Pode não haver civilizações extraterrestres – mas é certo que já houve

É altamente improvável que a humanidade tenha sido a primeira espécie inteligente a habitar o nosso universo. É o que conclui um novo estudo científico, que conclui que várias civilizações extraterrestres devem ter existido muito antes de nós – e estão extintas.

O estudo, desenvolvido por cientistas norte-americanos e publicado no Astrobiology, conclui que a probabilidade de a humanidade ter sido a primeira espécie tecnologicamente avançada a habitar o nosso universo é de menos de 1 em 10 mil triliões.

“Isto implica que outras espécies inteligentes e produtoras de tecnologia evoluíram muito provavelmente antes de nós”, explica Adam Frank, professor de Física e Astronomia da Universidade de Rochester, em Nova Iorque, e um dos autores do estudo, ao Live Science.

“Antes do nosso estudo, seria considerado pessimista se se imaginasse que a probabilidade de evolução de uma civilização num planeta habitável era de 1 em mil biliões”, diz Adam Frank.

“Mas mesmo esse palpite – uma hipótese em mil biliões – implica que o que aconteceu aqui na Terra com a humanidade aconteceu, de facto, cerca de 10 mil milhões de outras vezes ao longo da história cósmica”, acrescenta o investigador.

“Numa perspectiva fundamental, a questão é, Já aconteceu em algum outro lado antes?”, explica o cientista.

“A nossa pesquisa é a primeira em que alguém foi capaz de dar uma resposta empírica a essa pergunta, e é espantosamente provável que não sejamos o único lugar e tempo em que uma civilização avançada evoluiu”, diz Woodruff Sullivan, co-autor da pesquisa e investigador da Universidade de Washington.

Os dois cientistas tiveram por base a chamada Equação Drake, inventada pelo astrónomo Frank Drake, em 1961, para estimar o número de civilizações extraterrestres que poderia haver na Via Láctea.

Criaram uma espécie de “versão arqueológica” da equação, não considerando o tempo de duração de uma civilização alienígena, e completaram a fórmula com dados do telescópio Kepler, da NASA, nomeadamente os que sugerem que cerca de 20% das estrelas acolhem planetas na chamada “zona habitável” e “amigável” para a vida, onde poderia haver água líquida à superfície.

Com base nestes dados, calcularam a probabilidade de a Terra ter sido o primeiro planeta do Universo a acolher vida inteligente, tomando em consideração o número de estrelas observáveis – cerca de 200 mil triliões, segundo as mais recentes estimativas.

E se os cálculos indicam que é muito pouco provável que os humanos tenham sido os primeiros seres vivos inteligentes do universo, indiciando que pode haver vida inteligente para lá da Terra, também é certo que as probabilidades de a encontrar são quase nulas.

“O universo tem mais de 13 mil milhões de anos. Isso quer dizer que, mesmo que tenha havido 1.000 civilizações na nossa galáxia, se elas viveram tanto como nós – cerca de 10.000 anos -, então todas elas estão já provavelmente extintas”, explica Woodruff Sullivan.

“E claro, outras civilizações vão evoluir quando nós tivermos desaparecido há muito”, diz o cientista.

“Para termos hipóteses de sucesso a encontrar outra civilização ‘contemporânea’ tecnológica activa, ela teria que durar, em média, muito mais do que o nosso actual tempo de vida”, conclui.

Ou seja, provavelmente estamos mesmo sozinhos no espaço-tempo do Universo.

ZAP

PARTILHAR

8 COMENTÁRIOS

  1. “200 mil triliões” de estrlas observáveis??? (200 mil milhões de milhões de milhões)
    A nossa galáxia tem a massa de 100 mil milhões de massas solares, e nem todas as estrelas nela contidas são observáveis!!!
    Embora consigamos observar algumas estrelas em galáxias próximas do grupo local, não estou a cer como se chegou a essa quantidade de estrelas observáveis.

  2. Provavelmente alguns deles estiveram no telhado das suas casas a «contar» as estrelas…..tal como se costuma ver nos filmes…. LOL

  3. Parto o COCO A RIR é como a TEORIA DAS BRUXAS,,-“” Eu não acredito em BRUXAS , mas que elas há há,iii”” e dai eles tambem deem haver,pois se uma NAVE VAIVEM Sobe e desche ,logo se SUBI-SE e fosse sempre a direito,ou batia numa PAREDE e essa PAREDE pela LOGICA teria uma ESPESSURA, ou então parava ali!!???…. ou TERIA um FIM e um PRINCIPIO,ou a ESPESSURA tambem teria UMA e um PRINCIPIO e um FIM, ou tambem uma ESPESSURA logico que teria, PRINCIPIO, FIM e COMEÇO do ou da mesma TEORIA.
    Então não ha um FIM e um PRINCIPIO pois ia-se e vinha-se como uma RODA VIVA ou então seria ou é ou HÀ os tais BURACOS NEGROS , ou os UNIVERSOS PARALELOS, ou então as FORÇAS COSMICAS ENERGÈTICAS PURAS -INVISIVEIS,existem e dai como os tais 10 MANDAMENTOS,a SARÇA A ARDER-os TORNADOS DE FOGO-as BOLAS DE FOGO- o MAR a ABRIR -RAIOS DE CHAMAS a atravessarem os animais como em OFERENDAS A DEUS,etcetc e como DEUS/JESUS,é HOMEM E MULHER E ESPIRITO que é ENERGIA dai 3 em 1 3etcetcetc, iiiii -O VENTO VEM e o VENTO VAI,e ninguem sabe de ONDE VEM E PARA ONDE VAI!!!???…. ii so isto dis TUDO rissss ,mas concerteza que há mais,pois inde ha 2 ELE.A esta no meio de NOS,ai a minha CAROLA rissssss….

    A.G.P.

  4. Qualquer civilização com capacidade de viagem interestelares tem capacidade de colonização fora do planeta de origem. Por isso comparar conosco é ridículo.

RESPONDER

Qual o tamanho mínimo para que um planeta possa ser habitável? Cientistas responderam

Uma equipa de cientistas de Harvard revelou o tamanho crítico abaixo do qual um planeta nunca pode ser habitável, mesmo que esteja numa área com uma distância à sua estrela que permita a existência de …

Criatura com "cabeça de canivete suíço" deu origem aos escorpiões e às aranhas

Encontrada no Canadá, esta nova espécie de fóssil provou ser o quelicerado mais antigo, situando a origem dos escorpiões e das aranhas há 500 milhões de anos. Com o tamanho de um dedo polegar, olhos em …

Benfica 2-0 Gil Vicente | "Águia" q.b. bate minhotos aguerridos

O Benfica cumpriu frente ao Gil Vicente, no Estádio da Luz, e venceu por 2-0, com um golo a fechar a primeira parte e outro a abrir a segunda. A formação “encarnada” sentiu muitas dificuldades para …

Há cidades que, em 2050, vão ser quentes demais para se visitar

Em 2050, há cidades que vão ser vítimas do flagelo das alterações climáticas. As altas temperaturas vão impedir que os turistas explorem cada recanto destas metrópoles. Os efeitos das alterações climáticas são cada vez mais visíveis.. …

As legislativas não se ganham nas sondagens, alerta Costa

Após ter sido divulgada mais uma sondagem este sábado, António Costa afirmou que as eleições não se ganham nas sondagens e apelou para a mobilização de modo a garantir a vitória. O secretário-geral do PS, António …

Prémios IgNobel: uma máquina para mudar fraldas e uma pizza anticancro

Os vencedores da 29.ª edição dos prémios IgNobel foram anunciados na quinta-feira, na Universidade de Harvard, no Estado norte-americano do Massachusetts. Os prémios IgNobel - uma paródia dos prémios atribuídos pelas academias suecas e norueguesa - …

Atriz Felicity Huffman condenada a 14 dias de prisão

A atriz de "Donas de Casa Desesperadas" foi ainda multada em 30 mil dólares e terá de cumprir 250 horas de serviço comunitário. Depois de cumprido o tempo de prisão, Felicity Huffman ficará um ano …

Casa Branca confirma morte de um dos filhos de Osama Bin Laden

Hamza Bin Laden, que teria cerca de 30 anos, era um dirigente destacado da al-Qaeda. “A morte de Hamza Bin Laden priva a al-Qaeda das suas relevantes capacidades de liderança e da ligação simbólica ao …

Portugal perde na Taça Davis frente à Bielorrússia

Pedro Sousa, colocado em 123.º no 'ranking' ATP, perdeu por 3-2 contra a Bielorrússia, na eliminatória do Grupo I da Zona Europa/África da Taça Davis. Este sábado, o tenista Pedro Sousa foi derrotado no último encontro …

Governo abre mais de 2000 vagas para estágios na Administração Local

Há mais de 2000 estágios para atribuir em todo o país e as candidaturas estão abertas até 11 de outubro. Norte e Centro lideram o número de vagas. Na quarta-feira, foi divulgado, em Diário da República, …