Pistorius não tinha quaisquer problemas mentais quando matou namorada

Jim Thurston / Flickr

Oscar Pistorius

Oscar Pistorius

O atleta sul-africano Oscar Pistorius “não sofria de qualquer problema ou doença mental” na altura em que matou a sua namorada, a modelo Reeva Steenkamp, concluíram os psiquiatras que durante um mês examinaram o estado mental do desportista.

As conclusões da avaliação foram reveladas esta segunda-feira pelo procurador Gerrie Nel no recomeço do julgamento do atleta, a decorrer desde 3 de março.

O relatório indica que Pistorius, de 27 anos, era capaz de distinguir o bem do mal no momento do crime, ocorrido a 14 de fevereiro de 2013. O atleta confessa ter matado a tiro a namorada na sua casa em Pretoria, acreditando tratar-se de um assaltante que teria entrado em sua casa e se escondera.

A avaliação psiquiátrica para estabelecer se o campeão paralímpico sofria mesmo de uma perturbação de ansiedade, como afirma a defesa, tinha sido pedida a 14 de maio pela juíza sul-africana que está a julgar Oscar Pistorius pela morte da namorada.

O relatório psiquiátrico citado pela defesa “não pode substituir uma avaliação apropriada”, explicou na altura a juíza Thokozile Masipa, acedendo ao pedido da acusação de realizar uma contra-avaliação psiquiátrica independente.

A psiquiatra Meryll Vorster, citada pela defesa de Pistorius, afirmava que o atleta sofria de uma perturbação ansiosa generalizada que se caracteriza por um estado de inquietação permanente e excessivo.

O procurador Gerrie Nel tinha contestado a conclusão da especialista e acusou a defesa de usar o argumento psiquiátrico para obter uma pena mais leve ou para requalificar o crime.

Segundo a acusação, o casal teve uma discussão, que terá sido ouvida por vários vizinhos chamados a depor, e o atleta abriu fogo sabendo quer era a namorada que estava do outro lado da porta da casa de banho.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

PCP reconhece aproximação do Governo, mas diz que ainda é insuficiente

O líder parlamentar do PCP considerou, esta quarta-feira, que houve uma aproximação do Governo às propostas do partido, mas que ainda não é suficiente para alterar a avaliação feita sobre o Orçamento do Estado para …

Alemanha pode falhar objetivo de doação de vacinas contra a covid-19 (e culpa fabricantes)

A Alemanha pode falhar o seu objetivo de doar 100 milhões de doses de vacinas contra a covid-19 a países mais pobres. Um funcionário do ministério da saúde alemão revelou, numa carta a Bruxelas, que a …

Alexei Navalny vence Prémio Sakharov 2021

O opositor russo Alexei Navalny é o vencedor do Prémio Sakharov para a Liberdade de Pensamento 2021, anunciou o Parlamento Europeu, esta quarta-feira. Alexei Navalny foi nomeado pelos grupos políticos PPE e Renovar a Europa devido …

Extinção do SEF aprovada na especialidade no Parlamento

A proposta do PS e do Bloco de Esquerda sobre a extinção do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) foi aprovada na Comissão de Assuntos Constitucionais, Direitos, Liberdades e Garantias, esta quarta-feira. Segundo o jornal Público, …

Steve Bannon deve ser investigado por envolvimento no ataque ao Capitólio, indica Comissão responsável

Antigo conselheiro de Donald Trump foi aconselhado pelo antigo presidente e pela respetiva equipa de advogados a não colaborar com a comissão especial designada para investigar os ataque. A Comissão responsável por investigar o ataque ao …

Trânsito em Lisboa regista valores mais altos do que em pré-pandemia - e há uma razão para isso

O trânsito na capital tem registado valores que ultrapassaram os da pré-pandemia. O receio que as pessoas ainda têm de usar transportes públicos é visto como o principal fator. Se durante o período de confinamento circular …

Qualificações mais elevadas já não garantem salários altos aos jovens. Contratos a prazo triplicam face às gerações anteriores

Estudar mais anos em Portugal já não é representativo de remunerações mais elevadas. Esta é a principal conclusão de um estudo desenvolvido pela Fundação Calouste Gulbenkian, centrado nas diferenças e semelhanças entre as gerações de …

Ordem dos Médicos define equipas mínimas para urgências, mas números são "impraticáveis"

A Ordem dos Médicos (OM) decidiu avançar com uma uma proposta de regulamento que define a dimensão mínima das equipas que asseguram o funcionamento de serviços de urgência nos hospitais. Numa altura em que se prevê …

Turistas estão de volta, mas agora falta pessoal nos hotéis

Os turistas estão a voltar às cidades portugueses, nomeadamente a Lisboa, onde os hotéis se debatem agora com um novo problema, a falta de pessoal qualificado. Há responsáveis que já falam da necessidade de fazer …

Gestão do PRR faz tremer Governo dos Açores (que foi bombardeado por críticas)

O Governo dos Açores tem sido acusado de beneficiar empresas no acesso às verbas das Agendas Mobilizadores do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR). Esta polémica levou à marcação de um debate de urgência, que ficou …