de altos e baixos entre os dois azedou de vez depois de McConnell ter reconhecido a vitória de Joe Biden. Trump quer agora que um Republicano concorra contra McConnell pelo cargo da liderança …

Bombeiros embrulharam a maior árvore do mundo em papel de alumínio. Tudo para a proteger

O incêndio consumiu milhares de acres na Califórnia e o National Park Service viu-se obrigado a intensificar os seus esforços para proteger as jóias naturais, incluindo as maiores árvores do mundo. Os incêndios Colony e Paradise …

EUA trocaram "guerra implacável" por "diplomacia implacável" no Afeganistão, diz Biden

O Presidente dos Estados Unidos (EUA), Joe Biden, disse esta terça-feira à Assembleia Geral das Nações Unidas (ONU) que o país se está a concentrar na "diplomacia implacável" e no encerramento de uma era de …

Presidente de El Salvador autodenomina-se "Ditador de El Salvador"

O Presidente de El Salvador, Nayib Bukele, alterou no domingo a descrição do seu perfil no Twitter para "Ditador de El Salvador", passando depois para "Ditador mais 'cool' do mundo mundial", situação registada após os …

Ordem dos Médicos abre processo disciplinar contra Fernando Nobre

O Conselho Disciplinar Regional do Sul da Ordem dos Médicos abriu um processo contra Fernando Nobre, por causa das suas declarações numa manifestação de negacionistas em frente à Assembleia da República. A Ordem dos Médicos (OM) …

Crise da energia obriga UE a enfrentar dependência do gás natural

Os países europeus estão a tentar proteger os consumidores de energia, numa região onde, desde o início do ano, os preços do gás aumentaram 250%, resultado de uma série de forças económicas, naturais e políticas.  Na …

Companhia de aviação privada oferece voo de 20 mil dólares para reunir uma família separada pela pandemia

A empresa de aviação privada Tradewind Aviation está a comemorar o seu 20.º aniversário de uma forma original: vai dar um voo no valor de 20 mil dólares (cerca de 17 mil euros) para reunir …