Polémica decisão de Temer abre reserva da Amazónia à exploração mineral

O Governo brasileiro aprovou, esta quarta-feira, um decreto que abre uma grande reserva da Amazónia à exploração mineral. A medida está a ser contestada por muitos especialistas e ambientalistas quer a nível nacional como internacional.

Em meados de 1980, uma região da floresta amazónica entre o Pará e Amapá despertou o interesse de investidores brasileiros e estrangeiros pelo seu potencial mineral. Para salvaguardar a sua exploração, o então governo militar decretou, em 1984, que grupos privados estavam proibidos de explorar a Reserva Nacional do Cobre e Associados (Renca), uma área de quase 47 mil quilómetros quadrados.

Mais de três décadas depois do decreto, esta quarta-feira, o Governo brasileiro reabriu a área para exploração mineral, numa iniciativa que gera muita expectativa por parte de empresas mas preocupação de investigadores e ambientalistas.

Assinado por Michel Temer, o decreto nº 9.142 extingue a Renca e liberta a região para a exploração privada de minérios como ouro, manganês, cobre, ferro e outros.

A proposta foi feita pelo Ministério de Minas e Energia em março passado, com o argumento de que vai revitalizar a mineração brasileira, que representa 4% do PIB, mas que está a sofrer com a redução das taxas de crescimento global e com as mudanças na matriz de consumo, hoje voltadas para países como a China.

O Ministério garante que o decreto vai cumprir legislações específicas sobre a preservação da área, ou seja, áreas de proteção integral (onde não é permitida a habitação humana) e terras indígenas serão mantidas.

Críticas

No entanto, a iniciativa foi bombardeada por especialistas brasileiros e estrangeiros, que acreditam que os prejuízos da mineração vão ser sentidos de uma forma ampla.

“Não poderia ter recebido uma notícia pior”, afirmou à BBC Antonio Donato Nobre, investigador do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) e do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazónia (Inpa).

Segundo o investigador, haverá impacto nas correntes marítimas que transportam humidade à região e que poderá ser sentida uma seca até nos países vizinhos. “Isto vai afetar toda a bacia amazónica e o continente sul-americano. É o mesmo que pegar numa pessoa pelo pescoço”, afirma.

O maior impacto não será na área da mineração mas indireto. Haverá um influxo de pessoas o que levará a mais desflorestação, mais retirada de madeira e mais incêndios”, explica Erika Berenguer, investigadora do Instituto de Mudança Ambiental da Universidade de Oxford.

À BBC, Ghillean Prance, da organização Trustee Eden Project, em Inglaterra, considerou esta quarta-feira como “um dia triste para o meio ambiente da Amazónia”.

A Renca engloba nove áreas protegidas: o Parque Nacional Montanhas do Tumucumaque, as Florestas do Paru e do Amapá, a Reserva Biológica de Maicuru, a Estação Ecológica do Jari, a Reserva Extrativista Rio Cajari, a Reserva de Desenvolvimento Sustentável do Rio Iratapuru e as Terras Indígenas Waiãpi e Rio Paru d`Este.

ZAP // BBC

PARTILHAR

RESPONDER

Nem senhoras, nem senhores. Japan Airlines vai abolir expressões de género

A habitual saudação "senhoras e senhores" da companhia aérea japonesa vai ser substituída por saudações neutras relativamente ao género como, por exemplo, "bom dia" e "boa noite". Segundo o jornal The Telegraph, a Japan Airlines vai …

Centeno pediu e Marcelo recebeu o governador do Banco de Portugal

Marcelo Rebelo de Sousa recebeu o governador do Banco de Portugal (BdP), Mário Centeno, esta segunda-feira à tarde, a pedido deste. O chefe de Estado, Marcelo Rebelo de Sousa, recebeu esta segunda-feira à tarde, no Palácio …

Vila romena reelege autarca que morreu de covid-19 dez dias antes

Os moradores de Deveselu, na Roménia, decidiram prestar uma última homenagem ao presidente da Câmara, nas eleições locais deste domingo, que morreu devido a complicações provocadas pela covid-19 dez dias antes. De acordo com a agência …

Jogador do Rio Ave recusou jogar

Matheus Reis não quis defrontar o Vitória de Guimarães porque quer sair rapidamente de Vila do Conde. Presidente anunciou suspensão do atleta. O Rio Ave apareceu no duelo com o Vitória de Guimarães (0-0) sem Matheus …

António Joaquim entrega recurso no Supremo no caso do homicídio do triatleta

O advogado de António Joaquim, condenado pelo Tribunal da Relação pelo homicídio do triatleta Luís Grilo, entregou, esta segunda-feira, no Supremo Tribunal de Justiça um recurso sobre essa decisão, defendendo a sua revogação e a …

57% dos portugueses diz que a pandemia dificultou acesso à saúde (e mais de 600 mil perderem consultas)

Mais de metade dos portugueses (cerca de 57%) considera que a pandemia dificultou o seu acesso aos cuidados de saúde, sendo a população mais idosa (69%) e os doentes crónicos (70%) quem mais manifesta esta …

“Negacionista e bem raivosa”. Livro de ex-ministro da Saúde revela reação de Bolsonaro à pandemia

O primeiro ministro da Saúde do mandato de Jair Bolsonaro, Luiz Henrique Mandetta, publicou um livro sobre o combate à pandemia no Brasil e revelou que o Presidente teve uma reação “negacionista” e “raivosa”. De acordo …

"É um génio". Futre acredita que João Félix lutará pela Bola de Ouro dentro de pouco tempo

O antigo internacional português e antigo jogador do Atlético de Madrid Paulo Futre acredita que João Felix lutará pela Bola de Ouro dentro de pouco tempo. "É um génio. Cada vez que a bola passa pelos …

Seis novos sauditas indiciados na Turquia pela morte de Khashoggi

Os seis sauditas, indiciados a alguns dias do segundo aniversário do homicídio, não se encontram na Turquia e devem ser julgados à revelia. O procurador de Istambul indiciou, esta segunda-feira, seis novos sauditas suspeitos de …

Expressões neutras e imagens de homens e mulheres. Governo quer militares a usar linguagem inclusiva

O Ministério da Defesa quer que os militares comecem a usar uma linguagem mais inclusiva e menos discriminatória nos documentos e comunicações oficiais, de acordo com uma diretiva enviada Estado-Maior-General das Forças Armadas e aos …