“Eu sou a pessoa menos racista do mundo”, garante Donald Trump

Michael Reynolds / EPA

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump

O Presidente norte-americano viu o seu discurso ser interrompido na Virgínia, com acusações de racismo. “Sou a pessoa menos racista do mundo”, garantiu no dia anterior.

Esta terça-feira, o discurso de Donald Trump, a propósito do 400.º aniversário da assembleia de Jamestown, o local da primeira colónia britânica permanente no continente americano, foi interrompido por protestos na Virgínia e boicotado por eleitos negros desse Estado, entre acusações de racismo ao Presidente.

Ibraheem Samirah, um eleito do partido Democrata do Congresso da Virgínia, interrompeu brevemente o discurso ao exibir diversos cartazes: “Expulsa o teu ódio”; “Reúne a minha família”; “Regressa à tua corrupção” foram alguns deles, segundo a Renascença.

Samirah fazia alusões ao combate do Presidente norte-americano contra a imigração ilegal e os seus comentários recentes ao convidar outras quatro eleitas Democratas provenientes de minorias a “regressarem” aos seus países.

“O Presidente Donald Trump, mensageiro dos discursos do ódio e das políticas tóxicas, participa numa celebração de valores democráticos que não partilha”, indiciou em comunicado publicado no Twitter o jovem eleito, filho de refugiados palestinianos.

Parte da assembleia contestou as declarações de Samirah, tendo sido retirado pela segurança antes de Trump prosseguir o seu discurso sem fazer alusão ao incidente.

Contudo, todos os representantes do grupo parlamentar de eleito negros da Virgínia decidiram boicotar as comemorações devido à presença de Trump. “A participação do Presidente é contrária aos princípios defendidos pelo grupo”, explicou o Virginia Legislative Black Caucus, em comunicado.

O organismo denunciou os “comentários degradantes” de Donald Trump face aos eleitos da oposição e considerou que as suas “políticas prejudicam as comunidades marginalizadas” através de uma “retórica racista e xenófoba”.

Mesmo antes de se deslocar à Virgínia, Trump assegurou: “Sou a pessoa menos racista do mundo”. O Presidente enfrenta novas acusações de racismo nos Estados Unidos, depois dos seus ataques violentos e repetidos nos últimos dias contra um deputado negro da circunscrição de Baltimore, e ainda ao pastor Al Sharpton, figura do movimento de defesa dos direitos dos negros.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

ROUGHIE. Planador subaquático observa silenciosamente os mares (sem perturbar a vida selvagem)

Os veículos subaquáticos autónomos tornaram-se ferramentas versáteis para explorar os mares. Porém, estas ferramentas podem ser prejudiciais para o meio ambiente ou ter problemas em movimentar-se em espaços confinados. Uma equipa de investigadores da Purdue University, …

Igreja cipriota pede que a música "demoníaca" da Eurovisão seja cancelada. Governo rejeita

El Diablo foi a canção escolhida para representar o Chipre no festival da Eurovisão, que terá lugar em Roterdão, em maio. A música cipriota da Eurovisão está a causar polémica. A Igreja Ortodoxa do Chipre pediu, …

Cientistas propõem que indústria da moda pague "royalties" pelo padrão leopardo

Cientistas de Oxford, no Reino Unido, propõem que a indústria da moda comece a pagar royalties pelo uso do padrão que imita a pele de leopardo, para tentar ajudar a reverter o declínio deste felino. "O …

André Ventura foi reeleito presidente do Chega com 97,3% (e deixou recados ao PSD)

André Ventura foi reeleito este sábado, com 97,3% dos votos nas eleições internas para a presidência do Chega. O presidente demissionário do Chega foi reeleito este sábado com 97,3% dos votos, percentagem que considerou legitimá-lo para …

Uma das maiores camas do céu. JetBlue revela a nova classe executiva do Airbus A321neo

Uma das maiores camas no céu deverá estrear dentro de alguns meses, quando a JetBlue começar a voar com os seus A321neo de Boston e Nova Iorque a Londres. No dia 26 de fevereiro, a norte-americana …

Putin diz que Internet pode destruir a sociedade se não for regida pela moral

 Internet pode destruir a sociedade a partir se não não for regida por valores e leis da moral, considerou Vladimir Putin. O Presidente da Rússia, Vladimir Putin, advertiu que a Internet pode destruir a sociedade a …

China torna-se o primeiro país do mundo a ter mais de mil multimilionários

A China tornou-se o primeiro país do mundo a ultrapassar a marca dos mil multimilionários, tendo neste momento um total de 1058 pessoas que têm a sorte de poder fazer parte desse grupo restrito. De acordo …

Gil Vicente 0-2 Porto | Vida fácil para o “dragão” em Barcelos

O FC Porto venceu o Gil Vicente em Barcelos, por 2-0. Pepe e Corona saíram ao intervalo com problemas físicos. O Porto foi a Barcelos conquistar três pontos de forma tranquila, perante um Gil Vicente que …

Na Índia, o comércio ilegal de burros está a crescer. A sua carne é considerada afrodisíaca

Viagra? Não, a população do estado de Andhra Pradesh, na Índia, tem um novo método para aumentar o desejo sexual: carne de burro. Esta crença está a fazer com que o comércio ilegal de carne …

Com as fronteiras fechadas, companhia aérea australiana lança "voos mistério"

A companhia aérea australiana Qantas anunciou “voos mistério”, nos quais os passageiros não fazem ideia para onde vão, numa tentativa de atrair mais clientes. As fronteiras internacionais da Austrália estão atualmente fechadas e parece improvável que …