Platini reclama da UEFA salários em atraso, bónus e honorários de advogados

unisgeneva / Flickr

Michel Platini, ex-presidente da UEFA

O ex-presidente da UEFA, Michel Platini, reclama o pagamento de um bónus de 1,8 milhões de euros pela “contribuição para o sucesso da Euro2016 em França” e 636 mil euros em honorários de advogados.

Michel Platini, cuja suspensão por quatro anos terminou em outubro, pretende ser ressarcido de salários em atraso, bónus contratuais e honorários de advogados, confirmou esta sexta-feira o antigo futebolista francês à AFP.

O ex-presidente da UEFA reclama o pagamento de um bónus de 1,8 milhões de euros pela “contribuição para o sucesso da Euro2016 em França”, que Portugal venceu, 636 mil euros em honorários de advogados e salários em atraso referentes ao período entre 2016 e 2019.

Platini, de 64 anos, tinha sido suspenso de toda a atividade ligada ao futebol em maio de 2016, na sequência de um escândalo de corrupção, por ter recebido 1,8 milhões de euros, em 2011, por um alegado trabalho de consultadoria para a FIFA.

O trabalho de consultadoria, sem contrato escrito, terá sido solicitado a Michel Platini por Joseph Blatter, que na altura era presidente da FIFA e também foi afastado por seis anos do futebol, por “abuso de posição” e “conflito de interesses”.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Cabo Verde esteve sem Internet durante 24 horas

O arquipélago de Cabo Verde voltou a ter acesso à Internet na tarde desta sexta-feira, cerca de 24 horas depois de uma instabilidade provocada por falhas no fornecedor internacional do serviço. O país tinha ficado sem …

Ventura em operação de charme no Porto depois de um atraso muito criticado no Parlamento

O deputado André Ventura, eleito pelo Chega, tem agendada para este sábado uma verdadeira operação de charme no Porto, com encontros com o presidente da Associação Comercial do Porto e com apoiantes do partido. Iniciativas …

Assistente social acusada de maltratar 14 crianças em centro de acolhimento

O Ministério Público (MP) acusa uma mulher de 46 anos, que era assistente social e diretora técnica de um centro de acolhimento na Maia, no distrito do Porto, de maltratar 14 crianças nesta instituição. De …

Marcelo não vê razão de preocupação com empresas portuguesas de Isabel dos Santos

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, disse esta sexta-feira ter sinais de que não há razão para preocupação nos setores económicos e empresas portuguesas nas quais a Isabel dos Santos está a vender …

Mina de lítio em Montalegre. "Impactes negativos minimizáveis” e 370 empregos

O Estudo de Impacte Ambiental (EIA) da concessão de exploração de lítio, em Montalegre, conclui que o projeto possui “impactes negativos” que, no entanto, “não são significativos”, “são minimizáveis” e de “abrangência local”. O EIA do …

Cristas faz o mea culpa e abandona o congresso. Corrida à sucessão faz-se a cinco

O 28.º congresso nacional do CDS arrancou este no Parque de Feiras e Exposições de Aveiro com o discurso da líder demissionária Assunção Cristas, que fez uma espécie de mea culpa e agradeceu aos centristas …

Sérgio Conceição sai do FC Porto no fim da época

O treinador do FC Porto, Sérgio Conceição, deixará o comando dos dragões no final da temporada. A derrota em casa com o Braga terá ditado a saída do técnico azul e branco. O técnico do FC …

Joacine quer mais direitos para deputados sem partido. "Está a antecipar" o futuro

A deputada Joacine Katar Moreira, do partido Livre, defendeu esta sexta-feira o alargamento dos direitos regimentais dos deputados não inscritos em partidos. A deputada única do Livre assumiu esta posição no final de uma reunião do …

França confirma 3 casos de coronavírus chinês. Já chegou à Austrália e Malásia

Depois de França ter confirmado três pessoas infetadas com o novo coronavírus oriundo da China, também a Austrália e Malásia reportaram casos. As autoridades da Malásia anunciaram este sábado terem registado os primeiros três casos de …

Amadora. Agredido motorista de autocarro que denunciou Cláudia Simões

Foi agredido o motorista de autocarro que chamou a PSP para denunciar a passageira Cláudia Simões, que alegou posteriormente ter sido agredida pelos agentes da polícia. As agressões tiveram lugar na noite desta sexta-feira, em …