Poderemos ter criado por acaso uma bolha protectora à volta da Terra

NASA Goddard / Flickr

Ondas de rádio perdidas poderão estar a afastar da Terra parte da radiação da Cintura de Van Allen

Ondas de rádio perdidas poderão estar a afastar da Terra parte da radiação da Cintura de Van Allen

A vida (como a conhecemos) no nosso planeta só é possível graças ao efeito protector do seu campo magnético, que desvia a radiação solar. Mas esse campo de forças poderá estar a ser reforçado pelas nossas emissões de rádio.

Um estudo científico refere que as variações que ocorrem na magnetosfera se têm reduzido nas últimas décadas, coincidindo com o momento em que se passaram a fazer emissões de rádio em VLF – Very Low Frequency.

Os dados foram obtidos com a ajuda das duas sondas Van Allen que em 2012 foram lançadas pela NASA para explorar a mais inóspita região do nosso sistema solar, e  publicados na Space Science Reviews como parte de um estudo mais alargado que investiga os efeitos da actividade humana nas condições atmosféricas.

Normalmente, diz o Popular Science, estes campos são comprimidos/expandidos em função da actividade solar, mas desde a década de 60 que têm resistido à compressão, mesmo quando enfrentam tempestades solares mais severas.

Embora o estudo recomende que o fenómeno deva ser mais estudado e aprofundado, a explicação avançada é que as emissões de rádio VLF estão a fortalecer o campo que nos protege da radiação solar… dando algum alívio a todos os satélites, que assim podem contar com mais protecção – mesmo em situações que os poderiam deixar em perigo.

JHU-APL

Os dados foram obtidos com a ajuda das duas sondas Van Allen que em 2012 foram lançadas pela NASA para explorar a Cintura de Van Allen, a mais inóspita região do nosso sistema solar

Os dados foram obtidos com a ajuda das duas sondas Van Allen que em 2012 foram lançadas pela NASA para explorar a Cintura de Van Allen, a mais inóspita região do nosso sistema solar

Ainda este ano a Força Aérea dos Estados Unidos planeia lançar o satélite DSX, que levará a bordo um emissor de VLF com o objectivo de verificar se o mesmo poderá proteger o satélite da radiação espacial.

Se a experiência for bem sucedida, poderemos ter dado dar mais um importante passo para permitir viagens de astronautas até outros planetas, já que a questão da sua exposição à radiação é um dos pontos críticos para as viagens de longa duração, fora do ambiente protector da nossa magnetosfera .

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Os ETs que administram o nosso planeta é que reforçaram o campo magnético protector da Terra para permitir que as nossas telecomunicações rudimentares possam funcionar !!!

RESPONDER

Mais duas mil detenções na Bielorrússia. Reunião de Riga pede envolvimento urgente da União Europeia

Mais de duas mil pessoas foram detidas na segunda noite de manifestações de protesto na Bielorrússia contra os resultados das eleições presidenciais. A Letónia, Estónia, Finlândia e Polónia concordaram com a marcação de uma reunião …

Humanos podem ter "reciclado" região do cérebro quando aprenderam a ler

Um novo estudo mostra que os seres humanos podem ter "reciclado" uma região-chave do cérebro para os ajudar a dar sentido à palavra escrita. De acordo com o site Science Alert, em testes com macacos-rhesus, os …

Cientistas usam a Lua como espelho gigante para procurar extraterrestres

Os astrónomos ainda não desistiram de procurar vida para lá da Terra e acabam de criar um novo método para encontrar exoplanetas habitáveis, que envolve o uso da Lua como uma espécie de espelho gigante. Especialistas …

Astrónomos descobriram um buraco negro "incapaz" de fazer o seu trabalho

Astrónomos descobriram o que pode acontecer quando um buraco negro gigante não interfere na vida de um enxame de galáxias. Usando o Observatório de raios-X Chandra da NASA e outros telescópios, mostraram que o comportamento passivo …

Homem na casa dos 20 anos morre de peste no Novo México

Um homem na casa dos 20 anos morreu de peste septicémica no estado norte-americano do Novo México, anunciaram as autoridades de saúde deste estado. A vítima, cuja identidade não foi revelada publicamente, viva em Rio …

Cara do pintor italiano Rafael reconstruida para resolver mistério do seu túmulo

Uma equipa de especialistas fez uma reconstrução em 3D da cara do pintor italiano renascentista Rafael. Assim, confirmaram o seu aspeto físico e resolveram o mistério relativamente ao seu túmulo. O rosto do pintor italiano Rafael …

Novo método não-invasivo permite diagnosticar cancro cerebral sem fazer incisões

Diagnosticar tumores cerebrais pode ser difícil e muito invasivo. Agora, uma equipa de investigadores desenvolveu um método para detetar cancro no cérebro sem ser necessária qualquer incisão. Os tumores cerebrais são normalmente diagnosticados através de imagens …

A última plataforma de gelo intacta do Canadá colapsou. Criou um icebergue maior do que o Porto

A plataforma de gelo Milne, no Canadá, fragmentou-se no final do mês de julho, formando vários icebergues, dois dos quais de grandes dimensões. Cientistas ouvidos pela agência noticiosa AP referem que esta era uma plataforma especial, …

Ícones da moda de luto: a indústria fashion nunca mais será a mesma

Muitas são as áreas da economia a ser gravemente afetadas pela pandemia de covid-19. A indústria da moda não foge à tendência e já são muitos os líderes de grandes marcas a "declarar morte" à …

Covid-19: Cigarros eletrónicos aumentam riscos de infeção em cinco a sete vezes para jovens

O risco de contrair covid-19 entre adolescentes e jovens adultos que fumam cigarros eletrónicos é cinco a sete vezes superior, segundo um estudo liderado pela faculdade de Medicina da Universidade de Stanford, nos Estados Unidos. O …