Polícia dispara contra terapeuta negro desarmado e com as mãos no ar

A polícia americana disparou contra um cidadão negro não armado que estava deitado no chão e com as mãos no ar. O homem trabalha como terapeuta e estava a tentar acalmar um paciente com autismo.

Charles Kinsey, terapeuta norte-americano, estava a tentar acalmar um paciente com autismo, que tinha fugido do centro de tratamento, quando foi abordado pela polícia.

Mesmo deitado no chão, com os braços no ar e a tentar explicar o que se passava, o cidadão negro foi atingido por um dos tiros dos polícias.

O episódio aconteceu depois das autoridades terem sido chamadas ao local porque tinha sido reportado que o jovem estava com uma arma.

Charles obedeceu a todas as regras impostas pelos agentes e explicou que o que seria uma arma era, de facto, um carrinho de brincar.

Nessa altura, o próprio terapeuta perguntou ao polícia porque é que tinha sido alvejado, ao que o agente terá respondido “não sei”.

Segundo a imprensa americana, o polícia que disparou terá sido suspenso e foi aberta uma investigação para apurar mais detalhes sobre o caso.

A tensão entre as autoridades e a comunidade negra nos EUA tem vindo a ganhar força nos últimos tempos, sobretudo depois de dois casos em que os dois homens foram abatidos sem justificação.

Arlon Sterling, de 37 anos, estava a vender CDs junto a uma loja de conveniência quando foi abordado e abatido a tiro por dois polícias.

Na mesma semana, Philando Castile, de 32 anos, foi morto dentro do seu próprio carro, depois de um polícia o ter alvejado enquanto este procurava os documentos no bolso.

ZAP / Os Velhotes dos Marretas

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. O que estão a tentar impingir na mente das pessoas, na realidade foi o que sempre impingiram: que nos EUA sempre existiu ódio de morte pela raça negra… vai continuar a existir, e irremediavelmente vai ainda dar muito que falar…

  2. Arlon Sterling.. vendia sim.. CDs piratas… ilegais portanto.. e para alem disso tinha uma arma consigo. Resistiu aos comandos da polícia e tentou chegar à arma quando já o estavam a tentar controlar. Note-se que a polícia tinha sido chamada porque alguém (ele) estava a empunhar uma arma à saída da loja de conveniência onde vendia os CDs. Tinha um longo cadastro de resistência à polícia, roubo, violência e inclusivamente violação de uma menor. Tinha filhos mas não pagava a pensao de alimentos.. devia cerca de 25000 USDs (bela peça.. e por aqui já dá para ver a coisa.. nem vou continuar..)

    Philando Castile, tinha droga no veículo em que circulava… e estava a consumi-la na presença de uma criança que por sua vez estava no banco traseiro.. ficando essa também sob o efeito das drogas fumadas. Foi mandado parar porque correspondia à descrição de alguém que tinha assaltado uma loja de conveniência à mão armada na zona em que circulava, e, apesar do comando policial para não chegar à arma que tinha debaixo do banco.. ele assim o fez e foi obviamente abatido! O streaming para o facebook para além de incompleto apenas iludiu os pouco atentos… e aumentou as tensões raciais (que resultou nos atentados com snipers nos dias seguintes).

    Tudo isto acontece num momento que é conveniente à Sra. Hillary retirar as atenções sobre os seus crime de estado.. e que se fosse feitos por outra pessoa qualquer… essa já estaria em Guantanamo!

    • ” A polícia americana disparou contra um cidadão negro não armado que estava deitado no chão e com as mãos no ar. O homem trabalha como terapeuta e estava a tentar acalmar um paciente com autismo. “

  3. Nesse país mata-se por tudo e por nada e o mais caricato é que as armadas são vendidas e permitidas até a crianças e depois a polícia diz matar porque alguém estava armado embora nem sequer tivesse feito qualquer movimento estranho, este caso irá dar na morte de mais uns tantos polícias, mas é disto que na prática os americanos parecem gostar.

  4. Só “qualidade e competência” na policia americana!…
    Pior que as forças policias de alguns países de 3º mundo!…

RESPONDER

Mexia não vai deixar que chineses interfiram no plano estratégico da EDP

O presidente da EDP, António Mexia, garantiu que não vai deixar que nenhum acionista impeça o desenvolvimento do plano estratégico da empresa, deixando o aviso à China Three Gorges. Em entrevista concedida ao Jornal Económico, António …

Impostos indiretos subiram com Governo de Costa e são já 55% da carga fiscal

Os impostos indiretos têm vindo a aumentar em Portugal. Dados da Direção-Geral do Orçamento mostram que o peso da tributação indireta no total da receita fiscal do subsector Estado, em 2018, ascendeu a 55,4%, o …

Espanha pode ficar isenta de cumprir caudais do rio Tejo por causa da falta de chuva

Os caudais do Tejo podem ficar ainda mais baixos dentro de semanas. Com a falta de chuva, Espanha deverá invocar a exceção prevista na Convenção de Albufeira para não libertar os valores mínimos de água …

Haaland tem cinco namoradas e meio mundo atrás dele (mas pode seguir o caminho da Red Bull)

Apesar do interesse de grandes clubes do futebol mundial, Haaland pode seguir o trilho da Red Bull e transferir-se para do Salzburg para o Leipzig. O norueguês é uma das maiores jovens promessas da atualidade. Erling …

PSD pondera propor fim dos debates quinzenais e torná-los mensais

O PSD está a ponderar apresentar uma proposta para acabar com os debates quinzenais com o primeiro-ministro e torná-los mensais. A proposta passa também pela substituição de um desses "duelos" atuais por um debate temático …

Segunda vítima mortal nos protestos de Hong Kong. Xi Jinping condena manifestações

O quarto dia consecutivo de protestos ficou marcado pela morte de um homem de 70 anos. Esta é a segunda vítima mortal desde o início das manifestações em Hong Kong. De acordo com a imprensa internacional, …

Governo prepara dois novos escalões de IRS para a classe média

O primeiro-ministro afirmou esta quinta-feira que o objetivo do Governo no próximo Orçamento é dar “um primeiro passo” para conferir uma maior progressividade no IRS e diminuir o peso deste imposto sobre os vencimentos da …

Dois procuradores do caso Tancos vão sair do DCIAP

Os procuradores Vítor Magalhães e João Valente, da equipa que investigou o caso Tancos, vão sair do Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP) no âmbito do movimento de magistrados do Ministério Público (MP), …

Cerca de 40% dos hospitais têm ruturas diárias de medicamentos

Os preços "excessivamente baixos dos medicamentos genéricos" são a causa mais importante identificada pelos hospitais para as ruturas de fornecimento. Quase 40% dos hospitais do Serviço Nacional de Saúde (SNS) indicam ter diariamente ruturas no fornecimento …

Secretário de Estado: despenalizações como a que absolveu o Benfica vão terminar. "Será inapelável"

João Paulo Rebelo assegurou que a entrada em vigor da lei de combate à violência no desporto evitará situações como a que levou à recente anulação do castigo imposto ao Benfica. O secretário de Estado da …