IGAI investiga presença da extrema-direita nas polícias

Tiago Petinga / Lusa

A Inspetora-Geral da Administração Interna (IGAI) admite que a presença da extrema-direita entre as forças de segurança é uma das suas preocupações.

Em entrevista ao Público e à Renascença, a atual Inspetora Geral da Administração Interna (IGAI), Margarida Blasco, revelou que uma das suas preocupações é a eventual presença da extrema-direita entre as forças policiais portuguesas.

Aliás, esse foi um dos pontos destacados no último Relatório Anual de Segurança Interna, do ano passado, que aludia a “grupos criminosos violentos e organizados” ligados à segurança privada, com especial incidência no sector da diversão noturna.

“Não tenho indicação de que exista uma infiltração organizada, em forma de associação criminosa. Tenho queixas que são analisadas e investigadas. Não vou dizer qual o resultado de investigações que estejam em curso”, confirmou a juíza na entrevista desta quinta-feira.

Porém, “se detetar algum membro das forças de segurança a prestar serviço numa destas empresas atuará. É uma situação que tem sido muito fiscalizada, até porque há departamentos na PSP que fazem esse controlo”, acrescenta.

Questionada sobre se há racismo entre as forças de segurança, a inspetora considera que essa é uma pergunta que deve ser feita ao cidadão, “que tem meios para dizer se acha que foi vítima de racismo”, mas afirma que o IGAI toma medidas para evitar esses casos.

A responsável foi ainda confrontada com o último relatório do comité anti-tortura do Conselho da Europa, que colocou Portugal como um dos países da Europa ocidental com mais violência policial.

“As propostas do comité passavam por dotar a IGAI de um corpo de inspetores mais elevado. Temos 14 inspetores no quadro e neste momento estão preenchidos 11 lugares. Obviamente concordo que é necessário ter mais inspetores”, explica.

Margarida Blasco considera, assim, que inspecionar as forças policiais é uma missão muito complicada porque são apenas 14 inspetores para 50 mil polícias.

Sobre os processos que o IGAI está a investigar sobre o desempenho da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) nos incêndios do ano passado, a inspetora, que também foi a primeira mulher a exercer o cargo de diretora-geral do Serviço de Informações de Segurança (SIS), não avança qualquer data para a sua conclusão.

Os inspetores estão a “tentar perceber o que falhou a nível das ações ou falta delas no terreno, que deveres funcionais deviam ter sido feitos. Se a atuação de cada um foi consentânea com o papel que lhe era exigido pela administração”.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Hong Kong: Reforço policial, Parlamento suspenso e escolas fechadas

O Parlamento de Hong Kong foi suspenso, esta quarta-feira, e a segurança foi reforçada na cidade e nos campus universitários, com as escolas a fecharem num momento em que prosseguem os confrontos entre manifestantes e …

Debate quinzenal: Políticas de rendimento, Rio ao ataque com o lítio e a primeira vitória dos pequenos

Os debates quinzenais com o primeiro-ministro regressam esta quarta-feira. António Costa vai abrir o debate com uma intervenção sobre "políticas de rendimento", mas as atenções estão centradas na primeira vitória dos pequenos partidos. As políticas de …

Governo vai propor 635 euros para salário mínimo em 2020. Proposta não agrada patrões

Ana Mendes Godinho, ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, vai apresentar esta quarta-feira na Concertação Social a proposta de aumento para o salário mínimo nacional para 2020, com uma atualização de 35 euros. Esta quarta-feira, …

Novo alvo do Sporting consumia e traficava droga (e tentaram matá-lo seis vezes)

Michael, jogador de 23 anos do Goiás, é alvo do Sporting já neste mercado de transferências de inverno. O brasileiro teve uma adolescência marcada pelo consumo e tráfico de drogas. Aos 23 anos de idade, Michael …

O misterioso monstro Tully acabou de ficar ainda mais misterioso

Uma nova investigação desmente um anterior estudo que argumentava que Tully era um vertebrado. A verdadeira natureza desde "monstro" continua um mistério para a comunidade científica. De vez em quando, os cientistas descobrem fósseis que são …

Vítor Pereira condenado a oito meses de prisão com pena suspensa

O treinador português foi condenado, esta terça-feira, a oito meses de prisão com pena suspensa, na Grécia, por incitamento à violência. Vítor Pereira foi condenado pela justiça grega a oito meses de prisão, com pena suspensa, …

Hospital da Cruz Vermelha pode vir a ser vendido à Santa Casa da Misericórdia

A Cruz Vermelha Portuguesa quer vender o respetivo hospital, em Lisboa, e a Santa Casa da Misericórdia da capital está interessada na aquisição. A Cruz Vermelha acredita que a venda pode acontecer até ao final do …

Tribunal de recurso absolve Benfica de jogo à porta fechada

O Tribunal Judicial da Comarca de Lisboa absolveu o Benfica das penas de disputar um jogo à porta fechada e do pagamento de uma multa de 56.250 euros, pelo seu relacionamento com grupos organizados de …

Senadora da oposição declara-se Presidente interina da Bolívia. Morales fala no “golpe mais matreiro e nefasto da história”

A senadora da oposição Jeanine Áñez assumiu esta terça-feira a Presidência interina da Bolívia, depois da renúncia de Evo Morales, numa sessão parlamentar que decorreu sem a presença de representares do Movimento para o Socialismo. Segundo …

Cientistas implantaram chip no cérebro de um paciente para ajudá-lo a superar o vício em opióides

West Virginia é o Estado norte-americano com a maior taxa de mortes relacionadas com opióides. Agora, é também o primeiro a usar estimulação cerebral profunda para combater este vício. A Universidade de West Virginia, nos Estados …