Polícia dispersa manifestantes da “Gay Pride” em Istambul com balas de borracha

A polícia turca utilizou hoje balas de borracha para impedir os manifestantes de organizarem a marcha anual “Gay Pride” (Orgulho Gay) na praça Taksim, centro de Istambul, um dia após a proibição da iniciativa pelas autoridades.

A polícia disparou balas de borracha na direção de um grupo de 40 manifestantes, referiu um jornalista da agência noticiosa France-Presse (AFP), e pelo menos quatro pessoas foram detidas.

Pequenos grupos reuniram-se na praça Taksim para uma Marcha do orgulho LGBTI (lésbicas, gays, bissexuais, transgéneros e intersexo), apesar da proibição das autoridades, e com os polícias a superaram em número os participantes.

Os organizadores tinham antes reiterado a determinação em manter a manifestação, proibida pelo terceiro ano consecutivo e que este ano coincidiu com o primeiro dia da festa que celebra o fim do mês e jejum muçulmano do Ramadão.

Após as ameaças de grupos conservadores e de extrema-direita, as autoridades tinham anunciado no sábado a proibição desta manifestação para preservar “a ordem pública” e a “segurança dos turistas”.

Os organizadores decidiram manter a convocatória e divulgaram um comunicado em que referiam “não ter medo” de manter o evento.

Segundo a agência de notícias AFP, antes da manifestação convocada para a praça Taksim a polícia bloqueou diversos acessos.

Esta semana, 11 militantes foram julgados em Istambul por terem desafiado a proibição da “Gay Pride” em 2016, mas foram absolvidos. Nos anos anteriores, estas manifestações decorreram sem incidentes.

O Presidente turco Recep Tayyip Erdogan é acusado pelos seus opositores de promover uma sistemática islamização da sociedade. Os seus comentários conservadores sobre as mulheres e a família suscitam críticas regulares, mas geralmente tem evitado pronunciar-se publicamente sobre as questões relacionadas com a homossexualidade, refere a AFP.

No entanto, em 2010, a ministra da Família e da Mulher, Aliye Selma Kavaf, suscitou a cólera dos defensores dos direitos dos homossexuais ao qualificar a homossexualidade de “desordem biológica” e “doença” que deveria ser submetida a tratamento.

A homossexualidade não é reprimida penalmente na Turquia, mas a homofobia está muito presente na sociedade turca.

Lusa // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Os humanos foram "superpredadores" durante dois milhões de anos

Uma nova investigação revelou que os humanos foram um predador de ponta durante cerca de dois milhões de anos. Só a extinção da megafauna e o declínio das fontes de alimentos de origem animal no …

Paços de Ferreira 0-5 Benfica | Seferovic “parte tudo” na Capital do Móvel

Na noite deste sábado, o Benfica somou o sétimo triunfo consecutivo no campeonato, ao golear o Paços de Ferreira por 5-0, num embate relativo à 26.ª jornada do campeonato. A equipa de Jorge Jesus, que acabou …

Após terramotos e deslizamentos, a "cidade moribunda" de Itália ainda resiste no topo de uma montanha

Chamar-se a si mesmo de "Cidade Moribunda" pode não parecer a melhor forma de atrair turistas, mas Civita, em Itália, aprendeu a viver com o facto de estar a morrer. Há vários séculos, a cidade …

"Alexa, estou com calor." Já é possível controlar o ar condicionado de um Lamborghini apenas com a voz

A Amazon está a dar um grande passo na indústria automóvel ao integrar a Alexa no Huracán EVO da Lamborghini, não apenas para fazer perguntas, mas dando ao assistente virtual a capacidade de controlar as …

Nova tecnologia pode enviar luz solar para o subsolo

Investigadores da Universidade Tecnológica de Nanyang, na Singapura, inventaram um novo dispositivo que pode ajudar o país a iluminar a sua crescente infraestrutura subterrânea. A Singapura é um dos países que tem apostado cada vez mais …

Livro lança "caça ao tesouro" a urna de ouro oferecida por Inglaterra a França antes da Entente Cordiale

Um novo enigma literário está prestes a chegar às estantes de livros com uma recompensa incomum. Pistas em "The Golden Treasure of the Entente Cordiale" podem levar leitores no Reino Unido e França a um …

Para evitar casos de burnout, LinkedIn deu uma semana de férias aos quase 16 mil funcionários

O LinkedIn decidiu dar uma semana de férias (remunerada), que começou esta segunda-feira, a todos os seus funcionários espalhados pelo mundo. O objetivo? Desconectar, recarregar baterias e prevenir casos de burnout.  "Queríamos ter a certeza de …

Pequenos nadadores-robô curam-se a si próprios (e em movimento)

Uma equipa de investigadores da American Chemical Society desenvolveu pequenos robôs nadadores que conseguem curar-se a si mesmos magneticamente. O tecido vivo pode curar-se autonomamente de muitos ferimentos, mas fornecer habilidades semelhantes a sistemas artificiais, como …

Tondela 0-2 FC Porto | Missão cumprida com serviços mínimos

Missão cumprida. O FC Porto fez poupanças no jogo com o Tondela, mas levou os três pontos para casa, graças a um triunfo por 2-0. Os “dragões” foram claramente superiores no primeiro tempo, marcaram por Toni …

Portugal pode atingir linha vermelha dos 120 novos casos por 100 mil habitantes em dois meses

Portugal pode atingir uma taxa de incidência de de 120 casos por 100 mil habitantes daqui a dois ou mais meses se se mantiver o atual ritmo de crescimento deste indicador. Esta é a conclusão de …