Presidente de Junta acusado de desviar 600 mil euros (que dividiu por 215 contas bancárias)

(dr)

Vasques Branco, ex-presidente da Junta de Freguesia de Riba de Mouro, em Monção.

Vasques Branco, ex-presidente da Junta de Freguesia de Riba de Mouro, em Monção.

O ex-presidente de uma Junta de Freguesia do concelho de Monção, no distrito de Viana do Castelo, é acusado de ter desviado 600 mil euros de fundos públicos, dinheiro que estaria distribuído por 215 contas bancárias e que terá também usado para adquirir imóveis.

No âmbito da operação “Limpeza de Vantagens”, a Polícia Judiciária de Braga apurou que Vasques Branco, ex-presidente da Junta de Freguesia de Riba de Mouro, em Monção, terá falsificado documentos para desviar cerca de 600 mil euros, revela o J.Notícias.

Eleito pelo PS, o autarca liderou a Junta entre 2007 e 2013. De acordo com o JN, Vasques Branco terá forjado ou inflacionado facturas relativamente a obras, serviços de limpeza e de segurança que nunca existiram.

O Gabinete de Recuperação de Activos da PJ decretou o arresto de cinco casas adquiridas por Vasques Branco e de verbas depositadas em 215 contas bancárias, distribuídas por seis bancos diferentes, património que o gabinete acredita ter resultado directamente do alegado desvio.

Advogado de profissão, o ex-autarca é acusado de crimes de peculato e encontra-se agora a aguardar a marcação de julgamento.

ZAP //

PARTILHAR

12 COMENTÁRIOS

RESPONDER

BCP começa hoje a cobrar transferências por MB Way

O Millennium BCP começa hoje a cobrar as transferências feitas pelo MB Way. As transferências pela App Millennium têm um custo de 0,50€, enquanto as que forem feitas pela aplicação do MB Way têm um …

Estado gastou milhões de euros em obras sem utilidade

O Estado português investiu milhões de euros em vários obras que hoje não têm qualquer tipo de uso. Muitas delas foram feitas com a ajuda de fundos comunitários. São várias as obras feitas pelo Estado que …

Só uma dúzia de pessoas conhecem as perguntas dos exames nacionais

O primeiro exame nacional é de Filosofia do 11º ano. Quando chegar às mãos dos estudantes, o enunciado da prova já passou por várias fases, desde a elaboração, a impressão e a distribuição, em que …

Marcelo promulga compra do SIRESP. "Tudo o que acontecer será responsabilidade do Estado”

O Presidente da República promulgou o decreto-lei do Governo com vista à compra, pelo Estado, de 100% do Sistema Integrado das Redes de Emergência e Segurança de Portugal (SIRESP). Marcelo Rebelo de Sousa alertou para as …

Maior manifestação de sempre em Hong Kong leva Governo a pedir desculpa

Seis horas depois do início da marcha de protesto contra a lei da extradição, “uma multidão nunca vista” continuava a inundar as ruas de Hong Kong este domingo, na “maior manifestação de sempre”, disseram vários …

Mais de 200 ex-políticos acumulam subvenções vitalícias e reformas

Quase quinze anos depois de o Parlamento ter decidido acabar com as subvenções vitalícias, existem ainda 322 beneficiários de subvenções mensais vitalícias para antigos políticos. Destes, 216 têm uma acumulação de pensão e subvenção superior …

Mulher de Netanyahu considerada culpada de usar dinheiros públicos em refeições de luxo

A mulher do primeiro-ministro israelita foi, no domingo, considerada culpada do uso indevido de dinheiros públicos e condenada a pagar uma multa, segundo uma decisão do tribunal de Jerusalém. Acusada em junho de 2018 por fraude, …

Incêndio catastrófico destruiu a "Pompeia britânica" um ano depois de ser construída

O assentamento incrivelmente preservado na Idade do Bronze, denominado "Pompeia britânica", foi destruído por um incêndio um ano depois de ser construído. Um novo estudo, publicado na revista Antiquity, revela novos detalhes sobre Must Farm, uma …

Marcelo responde à Fenprof: uma “história mal amanhada”

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, considerou este domingo incompreensíveis as críticas da federação dos professores, que o acusou de não ser Presidente de todos os portugueses. O Presidente da República advertiu que, “por …

"Onde está o Boris?". Channel 4 marca ausência de favorito à liderança do Partido Conservador com cadeira vazia

A ausência de Boris Johnson, o favorito para ganhar a eleição interna no partido Conservador para suceder à primeira-ministra britânica, Theresa May, foi este domingo simbolizada por um lugar vazio num debate televisivo com os …