Presidente do Novo Banco é arguido no caso EDP/REN

Tiago Petinga / Lusa

-

Há mais três arguidos no caso EDP/REN, entre os quais está Rui Cartaxo, actual presidente do Novo Banco e ex-presidente da REN, no âmbito do inquérito a eventuais crimes de corrupção e participação económica em negócio na área da energia.

Constituídos arguidos foram ainda Jorge Machado e Pedro Resende que foram vogais do Conselho de Administração da EDP.

“Confirma-se que Jorge Machado, Pedro Resende e Rui Cartaxo foram constituídos arguidos”, respondeu a Procuradoria-Geral da República (PGR) à agência Lusa.

No mesmo processo já eram arguidos os presidentes da EDP e da EDP Renováveis, António Mexia e João Manso Neto, respetivamente, e o administrador da REN e antigo consultor do ex-ministro Manuel Pinho, João Faria Conceição, e Pedro Furtado, responsável de regulação na empresa gestora das redes energéticas.

Rui Cartaxo esteve de 1989 a 1992 no Ministério das Finanças, passou vários anos na Galp e, entre 2006 e 2007, foi adjunto do então ministro da Economia, Manuel Pinho. Entrou para a administração da REN em 2007, com o pelouro financeiro, passando depois a presidente executivo até 2015.

Actualmente, Rui Cartaxo é presidente do Conselho de Administração do Novo Banco e o Banco de Portugal já está a avaliar se reúne condições para se manter no cargo, avança o Expresso.

“O Banco de Portugal tomou conhecimento da situação e está a analisá-la”, refere uma fonte oficial do regulador ao semanário.

O caso EDP/REN tem, até ao momento, sete arguidos num inquérito do Departamento Central de Investigação e Acção Penal (DCIAP) que investiga crimes de corrupção e participação económica em negócio na área da energia.

Na sexta-feira passada, o Ministério Público e a Polícia Judiciária realizaram buscas às sedes da REN, da EDP e da consultora The Boston Consulting Group, tendo recolhido “vasta documentação e informação digital”.

Segundo uma informação do DCIAP divulgada na altura, “o inquérito tem como objeto a investigação de factos subsequentes ao processo legislativo bem como aos procedimentos administrativos relativos à introdução no setor elétrico nacional dos Custos para Manutenção do Equilíbrio Contratual (CMEC)”.

Os CMEC são uma compensação relativa à cessação antecipada de contratos de aquisição de energia (CAE)”, o que aconteceu na sequência da transposição de legislação europeia no final de 2004.

Nesta investigação, o MP é coadjuvado pela Unidade Nacional de Combate à Corrupção da Polícia Judiciária.

ZAP // Lusa

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

O veterano da 2ª Guerra que inspirou Dunkirk viu o filme - e chorou

O filme Dunkirk está a superar todas as expetativas: além de liderar nos EUA está a ter uma excelente aceitação nos mercados internacionais e Portugal não é exceção. No entanto, a aprovação de um espetador “especial”, …

Escândalo de fuga de informação confidencial provoca crise no Governo sueco

O primeiro-ministro da Suécia, o social-democrata Stefan Löfven, anunciou esta quinta-feira que os ministros do Interior, Anders Ygeman, e Infraestruturas, Anna Johhansson, vão deixar o Executivo após o escândalo provocado no país pela fuga de …

Rússia terá usado perfis falsos no Facebook para espiar campanha de Macron

A Agência Reuters noticia que agentes secretos russos tentaram espiar a campanha de Macron, para as eleições francesas. Como? Criando perfis falsos para se fazerem "amigos" de membros da campanha. Agentes ligados aos Serviços Secretos russos …

Cientistas chineses desenvolvem possível inibidor do vírus Zika

Uma equipa de investigadores chineses desenvolveu um possível inibidor do vírus Zika baseado em moléculas, que foi testado em ratos e poderá ajudar a combater a propagação do vírus entre seres humanos. Segundo o jornal Shanghai …

Fundador da Amazon ultrapassou Bill Gates e é o novo homem mais rico do mundo

O fundador da Amazon, Jeff Bezos, tornou-se nesta quinta-feira pela primeira vez no homem mais rico do planeta, com uma fortuna que supera 90 mil milhões de dólares. De acordo com a revista "Forbes", que …

Augusto Inácio esteve retido nas instalações do Zamalek e teve que recorrer à embaixada poortuguesa

O treinador português esteve impedido de sair das instalações do Zamalek, no Egito, por seguranças do clube, tendo sido obrigado a pedir auxílio à representação portuguesa no Cairo - que interveio prontamente. No final, ficou …

Fumar pode aumentar a sensibilidade ao stress

Fumar pode aumentar a sensibilidade ao stress, revela um estudo feito em cobaias pelo Centro Nacional para a Pesquisa Científica da França (CNRS) e publicado nesta terça-feira na revista “Molecular Psychiatry“. Contrariando a ideia popular que …

Índia: Criança de dez anos pede para abortar

O Supremo Tribunal indiano aceitou estudar o caso de uma criança de 10 anos, grávida de 26 semanas, cujos pais pediram autorização para fazer um aborto fora do prazo legal. Vários médicos vão examinar a …

Criança inglesa desaparecida na Praia da Luz foi encontrada

Uma criança de nacionalidade inglesa esteve desaparecida desde o início da tarde desta quinta-feira na praia da Luz, em Lagos, Algarve, estando as autoridades policiais a efetuar buscas sobre o seu paradeiro, disse à Lusa …

Nova tecnologia permite extrair energia cinética aos veículos e transformá-la em energia elétrica

Uma equipa que envolve especialistas do Porto, de Lisboa e de Coimbra está a desenvolver uma tecnologia para ser aplicada na superfície de pavimentos rodoviários, que permite extrair energia cinética aos veículos e transformá-la em …