Poderemos ter criado por acaso uma bolha protectora à volta da Terra

NASA Goddard / Flickr

Ondas de rádio perdidas poderão estar a afastar da Terra parte da radiação da Cintura de Van Allen

Ondas de rádio perdidas poderão estar a afastar da Terra parte da radiação da Cintura de Van Allen

A vida (como a conhecemos) no nosso planeta só é possível graças ao efeito protector do seu campo magnético, que desvia a radiação solar. Mas esse campo de forças poderá estar a ser reforçado pelas nossas emissões de rádio.

Um estudo científico refere que as variações que ocorrem na magnetosfera se têm reduzido nas últimas décadas, coincidindo com o momento em que se passaram a fazer emissões de rádio em VLF – Very Low Frequency.

Os dados foram obtidos com a ajuda das duas sondas Van Allen que em 2012 foram lançadas pela NASA para explorar a mais inóspita região do nosso sistema solar, e  publicados na Space Science Reviews como parte de um estudo mais alargado que investiga os efeitos da actividade humana nas condições atmosféricas.

Normalmente, diz o Popular Science, estes campos são comprimidos/expandidos em função da actividade solar, mas desde a década de 60 que têm resistido à compressão, mesmo quando enfrentam tempestades solares mais severas.

Embora o estudo recomende que o fenómeno deva ser mais estudado e aprofundado, a explicação avançada é que as emissões de rádio VLF estão a fortalecer o campo que nos protege da radiação solar… dando algum alívio a todos os satélites, que assim podem contar com mais protecção – mesmo em situações que os poderiam deixar em perigo.

JHU-APL

Os dados foram obtidos com a ajuda das duas sondas Van Allen que em 2012 foram lançadas pela NASA para explorar a Cintura de Van Allen, a mais inóspita região do nosso sistema solar

Os dados foram obtidos com a ajuda das duas sondas Van Allen que em 2012 foram lançadas pela NASA para explorar a Cintura de Van Allen, a mais inóspita região do nosso sistema solar

Ainda este ano a Força Aérea dos Estados Unidos planeia lançar o satélite DSX, que levará a bordo um emissor de VLF com o objectivo de verificar se o mesmo poderá proteger o satélite da radiação espacial.

Se a experiência for bem sucedida, poderemos ter dado dar mais um importante passo para permitir viagens de astronautas até outros planetas, já que a questão da sua exposição à radiação é um dos pontos críticos para as viagens de longa duração, fora do ambiente protector da nossa magnetosfera .

1 COMENTÁRIO

  1. Os ETs que administram o nosso planeta é que reforçaram o campo magnético protector da Terra para permitir que as nossas telecomunicações rudimentares possam funcionar !!!

RESPONDER

Armamento roubado em Tancos encontrado na Chamusca

A Polícia Judiciária Militar informou, esta quarta-feira, que encontrou na zona da Chamusca, distrito de Santarém, o material de guerra roubado dos Paióis Nacionais de Tancos. Segundo o Público, a Polícia Judiciária Militar (PJM) fez uma …

Arquivos secretos sobre o assassinato de Kennedy estão nas mãos de Trump

O maior mistério no imaginário popular da história recente dos Estados Unidos é quem foi o verdadeiro culpado pelo assassinato do ex-presidente John F. Kennedy, uma incógnita com inúmeras dúvidas que podem ser esclarecidas com …

Açúcar estimula o crescimento de tumores malignos

Uma equipa de cientistas descobriu, num estudo realizado durante nove anos, que o consumo de açúcar por doentes oncológicos ativa as células do cancro e estimula o crescimento de tumores. A ligação entre o açúcar e …

Ministra da Administração Interna exigiu demissão e Costa aceitou

António Costa aceitou esta quarta-feira a demissão da ministra da Administração Interna, Constança Urbano de Sousa. Constança Urbano de Sousa apresentou na noite desta terça-feira a sua demissão ao primeiro ministro António Costa que, numa nota …

Os africanos tiveram antepassados de pele clara

Segundo um novo estudo, as teorias científicas que diziam que os hominídeos só começaram a ter pele clara quando saíram de África estão erradas. Uma equipa de geneticistas da Universidade da Pensilvânia, em Filadélfia, nos EUA, …

Misteriosos "portões" antigos descobertos na Arábia Saudita

A descoberta de 400 estruturas de pedra antigas, na Arábia Saudita, está a intrigar os arqueólogos que ainda não conseguiram determinar de quando datam, nem para que foram construídas ou que fim tiveram. Estas estruturas de …

Propulsor elétrico da NASA bate recordes e pode levar-nos a Marte

Um propulsor que está a ser desenvolvido para uma futura missão da NASA para Marte quebrou vários recordes durante os testes, sugerindo que a tecnologia está no caminho para levar os humanos ao planeta vermelho …

Marcelo dá "última oportunidade" a Costa (com peso na consciência e no mandato)

Naquele que já foi considerado o discurso mais duro do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa ameaçou "usar todos os poderes" contra a "fragilidade do Estado". Em Oliveira do Hospital, local que escolheu para …

#MeToo: a hashtag que está a mostrar a magnitude do assédio sexual

Mais de 200 mil pessoas já partilharam a hashtag "Me too" ("eu também" em inglês) para mostrar a magnitude do assédio sexual, um problema que tem feito correr muita tinta nos últimos dias devido às …

Leipzig vs Porto | Dragões sem asas para os alemães

FC Porto somou a sua segunda derrota nesta edição da Liga dos Campeões, ao perder, por 3-2, na deslocação ao terreno do Leipzig, com todos os golos a serem apontados na primeira parte. A equipa …