Pónei da Terceira reconhecido como raça após 14 anos de recuperação

Ponei da Terceira / Facebook

-

O Pónei da Terceira foi reconhecido como raça autóctone há poucos dias, mas para trás ficam 14 anos de recuperação de um cavalo que esteve em vias de desaparecer.

Aquela que é agora a quarta raça de cavalos em Portugal, desenvolvida na ilha Terceira, nos Açores, distingue-se por ter as dimensões de um pónei mas as características morfológicas de um cavalo.

“É de facto diferente dos outros póneis. Normalmente temos a imagem de um pónei daqueles animais que vemos no circo, muito redondinhos, perninhas curtas. Este não. Tem a fisionomia de um cavalo”, explicou, em declarações à Lusa, Artur Machado, da Universidade dos Açores. Em resumo, salientou, é “um cavalo em ponto pequeno” e apesar da dimensão tem “ótimos andamentos” e é “muito equilibrado”.

“É a quarta raça do país, é uma raça açoriana, mas, acima de tudo, é uma raça da ilha Terceira”, salientou, numa conferência de imprensa na Câmara Municipal de Angra do Heroísmo.

O pedido de reconhecimento da raça ocorreu há cerca de dois anos, mas o trabalho de recuperação dos animais com as caraterísticas do pónei da Terceira foi iniciado há 14 anos.

Artur Machado, natural da ilha de São Miguel, teve contacto com os “cavalinhos da Terceira”, como lhe chamavam há muitos anos, desde cedo. No entanto, quando integrou o Departamento de Ciências Agrárias da Universidade dos Açores, no pólo de Angra do Heroísmo, procurou na ilha Terceira a raça que conhecia desde criança, mas encontrou poucos animais. Decidiu, então, “tentar agarrá-los para que não desaparecessem de vez”.

O investigador, que lidera também o Centro de Biotecnologia dos Açores, recolheu os animais com as características do Pónei da Terceira e aumentou o efetivo, até que há dois anos reuniu condições para pedir o seu reconhecimento como raça autóctone.

Atualmente, existem, pelas contas do investigador, 118 póneis da Terceira, sendo que só na Universidade dos Açores estão 54 e seis foram enviados para o continente, numa tentativa de divulgação da raça.

Uma raça com história

Segundo Artur Machado, o Pónei da Terceira foi selecionado de forma empírica pela população da ilha ao longo de vários séculos. O professor acredita que o processo foi “natural”, porque há cerca de seis séculos, quando os Açores foram povoados, os cavalos da Península Ibérica eram “mais pequenos” e os melhores exemplares não eram colocados em caravelas.

“É lógico pensar que não se iria pôr numa caravela cavalos de grande porte, porque iriam precisar de muito mais espaço, de muito mais alimentação, eram cavalos mais valiosos e portanto os riscos da viagem eram enormes”, explicou.

Apesar de pequenos, os Póneis da Terceira são “muito robustos”, têm “imensa resistência” e “ótimos andamentos”, por isso, transformaram-se em autênticas “máquinas agrícolas” na ilha.

“Para a agricultura eram muito mais úteis, para sachar o milho”, salientou o docente da Universidade dos Açores, explicando que para a tarefa não eram necessários animais de grande porte e as distâncias eram reduzidas.

Os póneis faziam também distribuição de mercadorias, como lenha, peixe ou pão, e Artur Machado ainda conseguiu encontrar alguns carros puxados a cavalo, com as dimensões dos póneis, que o comprovam.

Com o aparecimento de máquinas na agricultura, a raça foi perdendo utilidade e foram poucos os terceirenses que os mantiveram, mas os poucos que o fizeram permitiram que o Pónei da Terceira fosse recuperado.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Objeto de Hoag é uma galáxia dentro de uma galáxia (que está dentro de outra galáxia)

Se observar atentamente a Constelação da Serpente poderá ver uma galáxia dentro de uma galáxia que, por sua vez, está dentro de outra galáxia. Este grande mistério do Universo é conhecido como Objeto de Hoag. Descoberto …

Parker Solar Probe lança nova luz sobre o Sol

Em agosto de 2018, a Parker Solar Probe da NASA foi lançada para o espaço, tornando-se pouco tempo depois a sonda mais próxima do Sol. Com instrumentos científicos de ponta para medir o ambiente em …

Encontrado no mar das Malvinas navio alemão da I Guerra Mundial 105 anos depois de naufragar

O naufrágio de um cruzador alemão da I Guerra Mundial foi identificado nas Ilhas Malvinas, onde foi afundado pela Marinha britânica há 105 anos. O SMS Scharnhorst foi o principal ativo da esquadra alemã na Ásia …

Boavista 1-4 Benfica | Águia goleia no xadrez do Bessa

O Benfica deu o pontapé de saída da 13ª jornada com uma vitória competente na visita ao Boavista, por 4-1. Num jogo potencialmente perigoso para as aspirações “encarnadas”, frente a um adversário com somente uma derrota …

Cientistas desenvolvem técnica para determinar o humor através da caligrafia

Uma equipa de cientistas estudou a biomecânica dos movimentos das mãos a escrever e a desenhar, e desenvolveu um método para avaliar as propriedades individuais da velocidade de escrita e da pressão do lápis no …

Quase seis mil denúncias de agressões sexuais em viagens da Uber nos EUA

A plataforma de transporte de passageiros Uber divulgou na quinta-feira um relatório, revelando quase seis mil denúncias de agressões sexuais a utilizadores, motoristas e terceiros nos Estados Unidos (EUA), em 2017 e 2018. No relatório de …

Polícia de Los Angeles vai usar dispositivo "ao estilo Batman" para prender suspeitos

A polícia de Los Angeles, nos Estados Unidos, vai adotar, no início do próximo ano, um novo dispositivo, conhecido como BolaWrap 100, que dispara um cinto de fibra sintética a uma velocidade de 200 metros …

Corriere dello Sport defende-se das acusações e garante ser "inimigo do racismo"

O jornal desportivo italiano Corriere dello Sport afirmou esta sexta-feira ser “inimigo do racismo”, defendendo-se das críticas motivadas pela manchete de quinta-feira, com o título “Black Friday” e ilustrada com os futebolistas negros Romelu Lukaku …

Alisadores e tintas para cabelo podem aumentar o risco de cancro da mama

Alisadores e tintas para cabelo são dois produtos comummente utilizados por mulheres. Um novo estudo sugere que estes podem aumentar o risco de cancro da mama, especialmente em mulheres negras. Muitos produtos capilares contêm compostos que …

Black Friday. Marca de cosméticos oferece por engano desconto de 96% e perde 10 milhões em duas horas

Uma falha no site oficial da marca de produtos cosméticos Foreo fez com que o seu artigo mais caro fosse vendido com um desconto de 96%, fazendo com que a empresa sueca perdesse 10 milhões …