Brasileira marcada com cruz suástica na pele afinal forjou o crime

(dr)

A investigação da Polícia Civil do Rio Grande do Sul, no Brasil, sobre o caso da jovem que, no início do mês, tinha uma cruz suástica marcada no corpo foi encerrada com a conclusão de que a mulher forjou a mutilação.

A imagem da mulher com um desenho riscado na pele foi partilhada até à exaustão em grupos do WhatsApp, no Facebook e no Twitter no dia 10 de outubro. Trata-se de uma moradora de Porto Alegre que disse ter sido agredida por três homens por causa de uma camisola com a frase “Ele não” – referência ao movimento de mulheres contra o candidato a presidente Jair Bolsonaro.

De acordo com a jovem, cujo nome não foi revelado por questões de segurança, o grupo agrediu-a com socos e usou um canivete para desenhar uma cruz suástica na sua barriga.

Porém, na quarta-feira, a polícia encerrou o caso, divulgando a sua conclusão: o crime foi forjado. Segundo o Instituto Geral de Perícias do Rio Grande do Sul, todos os indícios apontam que a jovem se terá automutilado ou que terá sido mutilada por outra pessoa com consentimento.

Os ferimentos superficiais e de profundidade uniforme, escreve a Folha de S. Paulo, dificilmente seriam produzidas se a vítima tivesse “preservado a sua capacidade de reação, seja por medo, susto ou reflexo”.

Paulo César Jardim, responsável pelo caso, afirmou que a jovem, uma estudante de 19 anos, é uma pessoa “doente, debilitada emocionalmente“, que toma medicamento psiquiátricos “fortíssimos”. De acordo com o chefe da polícia, a brasileira apenas denunciou o caso às autoridades porque uma amiga queria divulgar a agressão nas redes sociais.

A polícia notou ainda que havia contradições no relato da agressão, uma vez que a jovem contou que tinha sofrido outros ferimentos causados por socos, mas não apresentava lesões físicas. Além disso, nenhuma pessoa que esteve no local da alegada agressão viu qualquer movimentação semelhante ao denunciado pela brasileira.

“Em nenhum das câmaras aparece qualquer tipo de agressão e muito menos a possível vítima. Doze câmaras, com mais de duas horas de filmagem e nenhuma delas aparece”, explicou Jardim.

O chefe da polícia causou polémica no caso ao dizer que a marca era um “símbolo budista, de amor e fraternidade”. Contudo, a cruz suástica é um símbolo nazi.

O outro lado

A advogada da jovem de 19 anos, Gabriela Souza, afirmou numa nota que qualquer conclusão antes de esgotada a avaliação de todos os elementos possíveis “pode não representar a realidade dos factos”.

Souza pretende que as pessoas que prestaram auxílio à jovem sejam ouvidas e que sejam apresentadas as imagens das câmaras de segurança da zona.

Por outro lado, a advogada defende que as lesões, que, segundo a polícia, teriam sido produzidas sob “alguma forma de incapacidade ou impedimento da vítima em reagir”, o que seria compatível com uma situação de stress pós-traumático. “Apenas comprova o teor do depoimento da vítima”, defende Gabriela Souza.

O procedimento vai ser enviado à Justiça e a jovem terá de responder à falsa comunicação de crime.

Caso usado contra Bolsonaro na campanha de Haddad

O caso ganhou grande repercussão por ter ocorrido no dia seguinte ao primeiro turno de eleição para a presidência brasileira, ao ser relacionado com violência política.

A fotografia das marcas no corpo da jovem chegou a ser mostrada no horário eleitoral de Fernando Haddad, numa parte sobre a violência político pelo país no segundo turno.

Bolsonaro, após a divulgação da conclusão policial, disse no Twitter que estava à espera da retratação de quem associou a ocorrência ao seu nome e aos seus apoiantes. O candidato alegou ainda que as denúncias tinham sido “orquestradas por eleitores dos adversários”.

Contudo, o chefe da polícia descartou a hipótese de a jovem ter forjado a situação com intenções políticas, isto é, como meio de prejudicar a campanha de Jair Bolsonaro.

ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. toda esse esquerdalha faxista é sempre doente psicologicamente…sejam adelios …ou as “senhoras” do el e nao… enfim… todos doentes psiquiatricos a gente ja sabe… como e que ainda ha gente honesta que os leva a serio e acredita nas suas falcatruas e crimes……sera que elas alugaram os filhinhos que mal sabem soletrar para dizer frazes absurdas e nojentas em propaganda dos comunistas????? tambem estaram psicologicamente debeis???? vao se tratar mas nao queiram contagiar os outros.

RESPONDER

"DeepNude". Inteligência Artificial "tirou a roupa" a mulheres nas redes sociais

A empresa de informação Sensity alertou que mais de 100 mil imagens foram carregadas para um canal de Telegram onde um bot "tirou a roupa" de mulheres. A empresa de segurança Sensity revelou recentemente que existe …

Poluição atmosférica "custa" a cada citadino europeu 1.276 euros por ano

A poluição atmosférica "custa" 1.276 euros por ano a cada cidadão europeu residente em cidades, de acordo com um estudo da Aliança Europeia de Saúde Pública (EPHA) divulgado esta quarta-feira. O estudo chegou ao valor médio …

"Emergência arqueológica". O degelo dos Alpes está a "libertar" artefactos escondidos há milhares de anos

As alterações climáticas podem estar a ajudar os arqueólogos a encontrar artefactos escondidos nos glaciares do Alpes há milhares de anos. O derretimento dos glaciares dos Alpes está a "liberta" objetos que permaneceram congelados no tempo …

Thermite RS3 é o primeiro robô de combate a incêndios dos EUA (e está pronto a entrar ao serviço)

O Corpo de Bombeiros de Los Angeles, nos Estados Unidos, deu as boas-vindas ao mais recente membro da equipa: um bombeiro robótico. O Thermite RS3 é um rover de controlo remoto capaz de bombear milhares de …

Inventor dinamarquês que matou jornalista no seu submarino escapou da prisão (mas já foi apanhado)

O inventor dinamarquês Peter Madsen, condenado a prisão perpétua por torturar e assassinar a jornalista sueca Kim Wall, fugiu da prisão esta terça-feira.  As autoridades dinamarquesas capturaram-no minutos depois. Peter Madsen, o dinamarquês condenado a prisão …

Molécula descoberta por menina de 14 anos pode levar a uma cura para a covid-19

A jovem norte-americana de 14 anos, Anika Chebrolu, descobriu uma molécula que pode levar a uma potencial cura para a covid-19. Enquanto cientistas dos quatro cantos do mundo trabalham no desenvolvimento de uma vacina para a …

Cerca de 1.300 reclusos fogem de prisão no Congo após ataque do Estado Islâmico

Cerca de 1.300 reclusos escaparam de uma prisão na República Democrática do Congo na manhã de terça-feira, após um ataque reivindicado pelo Estado Islâmico, informou a Organização das Nações Unidas (ONU). Embora as autoridades locais tenham …

Amesterdão vai usar flores para impedir que os ciclistas estacionem bicicletas nas pontes

A cidade conhecida pelo uso de bicicletas, vai agora tomar uma medida em relação ao estacionamento destas nas pontes. Tudo para proteger as vistas para os seus famosos canais. Amesterdão orgulha-se de ser uma das cidades …

Morreu voluntário envolvido no ensaio da vacina de Oxford. Tinha 28 anos e era médico recém-formado

As autoridades de saúde brasileiras divulgaram esta quarta-feira a morte de um voluntário dos testes da vacina contra a covid-19, desenvolvida pelo laboratório AstraZeneca e pela Universidade de Oxford. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), …

Milo, o "comunicador de ação" que permite conversar em grupo durante atividades ao ar livre

Chegou o Milo, o novo aparelho que vai revolucionar as aventuras em grupo. Este pequeno dispositivo permite-lhe conversar com o seu grupo à distancia sem precisar de levar o smartphone para o meio da montanha, …