Portugal é mais livre que a França mas menos que o Luxemburgo

(dr) Freedom House

-

A organização de Direitos Humanos Freedom House classificou o nível de liberdade em Portugal com uma nota de 97 em 100, apenas atrás dos países escandinavos, do Luxemburgo e da Holanda no que toca a países da União Europeia.

No relatório “Liberdade no Mundo 2016″ – com dados relativos ao ano passado, a Organização Não Governamental Freedom House não inclui um relatório específico sobre Portugal, mas fez um “ranking” de países, numa escala de 0 a 100.

Assim, Portugal surge com uma nota de 97 pontos, acima de países europeus como a vizinha Espanha (95), de França (91), Itália (89), Reino Unido (95) e da Alemanha (95).

Acima de Portugal estão os países escandinavos (Suécia e Finlândia e, apesar de estar fora da UE, a Noruega), todos com 100 pontos em 100 possíveis, a Holanda (99 pontos) e o Luxemburgo (97).

A Freedom House publica o relatório “Liberdade no Mundo” no atual formato desde 1978, tendo começado a fazer uma listagem das liberdades nos vários países ainda nos na década de 1950.

A metodologia da pontuação consiste em atribuir a um país ou território um valor de 0 a 4 pontos em 10 indicadores de direitos políticos e em 15 indicadores de direitos civis.

Os direitos políticos analisados incluem três subcategorias: Processo eleitoral (3 perguntas), Pluralismo e Participação (4 questões) e Funcionamento do Governo (3 perguntas).

Já os direitos civis agrupam-se em quarto subcategorias: Liberdade de Expressão e de Credo (4 perguntas), Diretos de Associação e Organizativos (3), Estado de Direito (4) e Liberdades Individuais e Autonomia Pessoal (4).

A pontuação das edições anteriores é usada como bitola para o ano em avaliação.

Normalmente, nota a Freedom House, a pontuação altera-se apenas caso se tenha produzido um acontecimento que represente uma deterioração ou uma melhoria (assédio à imprensa ou primeiras eleições livres num país), mas alterações graduais de condições, ainda que subtis, são registadas na pontuação.

No resto dos países da Lusofonia, por exemplo, Angola tem uma pontuação de 24 pontos em 100, estando na categoria Não Livre, o Brasil regista 81 pontos e Cabo Verde 90 pontos.

A Guiné-Bissau (com 39 pontos) e Timor-Leste (com 65 pontos) estão na categoria “parcialmente livres”.

Moçambique obteve 56 pontos e São Tomé e Príncipe 81.

O país com a pior classificação entre os que integram a Comunidade de Países de Língua Portuguesa foi a Guiné Equatorial, com 8 pontos (Não Livre).

Bom Dia

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Pelo menos ladrões, assassinos, pedófilos, etc. podem-se regozijar com esta liberdade onde eu e milhões de cidadãos nos sentimos cada vez menos seguros.

RESPONDER

A Barbie também arrenda casa no Airbnb

A boneca mais famosa do mundo celebra 60 anos. Agora, a empresa que produz a Barbie, a Matel, tornou a boneca uma anfitriã no Airbnb e vai arrendar uma mansão à beira-mar em Malibu, na …

Os primeiros bebés podem nascer no Espaço daqui a 12 anos

A empresa SpaceBorn United pretende realizar missões espaciais entre 24 e 36 horas para que algumas mulheres dêem à luz em órbita dentro de 12 anos. A notícia é avançada pelo fundador e CEO da empresa, …

Japão importou cinco vírus mortais, incluindo Ebola, por causa de Tóquio 2020

Com os Jogos Olímpicos à porta, um laboratório japonês decidiu importar cinco vírus mortais, nomeadamente Ebola, para fazer frente a um eventual surto durante a competição que vai levar ao país mais de 600 mil …

Empresa anónima quer os direitos do seu rosto para construir robôs (e paga 115 mil euros)

Uma empresa privada anónima está a oferecer 115 mil euros pelos direitos de usar o seu rosto numa nova linha de robôs humanóides. A empresa quer usar a imagem para dar uma cara a um robô …

Empresa está a vender vinho (com flocos de ouro) para celebrar o Brexit

Quando o Reino Unido abandonar a União Europeia, uma saída programada para 31 de outubro, é provável que as pessoas celebrem com um vinho especial com flocos de ouro. Para aqueles que querem celebrar a saída …

Neandertais ocuparam ilhas do Mediterrâneo dezenas de milhares de anos antes do que se pensava

Cientistas descobriram provas de que a ilha de Naxos, na Grécia, já era habitada por neandertais há 200.000 anos, dezenas de milhares de anos antes do que se pensava até agora. Um estudo publicado esta quinta-feira …

Testes "bárbaros" em macacos levam ativistas a pedir encerramento de laboratório alemão

Durante meses, um ativista pelos direitos dos animais trabalhou no Laboratório de Farmacologia e Toxicologia (LPT, na sigla inglesa), em Hamburgo, na Alemanha, onde testemunhou situações de violência contra os animais utilizados em testes e …

Próxima cimeira do G7 vai ser num resort de Donald Trump

A próxima cimeira do G7 será realizada num dos clubes de golfe do Presidente norte-americano, Donald Trump, na Florida, e o clima não constará da agenda de trabalhos, disse esta quinta-feira o chefe de gabinete …

Russos e ucranianos estão em guerra por causa de sopa

A sopa de beterraba é russa ou ucraniana? Um tweet do Ministério dos Negócios Estrangeiros da Federação Russa veio falar em prato nacional e a reação na Ucrânia não tardou a chegar. O tweet é de …

Alex Ferguson acusado de receber relógio após viciar jogo da Juventus

Alex Ferguson, antigo treinador do Manchester United durante quase três décadas entre 1986 e 2013 que venceu um total de 38 títulos pelo clube depois de se ter destacado nos escoceses do Aberdeen, foi acusado …