Poderá ter sido encontrado o famoso elo perdido entre humanos e macacos

(dr) Isaiah Nengo

Eis “Alesi”, o macaco bebé com 13 milhões de anos que poderá ser o famoso “elo perdido”

Uma equipa internacional de cientistas descobriu no Quénia o crânio de um primata com 13 milhões de anos que pode revelar o ancestral comum entre macacos e humanos. E o macaco bebé já ganhou nome: Alesi.

Em setembro de 2014, o arqueólogo John Ekusi ficou conhecido por encontrar um crânio primata de 13 milhões de anos num deserto a oeste do Lago Turkana, em Napudet, no Quénia.

Tal descoberta mobilizou uma investigação mais aprofundada sobre o fóssil, chamado Alesi, realizada por especialistas da Turkana Basin Institute, da Universidade Stony Brook, e da Anza College, nos EUA.

O resultado da análise foi publicado esta quarta-feira na revista Nature, e destaca que o crânio fossilizado pertencia a um filhote de macaco, com 16 meses.

Até hoje, a ciência considerava que, em aspectos evolutivos, os nossos antepassados comuns com os chimpanzés viveram na África há 6 milhões de anos, uma informação que foi descoberta através de fósseis datados da época em questão. Mas vários estudos de ossos mais antigos não apresentavam conservações suficientes para sustentar a tese de que há ancestrais próximos ao homem antes deste período.

E é exatamente neste ponto que o fóssil Alesi é importante, porque, através de diversas análises de imagens tridimensionais de raios-x, os cientistas foram capazes de estabelecer diversos elos evolutivos entre os primatas e a nossa espécie.

O crânio de Alesi tem o tamanho aproximado de um limão

De acordo com o artigo científico, o crânio, do tamanho de um limão, indica a presença de uma nova espécie, chamada Nyanzapithecus alesi, que apresentava tubos auditivos ósseos desenvolvidos – uma característica importante para relacionar esta espécie com os símios atuais. Além disso, os especialistas também descobriram que o pequeno focinho do primata se assemelha muito a um filhote de gibão.

“A impressão inicial é que se trata de um gibão extinto. No entanto, as nossas análises demonstram que essa aparência não é exclusiva dos gibões, que evoluíram várias vezes entre outros parentes extintos”, explica Chris Gilbert, do Hunter College de Nova Iorque, nos Estados Unidos.

Os especialistas também constataram que Alesi não se comportava como um gibão – que é conhecido por movimentos ágeis e acrobáticos nas árvores – e movimentava-se com mais cuidado devido às características do seu ouvido interno.

Por fim, os estudos constataram que o Nyanzapithecus alesi pertencia a um grupo de primatas que existiu na África há dez milhões de anos, e que este grupo, de origem africana, estava muito próximo da origem dos símios e humanos atuais.

Terá sido encontrado o famoso “elo perdido” que muitos críticos das teorias evolucionistas diziam que estava a faltar na Teoria da Evolução das Espécies de Darwin?

ZAP // EFE

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

Carlos Amaral Dias terá ficado retido na ambulância avariada durante uma hora

Os resultados de um inquérito aberto pelo INEM apontam para que Carlos Amaral Dias tenha ficado dentro de uma ambulância avariada durante uma hora. De acordo com o Jornal de Notícias, a equipa da ambulância dos …

Luanda Leaks. Mário Leite Silva renuncia à presidência do Banco de Fomento Angola

O presidente do Conselho de Administração do Banco de Fomento Angola (BFA), Mário Leite Silva, gestor de Isabel dos Santos, renunciou ao cargo, com efeitos a partir de 22 de janeiro. A informação foi transmitida …

Tempestade “Glória” faz pelo menos nove mortos em Espanha

Pelo menos nove pessoas morreram e outras quatro estão dadas como desaparecidas em Espanha na sequência da passagem da tempestade “Glória”, intempérie que atinge o país desde o passado fim de semana. As autoridades confirmaram cinco …

Há um "milagre da multiplicação" dos votos que os deputados querem travar

Todos os partidos concordam: é preciso travar o "milagre da multiplicação" dos votos na Assembleia da República. Estabelecer regras objetivas para o fazer é o mais complicado. Os deputados começaram esta quarta-feira a discutir como “regrar” …

Pensões entre 877 e 2600 euros têm aumento mínimo de 6,14 euros

Os pensionistas que ganham entre 877,6 e os 2558 euros brutos por mês vão ter aumentos acima dos 0,24% que inicialmente se calculou com base na taxa de inflação (sem habitação) apurada até novembro do …

PCP quer travar "ameaça de despejos" no final deste ano

O PCP entregou uma proposta de alteração ao Orçamento do estado para 2020 para manter congeladas as rendas antigas, quando os locatários tenham um rendimento inferior a cinco salários mínimos nacionais. O PCP quer manter congeladas …

CDS/Congresso: Carlos Meira disponível para acordo que vença João Almeida

Carlos Meira, candidato à liderança do CDS-PP, admite estar disponível para se unir a Filipe Lobo d'Ávila e Francisco Rodrigues dos Santos para vencer João Almeida e lutar "contra o sistema". Carlos Meira, militante de Viana …

Manuais gratuitos também no privado e no cooperativo. Iniciativa Liberal quer igualdade na Educação

O Iniciativa Liberal (IL) propôs uma alteração ao Orçamento do Estado para 2020 (OE2020) na área da educação, que passa por fornecer manuais escolares gratuitos a todos os alunos da escolaridade obrigatória, quer frequentem o ensino …

Bezos lembra que Governo saudita assassinou um jornalista. ONU pede investigação a pirataria

Dois peritos das Nações Unidas dizem que Mohammed Bin Salman acedeu a informações pessoais de Jeff Bezos para tentar influenciar cobertura do The Washington Post sobre a Arábia Saudita. Depois de uma investigação do The Guardian …

MAI abre inquérito à "atuação policial" no caso da mulher alegadamente agredida por agente da PSP

O Ministério da Administração Interna (MAI) já abriu um inquérito à "atuação policial" no caso da mulher alegadamente agredida por um agente da PSP, na Amadora, de maneira a apurar responsabilidades. "O Ministro da Administração Interna …