Roubo, sequestro e violação. PJ descortinou 210 crimes inventados nos últimos cinco anos

Tiago Henrique Marques / Lusa

Nos últimos cinco anos, a Polícia Judiciária descortinou que 210 investigações lançadas após denúncias de alegados lesados eram, na verdade, invenções.

De acordo com o Jornal de Notícias, que avança a notícia, os delitos mais simulados são roubos, sequestros e raptos, havendo também alegados casos violações e abusos sexuais.

Muitos dos alegados crimes não passavam de mentiras para ocultar gastos, infidelidades ou furtos, dá conta o matutino esta segunda-feira. Desde 2014, 122 pessoas foram constituídas arguidas após terem mentido à Polícia Judiciária.

Em média, a Judiciária confronta-se com falsas denúncias uma vez por semana. Segundo o Código Penal, a simulação e denúncia de um crime falso pode dar a um ano de prisão no máximo ou pena de multa até 120 dias.

“Muitos casos são simulações de roubos. Gastou-se dinheiro mal gasto e é preciso arranjar justificação para dar ao marido ou à mulher. Também há funcionários que desviam dinheiro ou bens das empresas e depois se queixam de terem sido assaltadas. Outras simulações podem acontecer apenas para chamar a atenção”, revelou fonte da PJ ao JN.

Os sequestros são por vezes simulados para justificar horas passadas fora de casa, mas “por ser uma investigação temos de ir aos pormenores e é aí que, muitas vezes, conseguimos detetar a mentira em pouco tempo”, adiantou a mesma fonte.

Os casos de violação ou abusos sexuais também fazem parte do repertório de mentiras. O matutino escreve que muitas das investigações parte de falsas denúncias de pais em processos de separação, que visam impedir visitas ou retirar custódias dos filhos.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Da "obsessão por cargos" à "subserviência ao PS". Críticos internos do BE descarregam na direção

A convenção do Bloco de Esquerda está marcada para os dias 22 e 23 de maio. Os grupos críticos da direção do partido já têm preparada uma extensa lista de críticas. De acordo com o Observador, …

Pela primeira vez, a idade da reforma pode cair (e a culpa é da pandemia)

A idade da reforma é determinada pela esperança média de vida. No entanto, a pandemia e o consequente aumento da mortalidade podem fazer cair esse indicador, levando a um recuo histórico na idade da reforma. Até …

Onde estão os antigos "donos disto tudo" no desporto?

Sporting parece estar em ano de regresso ao topo do futebol. Mas outros clubes dominadores, ou desapareceram, ou andam discretos. "Felizmente não subimos à I Divisão", admite o presidente do HC Sintra. "Donos disto tudo" pode …

Após chumbo ao aeroporto do Montijo, Governo quer mudar a Lei para tirar poder aos municípios

O chumbo ao aeroporto do Montijo, depois de os municípios da Moita e do Seixal terem reprovado o projecto, não demove o Governo da empreitada. Em cima da mesa estão três soluções e a intenção …

Vacina da Janssen deverá ser aprovada na Europa a 11 de março. Imunizante só requer uma toma

A Agência Europeia do Medicamento convocou uma reunião extraordinária para concluir a avaliação da vacina à covid-19 da multinacional Janssen, com vista a colocá-la rapidamente no mercado. Neste sentido, espera-se que haja mais uma vacina contra …

Medina leva nega. Bloco, PCP e PAN querem concorrer sozinhos em Lisboa

O anúncio de que Carlos Moedas vai encabeçar a candidatura PSD/CDS à Câmara Municipal de Lisboa uniu a direita, mas não mudou a estratégia da esquerda. O Bloco, o PCP e o PAN querem concorrer …

Coates alcançou feito sem paralelo na Europa

Coates não comete uma única falta há mais de um mês, embora tenha sido totalista de minutos nesse período. É o único jogador das principais ligas europeias a consegui-lo. Provavelmente já não se lembra da última …

"Nunca batem certo". Madeira contesta dados do boletim da DGS

As autoridades regionais madeirenses afirmam que "os números fidedignos são os dados reportados, diariamente, pela Direção Regional de Saúde". A Direção Regional da Saúde (DRS) da Madeira contestou, esta terça-feira, os dados reportados nos boletins da …

I Liga pondera reduzir número de equipas a partir de 2022/2023

O desportivo Record avança esta quarta-feira que a Liga de Clube pondera reduzir o número de equipas em competição na I Liga já a partir da época de 2022/2023. Em cima da mesa está a redução …

Sob risco de expulsão, Fidesz de Orbán deixa bancada do Partido Popular Europeu pelo próprio pé

O partido Fidesz, liderado pelo primeiro-ministro húngaro Viktor Orbán, vai deixar a bancada do Partido Popular Europeu no Parlamento Europeu. De acordo com a agência Reuters, o partido Fidesz, que governa a Hungria, anunciou esta quarta-feira …