Polícia sueca investiga ataque à faca e aponta para “motivações terroristas”

Ian Langsdon / EPA

A polícia sueca fez buscas no apartamento do homem que esfaqueou sete pessoas no país, na quarta-feira, informando que há pormenores na investigação que apontam para motivações terroristas.

Segundo avançou esta quinta-feira o Público, a polícia disse que tudo aponta para que o homem, na casa dos 20 anos de idade, tenha agido sozinho. O ataque, com uma faca, ocorreu na cidade de Vetlanda, antes de ser baleado e detido pela polícia. Todos foram levados para o hospital.

A polícia disse que o homem é conhecido por cometer pequenos delitos.

Em conferência de imprensa, Malena Grann, responsável regional da polícia sueca, indicou que o ataque ocorreu em cinco localizações diferentes. “Iniciámos uma investigação preliminar, mas há detalhes na investigação que nos fazem procurar potenciais motivações terroristas”, explicou.

“Ouvimos um grito vindo da rua. Depois vimos um homem a entrar na loja, a dizer que tinha sido esfaqueado. O sangue escorria-lhe do ombro, por isso fomos buscar toalhas e aplicámos pressão na ferida”, recordou a florista Asa Karlqvist, citada pela Reuters.

  Taísa Pagno //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.