Petição para referendar a eutanásia já reuniu mais de 76 mil assinaturas

A petição para a realização de um referendo de iniciativa popular sobre a despenalização da eutanásia já foi assinada por mais de 76 mil pessoas, anunciou no sábado a Federação Portuguesa pela Vida (FPV).

De acordo com o Observador, a FPV está a reunir assinaturas com o apoio da Igreja Católica, a nível nacional, visando referendar a questão: “Concorda que matar outra pessoa a seu pedido ou ajudá-la a suicidar-se deve continuar a ser punível pela lei penal em quaisquer circunstâncias?”.

O Parlamento despenalizou a morte medicamente assistida em 20 de fevereiro, aprovando na generalidade os cinco projetos apresentados (PS, BE, PEV, PAN e Iniciativa Liberal).

Embora ainda não haja data para a entrega da petição no Parlamento, numa publicação no Facebook, a FPV comunicou que, até às 11:00 do dia 07 de março de 2020, “foram contabilizadas 76 124 assinaturas”, com mais de 50 mil recebidas em papel. O número de assinaturas que já superou o exigido para a realização deste tipo de iniciativas (60 mil).

Comunicado A Federação Pela Vida, promotora da Iniciativa Popular de Referendo sobre a (des) penalização da morte a…

Publicado por Federação Portuguesa pela Vida em Sábado, 7 de março de 2020

“Em menos de um mês ultrapassamos o número exigido. Há uma forte adesão ao referendo sobre a eutanásia e há muita gente a quem a iniciativa ainda não chegou”, garantiu ao Público a advogada e presidente da FPV Isilda Pegado.

E acrescentou: “É nossa intenção, face aos números que recolhemos, entregar a petição durante o processo legislativo e isso pode ou não suspender o próprio processo legislativo”.

O movimento conta com o antigo Presidente da República Ramalho Eanes, a ex-presidente do PSD Manuela Ferreira Leite, o politólogo Jaime Nogueira Pinto, a ex-deputada do CDS-PP Isabel Galriça Neto, o presidente da Caritas Eugénio Fonseca, o ex-bastonário da Ordem dos Médicos Germano de Sousa, e o padre e professor de Filosofia Anselmo Borges.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

9 COMENTÁRIOS

  1. Só tarados. Estes gajos que estão contra a eutanásia estão cheios de saúde, não sabem o que é estar no limite da vida.

  2. Que bando de palermas!…
    A eutanásia não será obrigatória e por isso podem estar contra a eutanásia à vontade – desde que não a queriam priobir aos outros!!!
    Coitados… mal sabem tomar conta das suas tristes vidas e ainda querem mandar nas escolhas/liberdades pessoais dos outros!

  3. Se tivéssemos políticos dignos do nome políticos, não era preciso haver referendo aprovavam a leu da Eutanásia e cada pessoa que tomasse a decisão que entendesse, havendo lei ela não obriga ninguém a morrer é tão simples quanto isso, mas como não temos políticos temos é uma casta que se diz política mas que não passam de oportunistas nem coragem têm para aprovar a dita lei preferem que seja eu a decidir a vida do meu vizinho e ele a minha, “esquecem-se” que a vida é minha sou eu que devo saber o que quero fazer e não os meus vizinhos.

    • Deves ter estado hibernado… só pode!…
      20 FEVEREIRO 2020 – 22:56
      “Eutanásia aprovada no Parlamento”
      publico.pt/2020/02/20/politica/noticia/eutanasia-vai-novo-votos-632-dias-chumbo-1904901
      .
      Agora imagina se os políticos fossem todos como tu!…

        • Pois não, mas eu tomei a liberdade de te esclarecer, porque nota-se que és daqueles que comenta sem saber do que fala e depois faz as “figuras” que fizeste!…
          A eutanásia foi aprovada no Parlamento – sem qualquer referendo, logo, tudo que escreveste é um autêntico disparate!
          Para a próxima, tenta comentar só assuntos sobre os quais estejas minimamente informado.

  4. Referendar uma decisão estritamente pessoal a cada individuo, é puro e simplesmente inadmissível !…querer impor os proprios conceitos Religiosos e opiniões pessoais a todos, é pura ditadura !

RESPONDER

Francisco Rodrigues dos Santos admite que tem sido "difícil" juntar o CDS (mas "não por falta de iniciativa")

Francisco Rodrigues dos Santos, presidente do CDS-PP, afirmou, numa entrevista ao Jornal de Notícias e TSF que tem sido "difícil" conquistar a coesão do partido. Em entrevista ao Jornal de Notícias e à TSF, o líder …

Isabel dos Santos usou equipa de espiões para provar "conspiração" e "vingança" de João Lourenço

A empresária Isabel dos Santos contratou uma firma de antigos agentes secretos israelitas para provar que foi vítima de um ataque orquestrado pelo governo de João Lourenço. Isabel dos Santos criou uma equipa de espiões para …

"Perdemos o avô da nação". Morte do príncipe Filipe deixou "um grande vazio" na vida de Isabel II

A morte do príncipe Filipe, duque de Edimburgo, na sexta-feira, aos 99 anos, deixou a Rainha Isabel II, sua esposa, com "um grande vazio na sua vida", disse este domingo aos jornalistas o seu filho …

Mapa online interativo ajudou indígenas do Panamá a fazer frente à pandemia

Quando a covid-19 chegou ao Panamá no ano passado, o cartógrafo Carlos Doviaza temeu pelas pessoas indígenas da sua comunidade. Por isso, para as ajudar, dedicou-se a fazer aquilo que faz melhor: mapas. "Pensei: 'Porque não …

"A política ama traição, mas despreza o traidor". Sócrates acusa PS de "ataque injusto" (e diz-se alvo de "vingança" da direita)

"A política ama a traição, mas despreza o traidor". No livro "Só Agora Começou", que será publicado nos próximos dias, José Sócrates acusa a atual direção do PS de traição. De acordo com o Diário de …

Portugal regista mais 566 casos e seis óbitos por covid-19

Portugal registou, este domingo, mais seis mortes e 566 novos casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o último boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da Direção-Geral da Saúde …

PS quer que Cavaco Silva diga "quando é que soube do buraco do BES"

O PS quer que o antigo Presidente da República Cavaco Silva esclareça "quando é que soube do buraco do BES" e porque é que "não agiu atempadamente" para evitar o aumento de capital, que gerou …

Perdoar o passado, celebrar o renascimento e cumprir tradições. A primavera traz o Nowruz, o ano novo persa

Assim que as flores começam a desabrochar e os dias ficam mais longos, fica claro que o Nowruz está prestes a chegar. A celebração do ano novo iraniano é secular, com raízes que remontam a …

“Mostrámos que sabemos governar”. Bloco apresenta candidata a Lisboa (e abre a porta a acordo com PS)

O Bloco de Esquerda apresentou a candidatura de Beatriz Gomes Dias à Câmara Municipal de Lisboa, pediu “mais força” para determinar a governação da cidade e abriu a porta a novos entendimentos com o PS …

Fé nos números. Foi o voto não religioso que Donald Trump perdeu em 2020 

Em novembro de 2020, Joe Biden foi eleito Presidente dos Estados Unidos da América. Uma análise revelou recentemente que a derrota de Donald Trump dependeu daqueles que não se identificam com nenhuma religião. Ryan Burge, professor …