Portugal acusado de tentar apagar Espanha da história da primeira volta ao mundo

O Ministério da Cultura espanhol vai pedir ao seu embaixador na UNESCO que elabore um pedido de informação sobre a candidatura da rota de Fernão de Magalhães a património da humanidade.

A apresentação, feita por Portugal, faz parte das comemorações dos 500 anos da viagem de circum-navegação feita pelo navegador português, cujo programa completo será apresentado esta quinta-feira, em Lisboa.

De acordo com o ABC, ao apresentar a candidatura, o governo português terá apagado o império espanhol da história ao quase não referir o nome de Juan Sebastián Elcano ou o papel preponderante de Espanha na realização da viagem.

A primeira viagem de circum-navegação da história foi financiada pela coroa espanhola porque o rei português, D. Manuel I, recusou a proposta apresentada por Fernão Magalhães. Foi o rei espanhol Carlos V que acabou por possibilitar a iniciativa. Entre a tripulação reunida pelo português, contava-se o basco Juan Sebastián Elcano, a quem coube terminar a viagem de regresso à Península Ibérica.

O navegador português morreu nas Filipinas em 1521, dois anos depois de ter partido de Sanlúcar de Barrameda, no sul de Espanha, e um ano antes de Elcano regressar ao mesmo porto, na província de Cádiz.

No artigo publicado no jornal espanhol, que refere que o Ministério da Cultura espanhol não sabia da candidatura feita pelos portugueses, reclama que, nos documentos apresentados à agência das Nações Unidas, Portugal só terá referido o navegador basco para dizer que foi ele que comandou a viagem de regresso a Espanha.

“Nada mais do que isso. Em nenhum momento é pedido à UNESCO um reconhecimento patrimonial conjunto que contemple tanto Espanha como Portugal em harmonia”, lamentou o jornal, lembrando que, apesar de terem rejeitado a proposta do navegador, os portugueses tentaram impedir a sua saída.

O ministério da Cultura espanhol afirmou que irá solicitar nos próximos dias ao embaixador espanhol na UNESCO que elabore um pedido formal sobre a proposta portuguesa.

A classificação pela UNESCO da Rota de Magalhães não deverá acontecer, contudo, num futuro próximo, já que em março do ano passado apenas o Santuário do Bom Jesus do Monte, em Braga, e o Real Edifício de Mafra passaram à fase seguinte da candidatura a Património Mundial.

ZAP //

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. A ser como dizem os espanhóis, é feio o que aconteceu. O Rei português recusou-se a financiar a viagem de Magalhães, foi o Rei espanhol D.Carlos V que aceitou financiar a viagem; Juan Sebastean d’Elcano é que fez a viagem de regresso, das Filipinas para Espanha; e Portugal nem inclui Espanha no pedido à UNESCO? Isso é mesmo muito feio e pode ser mesmo uma vergonha, para Portugal. Tratem de corrigir o lapso ok! e reconhecer o papel de los hermanos na viagem circum-navegação. Aliás isso já tinha acontecido com Colombo, que, ao ver recusado o financiamento da sua viagem à Índia, pelo ocidente, obteve também o financiamento dos Reis Católicos, de Espanha.

  2. Oh coitadinhos… os espanhóis, que fazem isso recorrentemente, agora queixam-se…
    Vá, façam lá referência a Espanha e ao navegar basco (basco! – até é irónico, porque se fosse hoje, ele provavelmente não quereria ser espanhol!), para eles não chorarem mais…

  3. João Mendes, diz você:
    ‘Aliás isso já tinha acontecido com Colombo, que, ao ver recusado o financiamento da sua viagem à Índia, pelo ocidente, obteve também o financiamento dos Reis Católicos, de Espanha.’
    Digo eu:
    e com esse financiamento o que fez Colombo ? Descobriu a Índia no continente americano.
    (Não esquecer que o financiamento tinha o propósito da descoberta da Índia, e que ele alimentou a mentira aos Reis católicos durante uns ‘anitos’)
    Neste episódio, mais o tratado de Tordesilhas devemos reconhecer o avanço do conhecimento do rei português, frente os ‘Espanhóis’ ou seja Castela.

RESPONDER

Erro clínico. Centenas de hóspedes em quarentena em hotel da Austrália vão ter de fazer teste ao VIH

Centenas de pessoas que estiveram em quarentena no hotel Victoria, na Austrália, vão ter de fazer o teste de doenças transmitidas pelo sangue, incluindo VIH, devido a um erro dos profissionais de saúde daquele local …

Forças Armadas dos EUA estão a adquirir coletes à prova de bala adaptados para mulheres

As Forças Armadas dos EUA estão a dar grandes passos no que diz respeito à igualdade de género. A instituição está a começar a mudar os seus coletes à prova de bala, de forma a …

Abstenção do PCP no OE2021? É um excelente indicador, diz Costa

O primeiro-ministro, António Costa, considerou um “excelente indicador” o PCP ter anunciado a abstenção no Orçamento do Estado de 2021 (OE2021) e resultado de um entendimento “para ter um bom orçamento para o próximo ano”. “É …

Egito abre restaurante com vista de luxo para as pirâmides de Gizé

O Egito inaugurou um novo restaurante com vista panorâmica para as pirâmides. O investimento faz parte de uma tentativa de reavivar o turismo no país. O Egito revelou novas instalações para os visitantes no planalto nas …

Novo recorde. Portugal regista mais 3.669 casos de covid-19

Portugal regista este sábado 3.669 novos casos de infeção com o novo coronavírus, responsável pela covid-19, o valor diário mais elevado desde o início da pandemia, e mais 21 mortes relacionadas com a covid-19, segundo …

Câmara do Porto encerra cemitérios nos dias 31 de outubro e 1 e 2 de novembro

O presidente da Câmara do Porto anunciou o encerramento dos cemitérios em 31 de outubro e 1 e 2 de novembro, justificando a decisão com a necessidade de desviar meios para cumprir a proibição de …

Rui Vitória de saída do Al Nassr

O treinador português Rui Vitória está de saída do Al Nassr, avança este sábado o canal árabe 24Sports. A saída de Rui Vitória, que em janeiro de 2019 deixou o comando técnico do Benfica, surge …

Casamento com 200 pessoas autorizado em Arruda dos Vinhos. Câmara contesta

O presidente da Câmara de Arruda dos Vinhos criticou a decisão da autoridade de saúde de autorizar a realização de um casamento “com cerca de 200 pessoas”, considerando que vai colocar a população do concelho …

Novo Banco desmente demissão de gestores após polémicas com Fundo de Resolução e Vieira

O Novo Banco veio a público desmentir a notícia do Público que alega que três gestores de topo da instituição se demitiram, após divergências internas envolvendo várias polémicas relacionadas com o Fundo de Resolução, com …

Milhões da bazuka europeia só chegam em junho

Portugal e os restantes Estados-membros das União Europeia (UE) só deverão receber os respetivos fundos da bazuka europeia de apoio à retoma no pós-pandemia na segunda metade de 2021, em meados de junho. A confirmar-se …