Portugal é o país europeu que mais usa herbicida potencialmente cancerígeno

Estudos revelam elevados níveis de glifosato no solo português. As associações ambientalistas e agrícolas pedem que o Governo vote contra a licença de utilização de glifosato por mais 5 anos.

A Comissão Europeia propôs o prolongamento por cinco anos da licença de utilização de glifosato – um herbicida que a Organização Mundial de Saúde já classificou como potencial causador de cancro.  A proposta da Comissão Europeia iria ser votada esta quinta-feira, mas a votação voltou a ser adiada, desta vez para o fim do mês.

Em Portugal, 11 associações ambientalistas e agrícolas pedem ao Governo que vote contra a proposta. O apelo parte de organizações como a Quercus, a Confederação Nacional da Agricultura e da Liga para a Proteção da Natureza, que fazem parte da Plataforma Transgénicos Fora.

Segundo a TSF, o Ministério da Agricultura quer guardar a sua posição para o momento da votação, depois de no ano passado se ter abstido numa votação semelhante, tal como a Alemanha.

O prazo de extensão de cinco anos já é uma redução (cinco anos em vez de dez), resultado de uma avaliação de risco realizada pelo Parlamento Europeu. Nesta avaliação, foi defendida a proibição da utilização de glifosato em parques públicos.

Os ambientalistas dizem que Portugal é o país europeu onde mais se usa glifosato. Um estudo publicado o mês passado por uma equipa internacional de investigadores na Science of the Total Environment, encontrou níveis elevados do herbicida em zonas vinícolas da Bairrada.

Conforme cita a TSF, os resultados das 17 amostras recolhidas em solo nacional mostram que 53% tinham o herbicida, muito mais do que a França – o segundo país mais contaminado, com 30%. Apesar de não representar o todo do solo português, os especialistas afirmam que os números são preocupantes.

As associações dizem que é impensável permitir a utilização generalizada do herbicida na agricultura, nas ruas e até para fins domésticos, ressalvando ainda que a OMS já provou que o glifosato causa cancro em animais de laboratório.

A autorização para a utilização deste herbicida expira no próximo dia 15 de dezembro.

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Ministério repudia agressões nas escolas e fala em casos "residuais"

O Ministério da Educação garante que as situações de violência grave nas escolas são “residuais” e que existe uma tendência de diminuição de casos, repudiando todas as agressões que considera "inaceitáveis seja quem for o …

Surto de anthrax pode ter matado mais de 100 elefantes no Botswana

Um surto de anthrax pode estar na origem da morte de mais de 100 elefantes no Botswana ao longo dos dois últimos meses. Fontes do Governo do Botswana adiantaram, citadas pela Reuters, que "as investigações preliminares …

Nove migrantes encontrados vivos em novo camião no Reino Unido

A polícia britânica encontrou um segundo camião onde viajavam nove migrantes, todos eles vivos. Ainda hoje foi encontrado um camião com 39 pessoas mortas. Horas depois de ter sido encontrado um camião com 39 pessoas mortas, …

Brexit. Primeiro-ministro da Irlanda apoia adiamento até 31 de janeiro

O primeiro-ministro da Irlanda, Leo Varadkar, defendeu esta quarta-feira uma prorrogação da data do 'Brexit' até 31 de janeiro, num telefonema com o presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, que já recomendou aos 27 que …

Matosinhos é a primeira cidade 5G em Portugal

A NOS cobriu totalmente Matosinhos com 5G, em parceria com a Huawei, tornando-a na primeira cidade de quinta geração móvel em Portugal, anunciou, esta quarta-feira, a operadora de telecomunicações. De acordo com a operadora, "a rede …

O Super Mundial de Clubes vem aí e o Barcelona pode ficar de fora

O Barcelona poderá ficar fora da próxima grande competição da FIFA: o Super Mundial de Clubes. Para inverter esta situação, os catalães terão de ganhar uma das próximas duas edições da Champions. O Conselho da FIFA …

Falência da Thomas Cook leva ao encerramento de empresas no Algarve

De acordo com a TSF, há empresas que não vão conseguir resistir ao colapso do grupo britânico Thomas Cook, que anunciou falência há cerca de um mês. Um mês depois de ter sido anunciada a falência …

Ex-ministro da Saúde questiona regulador no caso do bebé sem rosto em Setúbal

Adalberto Campos Fernandes diz que o caso do bebé com malformações graves dá motivos para questionar a utilidade da Entidade Reguladora da Saúde. Ordem dos Médicos está a agir "adequadamente". O antigo ministro da Saúde Adalberto …

Nuno Artur Silva vendeu participação nas Produções Fictícias ao sobrinho

Nuno Artur Silva, futuro secretário de Estado do Cinema, Audiovisual e Media vendeu a sua participação na produtora de conteúdos Produções Fictícias. Desta forma, o indigitado secretário de Estado já não tem participações em empresas …

Encerrados na Índia dois call-centers que enganavam e roubavam pessoas em todo o mundo

Dois call-centers que praticavam um tipo de fraude que fez milhares de vítimas em todo o mundo, entre as quais muitas pessoas de idade, foram encerrados em Calcutá. A operação, que envolveu as polícias indiana e …