/

Polícia acusado da morte de George Floyd libertado após pagar fiança

(cv)

Derek Chauvin, o agente da polícia que matou George Floyd.

Derek Chauvin, ex-agente acusado pelo homicídio de George Floyd, foi libertado mediante o pagamento de uma fiança de um milhão de dólares.

O ex-agente Derek Chauvin, um dos acusados pelo homicídio de George Floyd, no dia 25 de maio, nos Estados Unidos, foi esta quarta-feira libertado após pagar a fiança no valor de um milhão de dólares. Chauvin era o agente que é visto nas imagens com o joelho em cima do pescoço de Floyd.

A confirmação da saída por pagamento de fiança foi dado pelo advogado de Derek Chauvin, Eric Nelson, que rejeitou fazer comentários adicionais, escreve o Expresso.

A fiança foi fixada em 1,25 milhões de dólares, mas o pagamento de um milhão de dólares era aceitável mediante o cumprimento de certas condições.

Chauvin foi expulso da polícia de Minneapolis após a morte de George Floyd, que levou a uma série de protestos antirracistas nos Estados Unidos e um pouco por todo o mundo. Neste momento, a justiça norte-americana está a avaliar se os quatros agentes vão ou não ser julgados em conjunto.

O antigo agente é acusado de homicídio em segundo grau, homicídio em terceiro grau e homicídio involuntário. Uma decisão final só deverá surgir em março do próximo ano, podendo ainda haver recursos posteriores.

  ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.