Há um planeta-destruidor no Sistema Solar (e pode ser o misterioso Planeta X)

Jacob A. Kegerreis/Durham University

Imagem da simulação computorizada mostra um objeto a colidir com Urano

Uma equipa de cientistas da Universidade de Durham, na Inglaterra, provou que há alguns mil milhões de anos de anos um planeta desconhecido, duas vezes maior que a Terra, colidiu com Urano. Esta colisão espacial pode explicar por que motivo o eixo do sétimo planeta do Sistema Solar ficou “de lado”, ao contrário de todo os outros planetas. 

Neste sentido, este corpo celeste que colidiu com Urano pode ser o nono planeta que os astrónomos têm procurado, tal como relata a Phys.org.

A hipótese sobre a colisão de Urano com um grande planetesimal – um corpo rochoso ou de gelo que se terá formado nos primórdios do Sistema Solar – foi proposta há várias décadas, mas nem toda a comunidade científica aceitou esta teoria. Foi apresentada uma versão diferente, segundo a qual o eixo de rotação de Urano foi “desequilibrado” por um grande satélite que depois desapareceu.

Os resultados das simulações levadas a cabo pela equipa de cientistas mostraram que a colisão e a “remodelação” de Urano – que poderá ter envolvido algumas rochas ou todas que atingiram o planeta – aconteceram num pequeno espaço de tempo, em apenas algumas horas. Entretanto, os astrónomos consideram que uma colisão com vários corpos celestes menores menos provável.

De acordo com os cientistas, o planeta que atingiu em Urano pode ainda estar a pairar no Sistema Solar e estaria muito além da órbita de Plutão, longe demais para que o possamos observar. Esta hipótese explicaria alguma das órbitas do planeta, indo ainda de encontro com a teoria de que existe um planeta ausente, o Planeta X, a orbitar o Sol.

A catástrofe planetária ocorreu há cerca de 3 a 4 mil milhões de anos, possivelmente ainda antes dos satélites de Urano se terem formado. Nessa altura, o gigante de gelo era um protoplaneta com um disco de gás e poeira, do qual surgiram subsequentemente as suas luas. A inclinação do eixo de Urano afetou a inclinação das órbitas de rotação dos satélites e a orientação dos seus próprios eixos.

A colisão levou também à formação de uma camada externa que mantém o calor dentro do planeta (a temperatura da tropopausa do gigante gasoso é de 216 graus Celsius negativos).

Os gigantes de gelo são uma classe de planetas compostos de amónia, metano e sulfeto de hidrogénio na forma de líquidos supercríticos. No Sistema Solar, estes planetas gigantes são representados por Urano e Neptuno. Os compostos de hidrogénio e hélio correspondem a 20% da massa, o que os distingue dos gigantes gasosos como Júpiter e Saturno (nestes a proporção de hidrogénio e hélio representa 80%).

PARTILHAR

12 COMENTÁRIOS

  1. Cuidado com phys… Eles são algo obtusos com a pseudo-ciencia misturando propositadamente conteúdos fiáveis com idiotas ou manipulados.

  2. Do geito que o ser humano está tratando este planeta terra é óbvio que uma hr será feita uma faxina no planeta ou seja por este planeta chamado X ou qualquer outra catástrofe seja ela causada pelas leis do universo ou seja pelas mãos dos homens. É muita crueldade, ganância, poder, matança em nome de Ala ( Deus) esses absurdos.
    Na bíblia já diz sobre o tal dilúvio, nada impede de repetir novamente com o deslocamento do eixo terrestre.
    Sinceramente Deus sabe o que faz se foi permitido o Dilúvio, porque hj não seria.
    A terra treme em diversos lugares do mundo e cada ano que passa as tragédias aumentam, mesmo assim o ser humano acha que é o poderoso e eterno.
    Somos passageiros deste planeta ninguém Vive mais de 100 anos raras exceções.
    Este planeta X não precisa se aproximar muito da terra basta ele tirar alguns planetas de sua órbita para fazer uma bagunça aqui, a terra entra em confusão e começará a mover se deslocando.
    Onde a terra será água e onde é água se tornará terra.
    Muitas civilizações antiguissimas foram inundadas, na Net está cheio destas informações, e são reais.

  3. “eixo do sétimo planeta do Sistema Solar ficou “de lado”, ao contrário de todo os outros planetas”. O que significa “de lado”? Se significar inclinado em relação ao plano da sua órbita então a Terra também tem o seu eixo de lado. Por esse motivo existem as estações do ano e a curiosidade de, no hemisfério norte, existir inverno (e o frio associado) quando a Terra está mais próxima do Sol!

    • Não ele quis dizer de lado porque netuno é o unico planeta que o eixo se deslocou 90 graus do seu eixo original a terra também colidiu la em sua formação ela tinha uma gêmea um pouco menor parte dessa gemea foi absorvida pela terra outra parte foi jogada no espaço e o resto é oq chamamos de lua

  4. Não ele quis dizer de lado porque urano é o unico planeta que o eixo se deslocou 90 graus do seu eixo original a terra também colidiu la em sua formação ela tinha uma gêmea um pouco menor parte dessa gemea foi absorvida pela terra outra parte foi jogada no espaço e o resto é oq chamamos de lua

  5. Na verdade nosso sistema solar é binário. Traduzindo, temos dois sóis. No entanto, o sol maior ofusca a observação do menor. A órbita do planeta X ou Nibiru é perpendicular ao solo, devido a atração exercida pelo segundo sol. Vocês irão descobrir isso em 2031. Boa zamirun!

  6. Muitos podem te medo mais um dia ele vai chegar e a gente não vai poder fazer nada Deus deixou a gente muito tempo aq tá na hora de dar outra chance a outro ser vivo cada um tem seu tempo

Siza Vieira admite aulas por canais "estilo youtube" ou TV por cabo

O Governo está a estudar soluções que garantam que todos os alunos têm acesso aos conteúdos educativos no terceiro período, adiantou o ministro da Economia. O Governo está a estudar soluções que garantam que todos os …

Retificação ao diploma do lay-off simplificado trava despedimentos

Uma retificação ao diploma inicial do ‘lay-off’ simplificado, hoje publicada, vem acautelar que nenhum trabalhador de empresas que recorra a este apoio pode ser alvo de despedimento coletivo ou extinção de posto de trabalho. O decreto-lei …

Rocha desafia teoria da escassez de oxigénio na Terra primitiva

Uma rocha sedimentar única rica em carbono, depositada há dois mil milhões de anos, deu aos cientistas novas pistas sobre as concentrações de oxigénio na superfície da Terra nessa época. De acordo com a agência Europa Press, …

As bactérias formam comunidades na nossa língua (e uma imagem revela como)

Cientistas norte-americanos descobriram que as bactérias que vivem na nossa língua têm uma organização complexa e altamente estruturada. Os micro-organismos estão em toda a parte - até no interior da nossa boca. Um novo estudo revela …

Como sobreviver ao isolamento? Astronautas explicam

Em todo o mundo, cidades e até países inteiros estão em quarentena como forma de travar a propagação do novo coronavírus, Covid-19. Alguns astronautas deixaram conselhos sobre como sobreviver ao isolamento. Para alguns, o auto isolamento …

"Indiana Jones do mundo da arte" recupera manuscrito do poeta persa Hafez

Uma das primeiras cópias do reverenciado Divan do autor do século XIV Hafez, iluminado com ouro, será leiloado no início de abril. O famoso poeta persa do século XIV, Hafez, escreveu uma coleção de versos místicos …

O palco onde os Beatles atuaram pela primeira vez está à venda

O palco de madeira onde os Beatles atuaram pela primeira vez está à venda. Agora, alguém poderá replicar o primeiro concerto da famosa banda. A 10 de abril, em comemoração dos 50 anos da separação da …

Células estaminais podem ajudar a proteger os astronautas da radiação espacial

Assim que os astronautas deixam a proteção do campo magnético da Terra, ficam automaticamente expostos a níveis elevados de radiação cósmica. A Agência Espacial Europeia (ESA) está cada vez mais focada em investigações para reduzir …

Pandemia pode trazer nova geração de robôs capazes de realizarem tarefas perigosas

A pandemia de Covid-19 pode trazer uma nova geração de robôs capazes de realizarem tarefas perigosas como limpeza de superfícies infetadas ou vigiar pessoas em quarentena, afirmam esta quarta-feira alguns dos principais investigadores internacionais em …

Multimilionários refugiam-se da Covid-19 a bordo de iates

Vários multimilionários têm procurado refugiar-se da pandemia de Covid-19, que nasceu em dezembro passado na China, em alto mar, a bordo de iates de luxo. Em declarações ao jornal The Telegraph, Jonathan Beckett, executivo da …