Portugal é terceiro no ranking europeu das emissões de CO2 dos carros novos

Portugal ocupa o terceiro lugar do ranking europeu das emissões médias de dióxido de carbono, pelos veículos ligeiros novos, lista que já liderou, em 2011, segundo um estudo hoje divulgado pela Quercus.

O Estudo da Federação Europeia para os Transportes e Ambiente permite concluir que Portugal tem vindo a perder terreno naquela tabela, ao apresentar um valor de emissões da frota de ligeiros novos de passageiros de 112,2 gramas de dióxido de carbono (CO2) por quilómetro.

Os veículos mais limpos e eficientes estão na Holanda, que lidera a lista, seguida da Grécia.

A associação ambientalista refere que o desempenho ambiental de Portugal se deve ao efeito da crise económica sobre o poder de compra, com reflexo na diminuição das vendas de novos veículos, e à opção dos portugueses por adquirir veículos mais pequenos do que a média europeia e, por isso, mais económicos.

“Na prática, a crise afetou de forma mais significativa as vendas de veículos de classe média e média/baixa, enquanto as vendas de classe média/alta não sofreram tanto impacto, ou seja, veículos com maiores consumos de combustível e mais poluentes”, salienta a Quercus.

Em 2013, Portugal “perdeu o bom desempenho dos anos anteriores (2.º lugar, em 2012, e o 1.º lugar, em 2011) e passou a ocupar a 3.ª posição do ‘ranking’ das emissões médias de CO2 da frota de novos ligeiros de passageiros”, na União Europeia (UE), resume a Quercus, que faz parte da Federação Europeia para os Transportes e Ambiente.

É referido o efeito causado pelos impostos sobre os combustíveis rodoviários, abaixo daquele registado em outros Estados-membros, além de Portugal apresentar a taxa de “dieselização” mais elevada da UE, de quase 80%, em consequência dos incentivos fiscais a beneficiar o gasóleo, em detrimento da gasolina.

O estudo mostra que, em 2013, a média das emissões de CO2 dos novos veículos ligeiros de passageiros na UE foi de 126,8 gramas por quilómetro, uma redução de 4,1% na comparação com o ano anterior, uma tendência que se deve à aposta do fabricantes de automóveis em motores e tecnologias mais limpas.

Destaca também que, no seu conjunto, a UE já cumpre a meta de emissões para 2015, “dois anos antes da data prevista, e está no bom caminho para cumprir a meta de emissões para 2021, contrariando os receios da indústria automóvel”, salienta a Quercus.

A eficácia das políticas nacionais é também abordada nesta análise, sobretudo ao nível da fiscalidade automóvel, para a aquisição de veículos mais eficientes e de baixas emissões poluentes.

Seis países europeus conseguiram obter as maiores reduções das emissões de CO2, relativamente a 2012, acima dos 5%: Holanda, Grécia, Eslovénia, França, Finlândia e Bulgária.

Ao contrário, os piores desempenhos na redução das emissões de CO2 foram a Suécia, a Estónia, a Polónia e Malta, com valores abaixo de 2,5%.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Relatório iliba TAP e aeroporto de Lisboa no voo que transportou Guaidó

O relatório da Inspeção-Geral da Administração Interna (IGAI) iliba a companhia aérea TAP e o aeroporto de Lisboa de terem violado as regras de segurança no caso de um voo para a Venezuela, segundo o …

Covid-19. Estado de saúde de português retido em navio no Japão piorou

O estado de saúde de Adriano Maranhão, o português infetado com o novo coronavírus que está retido no navio Diamond Princess, no Japão, piorou, de acordo com a sua mulher, que ainda não obteve qualquer …

Peixe vegetariano pode ser a nova carne branca na nossa alimentação

Cientistas descobriram um peixe vegetariano e, através da análise do seu genoma, perceberam que pode ser uma nova solução alimentar à medida que a  criação de gado se torna menos sustentável. Com o agravamento do aquecimento …

A caminho da destruição. Encontrado exoplaneta que orbita a sua estrela em apenas 18 horas

Astrónomos da Universidade de Warwick descobriram um exoplaneta com o mais pequeno período orbital de qualquer exoplaneta conhecido. Chamado de NGTS-10b, o recordista completa uma rotação em torno da sua estrela em apenas 18 horas. O …

Como seria o Universo sem matéria escura? Os cientistas simularam-no (e ficaram surpreendidos)

Há quase meio século que os astrónomos estão convencidos de que a maior parte do Universo é formado por matéria escura, invisível para os nossos instrumentos e que só conseguimos detetar através da gravidade. Mas …

Estes pássaros evitam comida nojenta após terem visto vídeos no computador

Aves capturadas por uma equipa de investigadores finlandesa aprenderam a evitar certos alimentos após terem assistido a vídeos de outros pássaros a comer essas mesmas comidas e a reagir negativamente. Os cientistas capturaram 39 espécimes de …

Mitsubishi apresenta solução para escritórios stressantes: claraboias virtuais

Se depender da Mitsubishi, a cultura de trabalho do Japão vai ficar menos stressante e depressiva, graças à sua mais recente invenção. A divisão de equipamentos elétricos da gigante japonesa Mitsubishi lançou um sistema de claraboia …

FC Porto 1-0 Portimonense | Génio de Telles garante triunfo

O FC Porto sofreu bastante para vencer o Portimonense, 17º classificado da Liga NOS, por 1-0. Naturalmente dominadores e donos da iniciativa atacante desde os primeiros minutos, os “dragões” terminaram com uma superioridade estatística à prova …

Vulcões de gelo surgem nas margens de um lago gelado nos Estados Unidos

As estranhas e inusitadas formações de gelo surgem quando as temperaturas atingem valores muito baixos, e proporcionam um verdadeiro espetáculo nas margens do lago Michigan, nos Estados Unidos. No dia 16 de fevereiro, funcionários do Serviço …

Pela primeira vez, átomos são capturados de forma individual

Naquela que é uma estreia na física quântica, investigadores "mantiveram" átomos individuais no lugar e observaram interações atómicas complexas nunca antes vistas. Pela primeira vez na física quântica, investigadores conseguiram "segurar" átomos individuais num local fixo …