Em Pompeia, também se comia fast food. Descoberto balcão de venda de comida com dois mil anos

Foi encontrado um balcão de fast food em Pompeia, a cidade do Império Romano que desapareceu no ano 79, depois da erupção do vulcão Vesúvio.

As escavações arqueológicas descobriram no setor chamado Região V um termopólio, que era um lugar — normalmente uma pequena sala, com uma mesa ou balcão — onde se vendiam alimentos já confecionados e prontos para o consumo.

A comida, ainda quente, era armazenada em dólios – grandes jarras de cerâmica. Quem normalmente recorria a estes serviços, eram os cidadãos com menos dinheiro e que não tinham forma de cozinhar em casa. Do menu, faziam parte refeições como pão com peixe salgado, queijo assado, lentilhas e vinho picante, ou seja, comida de confeção e consumo rápidos.

A descoberta foi anunciada por Massimo Osanna no Instagram, diretor do Parque Arqueológico de Pompeia, e que desde o ano passado tem dado nova vida à vila preservada sobre as cinzas do Vesúvio. Desde os anos 60 que não havia escavações tão intensas no local e 2018 foi o ano em que muitas descobertas foram anunciadas.

A zona em causa ainda não está aberta ao público, embora outros locais de Pompeia possam ser visitados. De acordo com o The Guardian, mais de 2,5 milhões de visitantes passem todos os anos por aquela região.

As escavações fazem parte do Projeto Grande Pompeia, financiado em 105 milhões de euros pela União Europeia. É o próprio Osanna quem diz que o trabalho desenvolvido pela sua equipa na Região V está a ser uma “autêntica revolução”, pois veio alterar a forma como as escavações são feitas na antiga cidade, a 22 quilómetros de Napóles, e que hoje é Património da Humanidade da UNESCO.

Esta descoberta é só mais uma de muitas, mas o diretor fez questão de partilhá-la nas redes sociais. “Um termopólio foi devolvido à luz do dia, com o seu belo balcão com frescos”, escreveu Massimo Osanna no Instagram, onde publicou também uma imagem do vestígio arqueológico, que terá mais de dois mil anos.

Este não é o primeiro termopólio a ser descoberto em Pompeia, e dezenas de exemplares têm sido encontrados durante as escavações arqueológicas.

Entre as muitas descobertas da equipa liderada por Osanna, está o “último fugitivo de Pompeia”, o esqueleto de um homem que ficou preso na cidade enquanto tentava escapar à destruição. Em cima do esqueleto, na zona da cabeça, está um grande bloco de pedra. Outra foi a “Casa de Júpiter”, dedicada ao senador M. Nonio Balbo, um homem de grandes posses.

Em fevereiro, arqueólogos encontraram um fresco incrivelmente preservado, representando o caçador mitológico Narciso, arrebatado pelo seu próprio reflexo numa poça de água. Foram encontrados restos humanos, incluindo os esqueletos de duas mulheres e três crianças encontradas juntas numa vila. Os restos de um cavalo e sela também foram encontrados no final de dezembro.

As grandes e as pequenas descobertas permitiram transformar cada casa de Pompeia num pequeno museu. “Alguns objetos e mobília são originais, outros fomos nós que fizemos expressamente e isso é muito bom, porque podemos ver objetos antigos da vida quotidiana no seu lugar e não num museu fora do contexto”, reforçou Osanna, em declarações à imprensa em 2018.

Pompeia foi destruída em 79 por uma erupção que matou mais de duas mil pessoas. As ruínas foram descobertas no século XVI e as primeiras escavações começaram em 1748. Pompeia é um dos sítios arqueológicos mais visitados do mundo.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Violência policial é uma das principais causas de morte de jovens negros nos EUA

A violência policial é uma das principais causas de morte entre jovens nos Estados Unidos, com os negros a terem 2,5 vezes mais hipóteses de serem mortos do que os homens brancos. O estudo, publicado este …

A Volocopter apresenta o seu táxi voador mais potente (e já andou no ar)

https://vimeo.com/355573555 Desde 2013 a Volocopter tem vindo a aprimorar o seu projeto de táxi voador. Desta vez, o design é mais redondo, mais simples e mais potente. O Volocopter é uma aeronave 100% elétrica que os criadores …

Israel desenvolve terapia à base de ecstasy para tratar stress pós-traumático

O Ministério da Saúde israelita desenvolveu uma terapia à base de MDMA - o componente ativo da metanfetamina popularmente conhecida como 'ecstasy' - para tratar pessoas que sofrem de stress pós-traumático resistente. Num entrevista sobre a …

Quaresma de saída do Besiktas. "Presidente não me quer na equipa"

Revelação feita pelo jogador, no Instagram: "Acabei de ser informado pelo presidente do clube que ele não quer que eu continue a jogar na equipa. Estou a tentar encontrar solução para o meu futuro". O internacional …

O Dr. House português diz que 90% dos médicos só fazem "fantochadas"

É conhecido como o Dr. House português, numa referência à série televisiva norte-americana, pela forma como faz diagnósticos certeiros. E Vítor Brotas que trabalha no Hospital dos Capuchos, em Lisboa, admite que é "um médico …

Homem morre após ataque de vespas asiáticas. É a segunda morte por picadas de insecto em 2 dias

Um homem de 79 anos de idade morreu nesta sexta-feira em Oliveira do Bairro, Aveiro, após ter sido atacado por vespas asiáticas. Dois dias antes, outro homem de 50 anos faleceu na região da Beira …

Polícia antimotim dispersa manifestantes em Hong Kong com gás lacrimogéneo

A polícia antimotim de Hong Kong carregou hoje com gás lacrimogéneo sobre manifestantes que tinham erigido uma barricada no bairro de Kwun Tong, no Este da antiga colónia britânica. Embora os protestos tenham decorrido de forma …

Eleições. CDU vai manter campanha clássica, mas dispensa o "lombo assado"

O chefe do maior partido da Coligação Democrática Unitária (CDU), que junta comunistas e ecologistas, assumiu enfado com carne assada nas jornadas e ações de esclarecimento pelo país, mas garante uma campanha eleitoral nos cânones …

Bloco quer mais funcionários públicos e quotas por raça nas universidades

O BE afirma, no programa eleitoral disponibilizado hoje na íntegra, que "é o partido que quer e pode impedir uma maioria absoluta", um resultado nas eleições legislativas que faria Portugal "voltar ao passado da arrogância …

Balas com defeito que encravam armas. PSP confirma, mas diz que não é um problema

A Polícia de Segurança Pública (PSP) confirma que estão a ser utilizadas algumas balas com defeito que até encravam as armas, nos treinos dos candidatos a agentes na Escola Prática de Polícia. Mas garante que …