Descoberto esqueleto de homem que morreu esmagado a tentar fugir de Pompeia

Ciro Fusco / EPA

O esqueleto do homem que foi esmagado por uma pedra quando tentava fugir da erupção que destruiu Pompeia, em Itália

Arqueólogos italianos descobriram os restos mortais de um homem que foi esmagado por uma pedra quando tentava escapar à erupção do Vesúvio que destruiu a cidade de Pompeia.

Pompeia não se cansa de nos revelar mais pedaços da sua história, ainda que estes sejam por vezes bastante sombrios. É o caso do esqueleto de um homem que conseguiu escapar à primeira erupção do Vesúvio mas que, logo a seguir, foi esmagado por um bloco de pedra arremessado por uma nuvem vulcânica explosiva.

Ao realizar novas escavações no local, arqueólogos italianos encontraram os restos mortais da vítima, quase dois mil anos depois da sua morte na antiga cidade romana, em 79 d.C. O esqueleto foi encontrado preso sob a pedra e os cientistas afirmam que o impacto provavelmente esmagou a parte superior do corpo.

A equipa de investigadores ainda não examinou a parte do esqueleto que permanece enterrada na rocha, mas detalhou que o homem possuía lesões na tíbia, provavelmente sinal de uma infeção óssea, e que isso, por sua vez, poderia ter dificultado a fuga.

Apesar disso, a vítima, com pelo menos 30 anos, sobreviveu à primeira fase da erupção, tendo conseguido escapar com sucesso por um beco. Nesse local, no entanto, foi atingido pelo maciço bloco de pedra – algo que terá caído de um edifício – que terá sido arremessado contra ele pela força do fluxo piroclástico do Vesúvio.

Os fluxos piroclásticos são o resultado devastador de algumas erupções vulcânicas, sendo uma mistura ardente de gás, fragmentos de lava e outros detritos arremessados por um vulcão que podem atingir uma velocidade de até 160 quilómetros por hora.

De acordo com Massimo Osanna, diretor-geral do Parque Arqueológico de Pompeia, esta descoberta mostra os avanços feitos na área. Atualmente, a equipa que trabalha no local não é formada apenas por arqueólogos, mas também por especialistas de diversos campos, nomeadamente engenheiros e restauradores. Além disso, também têm agora à sua disposição o uso de ferramentas técnicas como, por exemplo, drones e scanners 3D.

“Agora temos a possibilidade de reconstruir este espaço como nunca foi feito. É a primeira vez que uma escavação acontece com todas estas ferramentas. Nos anos 1800 e 1900, os investigadores cavaram a região onde encontrámos o esqueleto, mas não foram tão a fundo como nós. Por causa dos especialistas que temos, sabíamos como fazê-lo“, afirma.

PARTILHAR

RESPONDER

Reduzir o uso de ar condicionado pode ajudar a salvar vidas

Há muitas pessoas a precisar da ajuda preciosa do ar condicionado para sobreviver a temperaturas cada vez mais altas. Contudo, aquele que pensamos ser o nosso maior aliado pode ser, na verdade, o nosso pior …

Porto vai ter policiamento gratificado em "zonas particularmente sensíveis"

Rui Moreira diz que nos últimos 20 anos não houve investimento na polícia e afirma que o espaço público "não pode ser apropriado por gangues". O presidente da Câmara do Porto, Rui Moreira, anunciou esta segunda-feira …

Altos níveis de ferro associados a um menor risco de doença cardíaca

Diferentes níveis de ferro podem ter efeitos dispares na nossa saúde. Uma equipa de cientistas descobriu uma associação entre altos níveis de ferro e um menor risco de doença cardíaca. A tarefa não foi propriamente fácil …

Quénia. Ministro das Finanças preso por suborno e fraude

O Ministro das Finanças do Quénia, Henry Rotich, e vários funcionários do seu ministério foram presos esta segunda-feira por suborno e fraude num projeto de construção de duas barragens que envolve milhões de dólares. Em declarações …

Ursula Von der Leyen promete enfrentar líderes e recusar nomes para garantir Comissão paritária

Minutos depois da votação do seu nome no Parlamento Europeu em Estrasburgo, as primeiras palavras da presidente eleita da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, foram dedicadas aos líderes que a escolheram. Prometeu "trabalhar construtivamente …

"Os relatos de que o Irão deteve espiões da CIA são totalmente falsos"

Irão afirma que deteve 17 alegados espiões da CIA e que alguns foram condenados à morte. Esta segunda-feira, Donald Trump disse que os relatos são "apenas mais mentiras e propaganda". O Presidente dos Estados Unidos, Donald …

Base de dados de perfis de ADN conseguiu mais de 11 mil amostras em oito anos

A base de dados de perfis de ADN para fins de investigação criminal e identificação civil inseriu 11.774 amostras em quase oito anos, sendo a maioria de condenados, segundo o relatório de 2018 sobre o …

50 anos depois, o submarino francês "La Minerve" foi encontrado

O submarino francês, que desapareceu em 1968 com 52 homens a bordo, foi encontrado ao largo de Toulon, esta segunda-feira, 50 anos depois do seu naufrágio. "Acabámos de encontrar o submarino Minerve. É um sucesso, um …

Nova lei da violência no Desporto. Claques ficam sem cadeiras nos estádios

A nova lei da violência no Desporto, já aprovada no Parlamento, prevê que as claques fiquem em zonas específicas dos estádios sem cadeiras. A lei vai alterar comportamentos dos adeptos de todos os clubes, mas …

Caso Mayorga. Justiça norte-americana deixa cair acusação de violação contra Cristiano Ronaldo

A Justiça norte-americana deixou cair as acusações que remontam a junho de 2009, concluindo que as acusações contra Cristiano Ronaldo não podem ser provadas. A Procuradoria de Clark County, do Estado norte-americano do Nevado, anunciou esta …