Já há um plano em cima da mesa para a criação da Força Espacial de Trump em 2020

O próximo capítulo das Forças Armadas norte-americanas vai começar a ser escrito, afirmou Mike Pence esta quinta-feira, anunciando a criação até 2020 de uma “Força do Espaço”.

Quando, em junho, o Presidente norte-americano Donald Trump anunciou a sua ideia de criar uma Força Espacial “para garantir o domínio dos Estados Unidos no espaço”, as piadas em torno do assunto começaram a ser cada vez mais.

No entanto, apesar de toda a troça, a ideia de Trump já tem um relatório em cima da mesa e um calendário definido. Esta quinta-feira, no Pentágono, o vice-presidente Mike Pence anunciou a criação até 2020 de uma “Força do Espaço”, avançou o blico.

“Tal como aconteceu em outras épocas, os Estados Unidos vão enfrentar as ameaças emergentes neste novo campo de batalha. Chegou a hora de criar a Força Espacial dos Estados Unidos”, disse.

O número dois da Administração Trump precisou que estão já em curso os preparativos para fazer desta força espacial o sexto ramo das Forças Armadas, ao lado do Exército, da Força Aérea, da Marinha, dos Fuzileiros e da Guarda Costeira, como ordenou em junho o Presidente norte-americano.

Em junho, Trump prometeu. Agora, Pence anunciou os quatro passos que irão conduzir à sua criação: criar uma unidade de comando unificada; um grupo de elite de militares espaciais; uma nova entidade denominada Agência de Desenvolvimento Espacial, que trabalha em colaboração com a Força Aérea mas sem colidir com as suas funções; e estabelecer “linhas claras de responsabilidade e prestação de contas”, avança o DN.

Mas como a criação de um novo ramo militar tem de ser aprovada pelo Congresso, Pence indicou que o processo se fará por etapas, com o objetivo de criar esse sexto ramo até 2020. Para tal, Pence pediu ao Congresso para aprovar um orçamento suplementar de oito mil milhões de dólares para os próximos cinco anos.

Atualmente, o espaço é da responsabilidade da Força Aérea, mas o chefe de Estado norte-americano quer que a nova “Força do Espaço” seja independente desta. “Para defender a América, uma simples presença no espaço não é suficiente, temos que dominar o espaço”, defendeu.

Donald Trump não forneceu pormenores sobre a missão que terá a nova divisão militar, mas disse, ao assinar a ordem instruindo o Pentágono a criá-la: “Não queremos que a China e a Rússia e outros países nos ultrapassem“.

“Nós vamos ter uma Força Aérea e uma Força Aérea do Espaço, separada mas igual“, explicou, pondo termo ao atual debate contra aqueles que queriam que a nova força espacial estivesse ligada à Força Aérea norte-americana.

No Congresso, o debate opõe desde há anos os partidários de uma nova entidade em igualdade de circunstâncias com os outros ramos e aqueles que consideram mais funcional deixar o espaço a cargo da Força Aérea.

Já em março passado, Trump tinha dito que gostaria de criar uma divisão das Forças Armadas dedicada ao espaço, por considerar que ali também “se travam guerras, tal como na terra, no ar e no mar”.

Reconheceu, então, que “não estava a falar a sério” quando referiu pela primeira vez aos seus assessores a ideia de criar esse corpo militar, mas depois pensou que era “uma grande ideia”.

O chefe do Estado-Maior Conjunto norte-americano, general Joseph Dunford, admitiu em abril que os sistemas com que Washington conta no espaço carecem da “resistência” necessária em caso de ataque e são vulneráveis às novas “capacidades” com que outros países contam. “Diz-se que não há guerras no espaço, mas existem guerras que envolvem os nossos sistemas no espaço”, advertiu.

Em abril do ano passado, Trump pediu à NASA para acelerar os seus planos de exploração espacial, que incluíam a chegada de seres humanos a Marte na década de 2030, para que um cidadão norte-americano pise o planeta vermelho ainda durante o seu primeiro mandato, que termina em janeiro de 2021.

Em dezembro, o atual inquilino da Casa Branca assinou uma diretiva de política espacial que estabelecia como meta do seu Governo criar uma base na Lua, como passo prévio à primeira missão tripulada a Marte.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Rio pede a António Costa para encerrar escolas já na quinta-feira

O presidente do PSD, Rui Rio, pediu esta quarta-feira ao primeiro-ministro, António Costa, que encerre as escolas, já a partir desta quinta-feira, como forma de conter a epidemia de covid-19. “Faço-lhe um apelo público para que …

PGR alega papel clarificador e transparente de diretiva sobre poderes hierárquicos no MP

A Procuradora-geral da República (PGR) garantiu esta terça-feira no parlamento que a recente diretiva sobre subordinação hierárquica teve unicamente um "propósito clarificador e de transparência" sobre aquilo que já era o relacionamento entre os escalões …

"A democracia prevaleceu". Joe Biden apela à união na tomada de posse como 46º Presidente dos Estados Unidos

O democrata Joe Biden tomou esta quarta-feira posse como 46.º Presidente dos Estados Unidos, após ter feito o juramento de funções perante o presidente do Supremo Tribunal, John Roberts, nas escadas do Capitólio, em Washington. Joe …

Presidente da Suíça no topo dos salários. Marcelo no fim da lista

Uma lista elaborada com dados da IG - consultora britânica de mercados financeiros - revelou que quanto mais rico o país, em regra, mais alto é o ordenado do chefe de Estado, com o Presidente …

Novo estudo reitera eficácia da vacina da Pfizer contra variante britânica do coronavírus

Um novo estudo da empresa alemã BioNTech sugere que a vacina desenvolvida por esta e pela farmacêutica norte-americana Pfizer contra a covid-19 é também eficaz na variante do coronavírus que surgiu no Reino Unido. O estudo, …

Governo reúne-se com especialistas ainda esta quarta-feira

O Governo vai reunir-se ainda nesta quarta-feira com epidemiologistas. A informação foi inicialmente avançada pela TSF, sendo posteriormente confirmada pelo primeiro-ministro, António Costa, em Bruxelas. O encontro será presidido pela ministra da Saúde, Marta Temido, …

Charles Michel propõe "pacto fundador" para tornar Europa e EUA "mais fortes"

O presidente do Conselho Europeu, Charles Michel, propôs esta quarta-feira ao novo Presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, a criação de um “pacto fundador” para tornar a Europa e a América “mais fortes”. “No primeiro dia …

Mayan faz visita "surreal" a hospital fechado em Miranda do Corvo (e adverte para destruição económica e social)

O candidato presidencial apoiado pelo Iniciativa, Liberal Tiago Mayan Gonçalves, esteve na terça-feira em campanha nas instalações do hospital fechado de Miranda do Corvo, tendo-o apontado como um cenário “surreal” num dos períodos mais difíceis …

Parlamento prepara renovação do estado de emergência até ao fim de fevereiro

O parlamento agendou para dia 11 de fevereiro um debate e votação sobre o eventual decreto presidencial para a prorrogação do estado de emergência em Portugal, por novo período de 15 dias, para fazer face …

Trump já deixou a Casa Branca. "Tenham uma boa vida, voltaremos a ver-nos”

O Presidente cessante dos Estados Unidos já deixou a Casa Branca. A poucas horas da tomada de posse do democrata Joe Biden, Donald Trump afirmou ter sido uma “grande honra” ter desempenhado este cargo. “Foi …