“Preocupante e descontrolada”. Covid-19 volta em força ao Norte (e o mau tempo piora tudo)

Alejandro Garcia / EPA

A pandemia de covid-19 está de regresso em força ao norte do país que, nos últimos dias, voltou a registar o maior número de novos casos. Há uma “preocupante transmissão comunitária” em algumas zonas e em Guimarães, a situação é tida como “descontrolada”.

Portugal registou, nesta segunda-feira, 1.949 novas infecções por covid-19, das quais 987 foram na região norte, com 749 na Grande Lisboa e 133 na região centro.

Do total de 17 mortes verificadas ontem, 12 foram a norte, 3 em Lisboa e Vale do Tejo e 2 no centro do país.



Nos últimos dias, tem-se verificado esta tendência de regresso do epicentro da pandemia ao norte, após uma acalmia durante os meses de Verão, depois de, na primeira vaga, o maior número de contágios ter estado também centrado nesta região do país.

Na passada semana, Portugal registou 13.947 novos casos de covid-19, dos quais 7.489 foram a Norte, conforme dados avançados pela TVI 24.

Vírus “está descontrolado” em Guimarães

Em Guimarães, a situação é “muito grave”, como ficou notório na reunião extraordinária da Protecção Civil Municipal, realizada nesta segunda-feira.

O vírus “está descontrolado no concelho”, alertou na reunião o director do Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) do Alto Ave, Novais de Carvalho, em declarações citadas pelo jornal local O Minho.

“Estamos perante um período excepcional e grave, com consequências trágicas para a sociedade”, destacou o responsável do ACES do Alto Ave.

A delegada de saúde local, Fátima Dourado, define a situação como “má”, ainda segundo O Minho, numa altura em que já não é possível identificar as cadeias de contágio.

O director do Hospital Senhora da Oliveira, em Guimarães, também vincou na reunião que a unidade está “no limite da sua capacidade de resposta”.

Como medida preventiva, decidiu-se que os cemitérios do concelho vão estar fechados durante os dias 31 de Outubro e 1 de Novembro, o feriado dos Fiéis Defuntos que leva muitas pessoas a homenagearem os seus entes queridos já partidos.

“Tudo o que tivermos de fazer para reduzir o impacto de transmissão do vírus é importante, sobretudo quando envolve momentos de questões emocionais e famílias como o ‘Dia de Todos os Santos’”, destacou Novais de Carvalho na reunião da Protecção Civil.

“Preocupante transmissão comunitária”

O Agrupamento de Centros de Saúde Tâmega III – Vale do Sousa Norte, que engloba os concelhos de Paços de Ferreira, Felgueiras e Lousada, lançou um alerta urgente depois de terem sido assinalados cerca de mil casos na região na última semana.

As autoridades de saúde referem que há uma “preocupante transmissão comunitária”, como cita a Rádio Renascença, frisando que são desaconselhados aos residentes casamentos e outras festas familiares, bem como eventos com ajuntamentos de pessoas.

Da mesma forma, as pessoas são aconselhadas a terem maiores cuidados em restaurantes e cafés, onde “apenas devem retirar a máscara na altura em que estão efectivamente a tomar a refeição” e onde é preciso cumprir a “lotação máxima de 5 pessoas por mesa, de acordo com o disposto na última resolução de Conselho de Ministros”.

No Hospital de São João, no Porto, a situação também não está fácil. O vírus “está por todo o lado, quase não conseguimos identificar os surtos“, salienta ao jornal Sol o responsável pela gestão do serviço de urgência e medicina intensiva daquele hospital, Nélson Pereira.

A unidade registou, na última semana, um aumento dos internamentos, nomeadamente nos Cuidados Intensivos.

“A sensação é que as coisas estão de tal forma disseminadas que não há surtos. Quase toda a gente conhece alguém que está infectado ou em quarentena, o que é significativamente diferente do que aconteceu na primeira onda”, lamenta ainda Nélson Pereira.

Mau tempo “vai-nos empurrar para mais contágio”

Entretanto, o mau tempo previsto para esta semana é uma preocupação acrescida.

“De terça a quinta-feira vai chover bem, o IPMA já alertou para isso. As pessoas vão-se confinar no interior, os espaços fechados vão ser mais utilizados, por exemplo nos almoços no local de trabalho, nas universidades”, atesta ao jornal i o investigador Carlos Antunes que integra a equipa de Manuel Carmo Gomes na Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, um dos peritos que tem colaborado com a Direcção Geral de Saúde (DGS).

“Se não houver a atitude de as pessoas almoçarem isoladas, a adaptação de levarem o almoço de casa e comerem no seu gabinete, por exemplo, o tempo vai-nos empurrar para haver mais contacto e mais contágio“, alerta Carlos Antunes, concluindo que “se não houver reforço das equipas e a meteorologia continuar desfavorável, vai favorecer a propagação”.

Entretanto, o presidente da Associação Nacional de Médicos de Saúde Pública, Ricardo Mexia, constata no i a desilusão com a forma como as coisas estão a decorrer, considerando que falta “gestão operacional”.

“Foram muitos meses para planear uma resposta, montar o sistema e recrutar as pessoas, e em relação ao dia 1 de Abril chegamos aqui sem estarmos muito diferentes”, constata Mexia, lamentando que “temos os profissionais mais desgastados, a população mais saturada”.

“Não esperava que a pressão que está a haver chegasse tão cedo, não é um cenário bem encaminhado”, diz ainda, concluindo que “não vai ninguém ao volante” na gestão da pandemia.

ZAP //

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. O COVID-19 está a ficar descontrolado a nível Mundial seria um milagre Portugal escapar a este descontrole quando vemos Países muito mais desenvolvidos e ricos que Portugal a quase a entrarem em colapso, ninguém tem meios profissionais de saúde e meios que cheguem para controla resta Epidemia, falar por fora é fácil mas quem está atento ao mundo que nos rodeia vemos que não está a ser nada fácil, por muito que os Governos tentem fazer tudo só eles não vão conseguir, temos todos que colaborar fazer a vida o melhor que for possível mas sempre a protegermo-nos de outra forma vamos piorar e muito, penso que nesta altura os profissionais de saúde os especialistas e mesmo os políticos se unirem deixarem as suas bandeiras de partidárias, a Saúde não tem religião nem cor partidária, e começar é a alertar as populações tanto em Portugal como no resto do mundo para que todos nós contribuamos para enfrentar esta epidemia, lembrem-se que os provisionais de Saúde são seres humanos cansam-se adoecem se não os ajudarmos vamos ficar em muito maus lençóis, o Mundo somos todos nós e não só eu, eu contribuo com a minha parte protegendo-me e vocês? Fazem todos o mesmo? Pensem nisso.

    • Este desgovenro não planeou o período do outono / inverno durante o verão. Teve tempo de o fazer mas preferiu dedicar-se a trazer para Portugal a final da Liga dos Campeões e a permitir a festa do ADIANTE. Uma vergonha total.

  2. Os politicos que mandam muito, deveriam ouver quem sabe mais do que eles. As pessoas precisam ganhar a vida mas nestes tempos exigentes temos de ter solucoes a altura do problema.
    Porque nao impoe regras de controlo rigoroso em cada area onde ha mais infeccoes… alternando os dias de trabalho. Este trabalho deveria ser pensado entre governo e empresas…. trabalhadores vao trabalhar mas precisa de gente que Planeie o trabalho com antecendencia e depois distribuit o mesmo alternando a sequencia ou ordem do processo… sera tao complicado…ora para aqueles que dependem do computador ‘e simples…. mas empresas do calsado, do metaligica, entre outras precisam de Planeamento previo…ora se vao todos ao molho, ‘e claro que tezem o virus para casa sem saber como….pensem …. porque nunca deixei de trabalhar mas todos os dias tenho de respeirtas regras do pais e da empresa ou trabalho fora do pais… claro que nao ‘e facil lavar mao, varios vezes por dia, claro que ‘e incomodo usar mascara, claro que custa muito… eu nunca fiquei em casa, sempre fui trabalhar amigos…. porque houve Planeamento previo e aplicacao procedimentos rigososos…claro que tenho um certo receio… mas dever chama-me…

    Mensagens para jovens. Nao desanimao, apreoveitam este tempo para fazeram o que gostam, divirtam em casa se possivel, nao se haventuram em ajutamentos para conversar, para se divertirem, para outras coisa, cuidado…. Aproveitam este tempo para investigarem e quem sabe descobrirem outros talentos que ha em vos… podem planear a vossa vida sem pressao… aproveitam sejam espertos e nao acanhados, porque o futuro ‘e vossso e voces teem de Planear agora….

RESPONDER

"Era como se a morte estivesse num copo." No século XVIII, o gin estava a arruinar a Inglaterra

A bebida alcoólica tornou-se tão popular no Reino Unido que os empresários começaram a utilizar todo o tipo de aditivos para enriquecerem. No século XVIII, o gin tornou-se a maior droga que o homem poderia consumir …

Vacinar animais contra a covid-19? Dezenas de zoos nos EUA estão a avançar com a ideia

Cerca de 70 jardins zoológicos e espaços de conservação nos Estados Unidos estão a administrar a vacina da farmcêutica veterinária Zoetis aos seus animais. Não são só os humanos que estão a ser vacinados contra a …

Lewis Hamilton: "Eu não disse que estava a morrer"

Acidente com Max Verstappen originou dores no campeão; Helmut Marko disse que já era "espectáculo" a mais. Troca de palavras entre os dois candidatos ao título. Como se esperava, o acidente que envolveu Lewis Hamilton e …

Autorretrato de Frida Kahlo deverá ser vendido por um valor recorde de 30 milhões de dólares

A Sotheby’s espera ultrapassar os 30 milhões de dólares (mais de 25 milhões de euros) com o autorretrato da pintora mexicana Frida Kahlo, no qual aparece também o seu marido Diego Rivera. O autorretrato Diego y …

David Luiz: "Um dos dias mais especiais da minha vida" - e ainda se fala sobre Jorge Jesus

Flamengo ficou mais próximo de mais uma final da Libertadores, depois de derrotar o Barcelona de Guayaquil. David Luiz estreou-se. O Flamengo venceu o Barcelona de Guayaquil por 2-0, na primeira "mão" das meias-finais da Copa …

Iémen. Escassez de alimentos empurra 16 milhões de pessoas para a fome, revela ONU

Pelo menos 5 milhões de pessoas no Iémen estão à beira da fome e outros 16 milhões estão "a caminhar para a fome", num país dilacerado pela guerra civil. O Programa Mundial de Alimentos (WFP, na …

Presidente da Tunísia governará por decreto, ignorando partes da constituição

O Presidente da Tunísia, Kais Saied, declarou que governará por decreto e ignorará partes da constituição, enquanto se prepara para mudar o sistema político, gerando críticas imediatas da oposição. Desde 25 de julho, dia em que …

Alemanha deixa de pagar quarentena a trabalhadores não vacinados

A Alemanha vai deixar de indemnizar trabalhadores não vacinados que forem forçados a quarentena devido ao coronavírus, por ser "injusto pedir aos contribuintes que subsidiem aqueles que se recusam a ser vacinados", disse na quarta-feira …

Governo acaba com recomendação do teletrabalho

O Conselho de Ministros decidiu acabar com a recomendação da opção pelo teletrabalho e eliminar a testagem em locais de trabalho com mais de 150 trabalhadores. Estas medidas integram a terceira e última fase do plano …

Cansado de denúncias, Betis pede aos seus sócios: "Portem-se bem"

Clube onde jogam dois portugueses quer que os adeptos tenham um "comportamento adequado" durante os jogos no Benito Villamarín. O Betis de Sevilha jogou seis vezes até agora, nesta época. Quatro desses encontros foram disputados em …