Pode não haver civilizações extraterrestres – mas é certo que já houve

É altamente improvável que a humanidade tenha sido a primeira espécie inteligente a habitar o nosso universo. É o que conclui um novo estudo científico, que conclui que várias civilizações extraterrestres devem ter existido muito antes de nós – e estão extintas.

O estudo, desenvolvido por cientistas norte-americanos e publicado no Astrobiology, conclui que a probabilidade de a humanidade ter sido a primeira espécie tecnologicamente avançada a habitar o nosso universo é de menos de 1 em 10 mil triliões.

“Isto implica que outras espécies inteligentes e produtoras de tecnologia evoluíram muito provavelmente antes de nós”, explica Adam Frank, professor de Física e Astronomia da Universidade de Rochester, em Nova Iorque, e um dos autores do estudo, ao Live Science.

“Antes do nosso estudo, seria considerado pessimista se se imaginasse que a probabilidade de evolução de uma civilização num planeta habitável era de 1 em mil biliões”, diz Adam Frank.

“Mas mesmo esse palpite – uma hipótese em mil biliões – implica que o que aconteceu aqui na Terra com a humanidade aconteceu, de facto, cerca de 10 mil milhões de outras vezes ao longo da história cósmica”, acrescenta o investigador.

“Numa perspectiva fundamental, a questão é, Já aconteceu em algum outro lado antes?”, explica o cientista.

“A nossa pesquisa é a primeira em que alguém foi capaz de dar uma resposta empírica a essa pergunta, e é espantosamente provável que não sejamos o único lugar e tempo em que uma civilização avançada evoluiu”, diz Woodruff Sullivan, co-autor da pesquisa e investigador da Universidade de Washington.

Os dois cientistas tiveram por base a chamada Equação Drake, inventada pelo astrónomo Frank Drake, em 1961, para estimar o número de civilizações extraterrestres que poderia haver na Via Láctea.

Criaram uma espécie de “versão arqueológica” da equação, não considerando o tempo de duração de uma civilização alienígena, e completaram a fórmula com dados do telescópio Kepler, da NASA, nomeadamente os que sugerem que cerca de 20% das estrelas acolhem planetas na chamada “zona habitável” e “amigável” para a vida, onde poderia haver água líquida à superfície.

Com base nestes dados, calcularam a probabilidade de a Terra ter sido o primeiro planeta do Universo a acolher vida inteligente, tomando em consideração o número de estrelas observáveis – cerca de 200 mil triliões, segundo as mais recentes estimativas.

E se os cálculos indicam que é muito pouco provável que os humanos tenham sido os primeiros seres vivos inteligentes do universo, indiciando que pode haver vida inteligente para lá da Terra, também é certo que as probabilidades de a encontrar são quase nulas.

“O universo tem mais de 13 mil milhões de anos. Isso quer dizer que, mesmo que tenha havido 1.000 civilizações na nossa galáxia, se elas viveram tanto como nós – cerca de 10.000 anos -, então todas elas estão já provavelmente extintas”, explica Woodruff Sullivan.

“E claro, outras civilizações vão evoluir quando nós tivermos desaparecido há muito”, diz o cientista.

“Para termos hipóteses de sucesso a encontrar outra civilização ‘contemporânea’ tecnológica activa, ela teria que durar, em média, muito mais do que o nosso actual tempo de vida”, conclui.

Ou seja, provavelmente estamos mesmo sozinhos no espaço-tempo do Universo.

ZAP

PARTILHAR

8 COMENTÁRIOS

  1. “200 mil triliões” de estrlas observáveis??? (200 mil milhões de milhões de milhões)
    A nossa galáxia tem a massa de 100 mil milhões de massas solares, e nem todas as estrelas nela contidas são observáveis!!!
    Embora consigamos observar algumas estrelas em galáxias próximas do grupo local, não estou a cer como se chegou a essa quantidade de estrelas observáveis.

  2. Provavelmente alguns deles estiveram no telhado das suas casas a «contar» as estrelas…..tal como se costuma ver nos filmes…. LOL

  3. Parto o COCO A RIR é como a TEORIA DAS BRUXAS,,-“” Eu não acredito em BRUXAS , mas que elas há há,iii”” e dai eles tambem deem haver,pois se uma NAVE VAIVEM Sobe e desche ,logo se SUBI-SE e fosse sempre a direito,ou batia numa PAREDE e essa PAREDE pela LOGICA teria uma ESPESSURA, ou então parava ali!!???…. ou TERIA um FIM e um PRINCIPIO,ou a ESPESSURA tambem teria UMA e um PRINCIPIO e um FIM, ou tambem uma ESPESSURA logico que teria, PRINCIPIO, FIM e COMEÇO do ou da mesma TEORIA.
    Então não ha um FIM e um PRINCIPIO pois ia-se e vinha-se como uma RODA VIVA ou então seria ou é ou HÀ os tais BURACOS NEGROS , ou os UNIVERSOS PARALELOS, ou então as FORÇAS COSMICAS ENERGÈTICAS PURAS -INVISIVEIS,existem e dai como os tais 10 MANDAMENTOS,a SARÇA A ARDER-os TORNADOS DE FOGO-as BOLAS DE FOGO- o MAR a ABRIR -RAIOS DE CHAMAS a atravessarem os animais como em OFERENDAS A DEUS,etcetc e como DEUS/JESUS,é HOMEM E MULHER E ESPIRITO que é ENERGIA dai 3 em 1 3etcetcetc, iiiii -O VENTO VEM e o VENTO VAI,e ninguem sabe de ONDE VEM E PARA ONDE VAI!!!???…. ii so isto dis TUDO rissss ,mas concerteza que há mais,pois inde ha 2 ELE.A esta no meio de NOS,ai a minha CAROLA rissssss….

    A.G.P.

  4. Qualquer civilização com capacidade de viagem interestelares tem capacidade de colonização fora do planeta de origem. Por isso comparar conosco é ridículo.

Responder a jtd Cancelar resposta

"Huawei das infraestruturas" compra 23% da Mota-Engil por 169,4 milhões

A construtora portuguesa Mota-Engil anuncia que chegou a acordo com a chinesa Communications Construction Company (CCCC) para a venda de 23% das suas acções por 169,4 milhões de euros. A CCCC é considerada a "Huawei …

PSD confiante num plano de vacinação "a tempo e horas". CDS diz que se anda a "correr atrás do prejuízo"

O presidente do PSD considerou que o plano de vacinação para a covid-19 vai ser "polémico", mas disse acreditar que o Governo vai conseguir concluí-lo "a tempo e horas". Já o presidente do CDS-PP pediu …

Altice escreve a Costa a criticar leilão do 5G (e a informar sobre suspensão de projeto)

Os acionistas do grupo Altice Patrick Drahi (presidente) e Armando Pereira escreveram ao primeiro-ministro a criticar as regras do leilão do 5G, informando que, perante o atual panorama regulatório, veem-se forçados a suspender projetos. "Lamentamos que, …

Anulação de transferência para o Novo Banco foi um "percalço"

O presidente executivo do Novo Banco, António Ramalho, considerou hoje que a anulação, pelo parlamento, da transferência de 476 milhões de euros do Fundo de Resolução para o banco foi um "percalço". "O percalço que aconteceu …

Videojogos podem estar a ser usados para espalhar ideologia extremista e preparar ataques

Os videojogos 'online' podem estar a ser usados ​​para propagar ideologias extremistas e para preparar ataques terroristas, afirmou o coordenador antiterrorista da União Europeia (UE), Gilles de Kerchove. A 09 de novembro, Gilles de Kerchove já …

Ex-ministro grego Yanis Varoufakis pede boicote à "black friday" da Amazon

O economista e ex-ministro das Finanças grego Yanis Varoufakis pediu um boicote de um dia à Amazon, na 'black friday', enquanto sindicalistas, ativistas ambientais, defensores da privacidade e da justiça tributária planeiam ações coordenadas contra …

Bolsonaro nega ter chamado covid-19 de "gripezinha", mas fê-lo pelo menos duas vezes

O Presidente brasileiro negou na quinta-feira ter-se referido à covid-19 como "gripezinha", afirmando que não há nenhum registo que prove o oposto, apesar de a imprensa ter partilhado pelo menos dois vídeos com esse conteúdo. "Falei …

Cuba anuncia mais duas vacinas e já conta com quatro possíveis fármacos contra a covid-19

Cuba anunciou esta quinta-feira que vai começar os ensaios clínicos de dois projetos de vacinas contra a covid-19, que aumentam para quatro o número de possíveis fármacos deste tipo desenvolvidos na ilha para combater a …

Governo garante que não haverá limite de idade na vacinação. Marcelo fala em "ideia tonta"

O secretário de Estado Adjunto e da Saúde garantiu, esta sexta-feira, que a vacinação para a covid-19 não terá qualquer limite de idade e que os idosos e doentes com comorbilidades serão uma prioridade. Numa conferência …

Descontos nas ex-SCUT poupam privados, mas é o Estado quem sai lesado

Os descontos nas ex-SCUT, aprovados em Parlamento esta quinta-feira, poupam os privados, mas geram perdas de 1.500 milhões de euros para o Estado. Uma maioria de deputados ditou a aprovação da parte de uma proposta do …