“Piratas” de fundos de cobertura zarpam à boleia da pandemia

Os “piratas” dos fundos de cobertura estão a ressurgir em grande. A volatilidade do mercado causada pela pandemia de covid-19 cria as condições ideais para estes investidores.

Fundos de cobertura, também conhecidos por hedge funds, são fundos de investimento altamente especulativos, que visam rentabilizar ao máximo os capitais que lhes são confiados. Nesta altura de pandemia de covid-19, o mercado está muito volátil, criando as condições perfeitas para este tipo de investidores.

O britânico Hugh Hendry era um dos maiores investidores nesta área. Há três anos, decidiu mudar-se para as Caraíbas e desistir da sua anterior vida. Hendry culpou o enorme estímulo do banco central por sufocar a volatilidade desejada pelos “piratas” do macro investimento global, que visa apostar no destino das nações através de obrigações, moeda e commodities.

“O negócio estava a perder a piada e parecia uma tarefa impossível”, admitiu Hendry, citado pelo OZY.

No entanto, devido à pandemia, a volatilidade que Hendry tanto almejava, está de volta. Os principais fundos de investimento cresceram todos neste primeiro semestre de 2020 e as previsões apontam para que continuem a fazê-lo durante os próximos tempos.

Até Hendry sentiu a necessidade de voltar, apostando no preço do ouro em alta. “Estou de volta ao jogo, mas não tenho desejo nem vontade de administrar dinheiro”, enfatizou o investidor aposentado.

Após um período mais negro para os investidores de hedge funds, o mercado começa agora a ressurgir. Contudo, enquanto alguns suspiram de alívio, outros mostram-se mais céticos em relação à durabilidade deste período.

O ambiente de mercado que tornou a estratégia lucrativa no passado não estava a voltar, alertou Dawn Fitzpatrick, da Soros Fund Management.

“Acho que é incrivelmente difícil argumentar que se tem vantagem informativa num mundo onde todos têm as mesmas informações”, disse também Dave Fishwick, da M&G.

Mais uma vez, Hendry mostra-se reticente. O especialista argumentou que os bancos centrais passaram de “máquinas de volatilidade” a supressores hiperativos da turbulência económica e financeira. “Se a volatilidade continuar a subir, isso levaria a um renascimento”, lamentou. “Se não, então esta é apenas uma breve pausa na morte longa e entediante da macro global”.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Com todos os votos contados, PS vence com pior resultado que em 2013 e PSD conquista 113 câmaras

PS continua a ser o partido com mais representação autárquica em Portugal, apesar de cair para números anteriores à liderança de António Costa. PSD recupera das hecatombes de 2013 e 2017. Quase 24 horas depois após …

Presidente sul-coreano admite proibir consumo de carne de cão

O Presidente da Coreia do Sul, Moon Jae-in, admitiu, esta segunda-feira, a possibilidade de proibir o consumo de carne de cão, costume que se tornou "uma vergonha internacional", segundo fonte do seu gabinete. "Não terá chegado …

Pelo menos 24 países criaram novas leis para controlar o conteúdo na Internet, revela relatório

Autoridades de pelo menos 24 países, incluindo os Estados Unidos (EUA), estabeleceram novas regras que determinam o tratamento dos conteúdos por parte das plataformas 'online', concluiu um relatório da Freedom House. No seu relatório anual, intitulado …

Exames nacionais e provas de aferição deverão “retomar a normalidade” este ano

Depois de dois anos letivos condicionados pela pandemia da covid-19, o Governo está apostado em retomar, entre outras formas de avaliação, a obrigatoriedade de exames nacionais nas disciplinas de conclusão do ensino secundário. Os exames nacionais …

Advogados dizem que há questões "pontuais" por resolver no SEF do aeroporto de Lisboa

Responsável pela Comissão dos Direitos Humanos da Ordem dos Advogados reveleu que mantém uma "estreita relação e cooperação com o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) e que o centro de instalação temporária no aeroporto …

EUA "golearam" Europa mas a Europa "humilhou" o Mundo

Vitória clara dos americanos no golfe, mas vitória ainda mais "gorda" dos europeus no ténis. Quem é europeu e gosta de várias modalidades desportivas, teve muito para ver neste fim-de-semana. E terminou com emoções completamente distintas: …

Governo reforça apoios ao setor do turismo com nova linha de crédito

Nova linha de crédito terá 150 milhões de euros destinados às pequenas e médias empresas, tendo como objetivo incrementar a retoma económica. O ministro de Estado, da Economia e da Transição Digital anunciou hoje, em Coimbra, …

Nova Iorque quer usar guarda nacional para substituir trabalhadores de saúde não vacinados

A governadora de Nova Iorque, Kathy Hochul, está a considerar usar a guarda nacional e funcionários médicos de fora do estado para suprir a falta de pessoal de saúde, já que dezenas de milhares provavelmente …

O PSD saiu vitorioso ou derrotado das autárquicas? Depende a quem se perguntar no partido

Resultado conquistado por Carlos Moedas em Lisboa está a ser visto como um autêntico balde de água fria para os possíveis adversários de Rui Rio na corrida à liderança do PSD. Uma semana antes das eleições …

Bruno Fernandes falhou grande penalidade - e Cristiano deve substituí-lo

Médio do Manchester United desperdiçou a oportunidade de dar um ponto à sua equipa, contra o Aston Villa. De repente, o ambiente em Old Trafford mudou. O Manchester United venceu três jogos e empatou um, nos …