Depois de seis meses de adaptação, acabou de vez o uso de plástico em Bali

No domingo, 23 de junho, entrou oficialmente em vigor a lei que proíbe o uso de plásticos de utilização única como sacos, palhinhas e polistireno em Bali.

Segundo a associação Make A Change World, a ilha torna-se assim a primeira região da Indonésia a adotar esta medida.

Em dezembro de 2017 tinha sido declarado o estado de emergência no local devido à crise da poluição de plástico. O governador, Wayan Koster, implementou esta lei a 21 de dezembro de 2018 e decretou um período de adaptação de seis meses.

Durante esse tempo, os comerciantes puderam definir alternativas aos sacos de plástico, palhinhas e esferovite. A capital, Denpasar, já via esta medida aplicada desde 1 de janeiro de 2019 aos comerciantes modernos. Agora, a lei está em vigor em toda a ilha e em todo o tipo de comércio.

A ONG Bye Bye Plastic Bags, que foi uma das principais impulsionadoras deste processo legislativo, revelou na última edição da sua newsletter que o diploma entrou oficialmente em vigor no dia 23 de junho.

A Indonésia é o segundo maior poluidor do mundo em termos de plásticos, apenas a seguir à China. Todos os anos, aquele país envia 200 mil toneladas de resíduos de plástico para os oceanos. Bali, um dos destinos mais turísticos do país, sofre particularmente com este problema, com toneladas de resíduos de plástico, produzidos por milhões de turistas, a inundarem as praias da ilha.

Estima-se que na ilha de Bali apenas 25% do lixo seja recolhido através dos canais normais de tratamento de resíduos. Tudo o resto é despejado em lixeiras, nos rios e no oceano. Além da proibição dos plásticos de utilização única, agora em vigor, a ilha está a estudar a possibilidade de implementar um imposto ambiental de 10 dólares (8,80 euros) aos turistas estrangeiros que visitam a ilha. Só em 2017, Bali recebeu 5,7 milhões de turistas de outros países.

O dinheiro recolhido através deste imposto à chegada servirá, como noticiou em janeiro o The Jakarta Post, para financiar programas ambientais na região, colocando em prática mais medidas ambientais e obtendo mais meios de limpeza. O novo imposto servirá ainda para se obter um melhor saneamento e recolha de lixo das ruas, mas também para financiar programas dedicados à preservação da cultura e natureza.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Mais um país que vem trocar os sacos que condicionam os lixos contra doenças. E aí, com certeza ordem do dono do mundo, vem o chefinho e diz:- Proibem todo tipo de saco e libertem as bactérias presas nos plasticos de lixos!

RESPONDER

Carlos Moedas "tem uma costela liberal". IL pondera apoio ao candidato à câmara de Lisboa

O líder da Iniciativa Liberal (IL), João Cotrim de Figueiredo, disse que Carlos Moedas, candidato à câmara de Lisboa apoiado pelo PSD, tem um "perfil liberal", mas que o partido precisa de perceber projeto do …

Primeiro-ministro da Arménia acusa militares de tentativa de golpe de Estado

O primeiro-ministro da Arménia referiu-se hoje a "tentativa de golpe de Estado" depois de o Estado Maior ter pedido o afastamento do governo num contexto de protestos por causa da derrota no último conflito com …

EUA condenam Coreia do Norte a indemnizar militares torturados em 1968

A Justiça dos Estados Unidos (EUA) condenou Pyongyang a indemnizar em 2,3 mil milhões de dólares (cerca de dois mil milhões de euros) os tripulantes de um navio da Marinha norte-americana, que foram capturados e …

Ex-gestores do Novo Banco seguem para Banco do Fomento e para CGD

Os gestores Vítor Fernandes e Jorge Freire Cardoso, que saíram do Novo Banco em divergência com a estratégia da Lone Star, vão desempenhar as funções de presidente do Banco de Fomento e de administrador na Caixa …

EUA acusado de prometer contrapartidas a Cabo Verde pela extradição de testa-de-ferro de Maduro

O antigo juiz espanhol Baltasar Garzón, que coordena a defesa de Alex Saab, detido em Cabo Verde e considerado testa-de-ferro do Presidente venezuelano Nicolás Maduro, acusou na quinta-feira os Estados Unidos (EUA) de prometerem contrapartidas …

Bispo italiano sugeriu a padre que pagasse 20 mil euros a vítima de pedofilia

O bispo católico de Como, em Itália, afirmou ter sugerido a um jovem padre suspeito de pedofilia que pagasse 20 mil euros à suposta vítima para encerrar uma investigação interna ao caso ocorrido numa residência …

Governo reforça financiamento de projetos LGBTI com 50 mil euros

O Governo vai reforçar em 50 mil euros o financiamento de projetos de organizações que atuem na defesa dos direitos das pessoas lésbicas, gays, bissexuais, trans e intersexo (LGBTI), anunciou o gabinete da secretária de …

CDS pede ao Governo "um plano de desconfinamento controlado, à inglesa"

Francisco Rodrigues dos Santos quer que o Executivo apresente um plano de desconfinamento que permita a retoma da atividade de alguns setores. Esta sexta-feira, o presidente do CDS-PP insistiu na necessidade de o Governo apresentar um …

Para os idosos que estão em lares, visitar a família sem isolamento poderá acontecer em maio

A CNIS estima que, com todos os idosos residentes em lares vacinados, maio possa ser o mês da libertação depois de mais de um ano de pandemia, confinamentos e restrições apertadas. DGS diz que orientações …

UE retalia e declara chefe da missão venezuelana "persona non grata"

A União Europeia (UE) decidiu, esta quinta-feira, declarar a chefe da missão venezuelana em Bruxelas persona non grata, respondendo ao anúncio feito por Caracas de dar 72 horas à embaixadora comunitária para abandonar o país. "Por …