Portugal vai ter doses da AstraZeneca e J&J a mais. Testes da vacina portuguesa previstos para julho

José Coelho /Lusa

Neste trimestre, Portugal vai receber mais de nove milhões de doses de vacinas, das quais cerca de 5,5 milhões da Pfizer, 795,6 mil da Moderna, 1,6 milhões da AstraZeneca e 1,2 milhões da Janssen.

Com a chegada de mais vacinas, Portugal prepara-se para entrar na fase de “velocidade cruzeiro” da vacinação contra a covid-19 e pretende atingir um ritmo de 100 mil vacinas administradas por dia dentro de “duas a três semanas” e ter todas as pessoas com mais de 60 anos vacinadas com pelo menos uma dose até ao final de maio.

De acordo com o ECO, até quarta-feira, “66% das pessoas da faixa etária entre os 70 e os 79″ já foram vacinados com pelo menos uma dose da vacina. Também “30% das pessoas da faixa etária entre os 60 e os 69 já foram vacinados com pelo menos uma dose”. Na faixa etária dos mais de 80 anos, a inoculação ascende aos 92%.

Isto significa, segundo o jornal, que faltam vacinar 1,3 milhões de portugueses com mais de 60 anos, dos quais 54.069 com mais de 80 anos, 333.761 entre 70-79 anos e 909.772 dos 60 aos 69 anos.

Sendo que Portugal vai receber 1,6 milhões de doses de vacinas da AstraZeneca e 1,2 milhões de doses da Janssen, o país terá doses suficientes para vacinar os 1,3 milhões de portugueses – e ainda sobram doses.

O ECO relata que Portugal poderá aproveitar a “abundância” de doses para exportar as vacinas para os Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOP). Em fevereiro, o primeiro-ministro dise que África será prioritária na disponibilização de doses adicionais de vacinas contra a covid-19 e que Portugal procurará “redirecionar” para Timor-Leste e para os PALOP 5% das vacinas adquiridas.

Testes em humanos de vacina portuguesa em julho

De acordo com o jornal Público, a empresa portuguesa Immunethep quer começar os ensaios de uma potencial vacina contra a covid-19 em humanos em meados deste ano para chegar ao mercado em 2022.

Ao contrário das vacinas usadas até agora, esta não será injetável, mas inalável.

Os testes pré-clínicos realizados no Instituto de Investigação e Inovação em Saúde (I3S), no Porto, têm registado resultados positivos. A empresa tem como objetivo ter os resultados destes testes recolhidos até ao final de maio ou junho para poder apresentá-los às entidades reguladoras europeias e nacionais.

Segundo Pedro Madureira, co-fundador e director científico da Immunethep, a empresa quer que os ensaios clínicos possam avançar durante o segundo semestre deste ano e a vacina chegue ao mercado em 2022.

Os testes em humanos, que podem arrancar em julho, irão iniciar-se, numa primeira fase, em grupos de 10 pessoas e de forma progressiva até às 30/40, até se atingir 100. Num momento final, o ensaio clínico vai concentrar cerca de cinco mil pessoas.

Além da vacina da Immunethep, há ainda uma outra em desenvolvimento em Portugal: uma nanovacina que está a ser criada por cientistas da Universidade de Lisboa e da Universidade de Telavive, Israel.

Maria Campos Maria Campos, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Adjunta de Matos Fernandes era sócia de empresa que fez negócios com o ministério

Entre 2016 e 2019, a secretária de Estado do Ambiente, Inês Santos Costa, acumulou funções quando integrou o gabinete de João Pedro Matos Fernandes, na qualidade de adjunta, sendo, na altura, sócia de uma empresa, …

Cavaco acusa Governo de Costa de continuar a alimentar "monstro" da despesa pública

Cavaco Silva volta a criticar o Governo de Costa, desta vez por criar “impostos adicionais” sobre “tudo o que mexe” para alimentar “o monstro” da despesa pública. O ex-primeiro-ministro e antigo Presidente da República Aníbal Cavaco …

Dívidas de Vieira investigadas. Com falência à vista, grupo do líder do Benfica pagou viagens de luxo

Afinal, o Fundo de Resolução nunca aceitou a reestruturação das dívidas do grupo empresarial de Luís Filipe Vieira, ao contrário do que foi dito aos deputados na Comissão Parlamentar de Inquérito aos grandes devedores do …

João Rendeiro condenado a 10 anos de prisão

João Rendeiro, antigo presidente do Banco Privado Português (BPP), foi condenado a 10 anos de prisão efetiva esta sexta-feira. O tribunal condenou o ex-presidente do Banco Privado Português (BPP), João Rendeiro, a 10 anos de prisão …

Bloqueio de migrantes. Salvini não vai a julgamento

Matteo Salvini, líder do Liga, não vai a julgamento na sequência do bloqueio do desembarque de migrantes a bordo do navio da Guarda Costeira italiana "Gregoretti", em julho de 2019. Esta sexta-feira, um tribunal italiano decidiu …

Promulgado diploma sobre acesso às praias (com alerta para novo regime de multas)

O "regime contraordenacional, que está previsto para o não cumprimento de um conjunto de regras que temos na área covid, também é aplicado" às regras relativas às praias. O Presidente da República promulgou, esta sexta-feira, o …

PCP vai votar contra reforma das Forças Armadas

Os comunistas consideram tratar-se de uma "alteração significativa" da estrutura de comando, sem dar resposta "a problemas que persistem há largos anos" na instituição militar". O PCP vai votar contra as propostas do Governo para a …

Biden diz que ataque a oleoduto veio da Rússia. Mas exclui envolvimento do Kremlin

O Presidente dos Estados Unidos (EUA), Joe Biden, afirmou na quinta-feira que o ciberataque que paralisou durante vários dias a maior rede de oleodutos do país foi proveniente da Rússia, mas exclui envolvimento do Governo …

Máscaras vieram para ficar. Mas pode haver exceções

A máscara de proteção individual vai continuar a fazer parte do nosso dia-a-dia. No entanto, pode haver exceções para os já vacinados contra a covid-19. O Governo convidou os especialistas a criarem um novo plano e …

Chega quer que agentes da PSP e GNR usem câmaras de vídeo nas lapelas e nas viaturas

O deputado único do Chega entregou esta quinta-feira um projeto de resolução no Parlamento que recomenda a colocação de câmaras de vídeo nas lapelas das fardas e nas viaturas das forças de segurança, a fim …