Portugueses ganham mais mas vivem como pobres para pagar os créditos

Apesar dos bons resultados da economia, e do incremento nos ganhos dos portugueses, as famílias vivem como pobres, devido ao peso que o endividamento continua a ter na vida das pessoas. A conclusão é da DECO.

A Associação de Defesa do Consumidor (DECO) traçou o retrato das famílias portuguesas com base nos números do boletim estatístico de 2017 do gabinete de apoio aos sobreendividados (GAS). A coordenadora do GAS, Natália Nunes, explica à Renascença que “as penhoras já são a segunda causa de endividamento” das famílias.

A responsável repara que uma família com “um rendimento médio mensal de 1200 euros, mas com encargos no valor de 850 por mês”, tem “70% do rendimento absorvido pelas prestações do crédito”.

Trata-se de uma taxa de esforço de 70,8% que faz com que as famílias, apesar de “não estarem em situação de pobreza”, tenham de enfrentar “os mesmos problemas que uma família em situação de pobreza”, nota Natália Nunes.

De acordo com os dados do GAS, o crédito à habitação continua a ser o que pesa mais no rendimentos das famílias portuguesas, seguido do crédito automóvel.

O boletim estatístico de 2017 revela “a subida das penhoras e execuções para o segundo lugar das causas para o sobreendividamento (16%, mais 2% do que em 2016)”.

De acordo com a DECO, cada família portuguesa tem, em média, cinco créditos, número semelhante a 2016, mas inferior ao período de 2008 a 2009 em que a média se situava nos sete créditos.

A DECO não consegue, neste momento, dar resposta a todos os pedidos de ajuda que recebe. Natália Nunes fala de “uma grande diferença entre o número de famílias que conseguimos ajudar e as que pedem ajuda”, explicando que isso “tem a ver com a capacidade financeira das famílias de resolver os problemas”.

ZAP //

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Mas será que esta gente não se sabe cotrolar e fazer contas à vida antes de desatar a comprar?

    É muito lindo comprar os últimos modelos de smartphone, tv de topo, férias à grande, etc, etc, o grande problema é pagar. E o melhor de tudo é que no fim a grande culpada é a banca e não a estupidez.

  2. E o mal vai aumentar! Começaram por ser os governantes actuais a mentalizarem as pessoas que o consumo iria desenvolver o país, depois voltaram os Bancos parte deles depois de terem passado por uma falência e a serem subsidiados com o dinheiro do povo vêm agora de novo com a mesma conversa do incentivo ao crédito, quando tudo estiver de novo de patas para o ar virão os queixumes e a debandada de políticos irresponsáveis como de costume e cá estaremos nós de novo a receber outra troika para nos meter a caminho com as suas imposições rigorosas.

  3. Eu também gostava de ter uma casa nova e grande que custa em média 200 A 300.000 euros… no entanto comprei casa usada – anos 80 – a bom preço e remodelei num total de 120.000 euros resultando deste opção uma prestação suavezinha!

  4. Agora já percebo porque se lambem muitas botas a patrões e se engolem muitos sapos na chamada engenharia social em todas as empresas. Não se pode passar fome…

RESPONDER

TAP desvia passageiros do aeroporto do Porto para Lisboa

A TAP está a desviar passageiros do Porto para Lisboa. Os passageiros que já tinham viagem marcada na rota Genebra-Porto ou Porto-Genebra estão a ser "transferidos" para Lisboa. O plano de retoma de rotas da TAP …

Jogador do PSV afastado dos treinos após participar em manifestação antiracismo

O jogador do PSV Denzel Dumfries foi afastado dos treinos até ao final da época. O jogador holandês participou num protesto contra o racismo nos Países Baixos. Denzel Dumfries, defesa do PSV, foi esta quinta-feira afastado …

Turismos de Portugal e Espanha querem "confinar" população na Península Ibérica. Fronteiras só abrem em julho

Os Turismos de Portugal e Espanha estão a preparar campanhas de promoção para captar os 55 milhões de habitantes dos dois país durante o verão. De acordo com o semanário Expresso, Portugal e Espanha preparam-se para …

Autocarro do Benfica apedrejado. Casas de jogadores vandalizadas com ameaças

O autocarro benfiquista foi apedrejado após o jogo com o Tondela. Além disso, a casa de alguns jogadores foram grafitadas com ameaças, nomeadamente a de Pizzi. O autocarro do Benfica foi atacado após o empate frente …

Rio só está à espera de Marcelo. E não se compromete com o Orçamento

O presidente do PSD deu uma entrevista à TSF, na qual afirmou que só está à espera que Marcelo Rebelo de Sousa avance para anunciar o apoio do partido à sua recandidatura. Em entrevista à TSF, …

Contrariando as autoridades, Hong Kong assinala aniversário de Tiananmen. "Podem reprimir as nossas atividades mas não o nosso espírito"

Evocando razões de saúde pública devido à pandemia, as autoridades de Hong Kong proibiram a vigília de quinta-feira que visava assinalar o 31.º aniversário do massacre de Tiananmen. As aglomerações com mais de oito pessoas …

Governo pondera criar nova contribuição sobre a banca para financiar Segurança Social

O Governo de António Costa está a estudar a criação de uma contribuição adicional de solideriedade sobre o setor bancário para ajudar a financiar a Segurança Social e fazer face aos custos de resposta à …

Arqueólogos encontram rara ferramenta de caça com 300 mil anos

Arqueólogos encontraram uma ferramenta de madeira utilizada na caça há 300 mil anos. É muito raro encontrar artefactos paleolíticos feitos de madeira, realça o autor do estudo. Uma equipa de investigadores da Universidade de Tübingen e …

Twitter não descarta suspender conta de Donald Trump

Um alto responsável da plataforma digital Twitter não excluiu a suspensão da conta da Donald Trump caso o Presidente norte-americano prossiga a publicação de mensagens incendiárias que transgridam as regras daquela rede social. Com 81,7 milhões …

Patrões agradados com o plano do Governo. PSD diz que "é muito fraco"

Enquanto patrões e sindicalistas ficaram bastante satisfeitos com o Programa de Estabilização Económica e Social apresentado pelo Governo, o PSD deixou duras críticas. Esta quinta-feira, no final do Conselho de Ministros, onde foi aprovado o plano …