Este polvo tem pesadelos (e os seus gritos têm cor)

Um vídeo publicado no YouTube mostra um polvo a mudar de cor enquanto dorme. Os cientistas acreditam que a mudança de branco para castanho escuro pode estar ligada a um pesadelo durante o sono.

Os polvos são conhecidos pela habilidade de camuflar a pele em situações perigosas. Mas o que acontece quando estes animais mudam de cor durante o sono?

O vídeo publicado no YouTube mostra um polvo (Octopus hummelincki) a dormir no seu aquário bem iluminado. Quando adormeceu, a cor da sua pele mudou drasticamente, passando de branco para castanho escuro.

As imagens foram captadas em outubro de 2017, no Butterfly Pavilion, um jardim zoológico no Colorado, EUA. Rebecca Otey, estagiária de ciências e conservação, filmou o polvo a dormir e partilhou as imagens no Youtube, em fevereiro de 2018.

No início, o polvo adormece com uma coloração branca perolada. No entanto, à medida que vai dormindo, os padrões escuros da sua pele pulsam mediante a sua própria respiração. Gradualmente, uma inundação de cor escura toma conta do seu corpo. Lentamente desaparece, retomando à cor inicial.

Segundo os cientistas, mudanças de cor como a que surge no vídeo são causadas pelos cromatóforos do polvo – células pigmentares que se expandem ou se contraem para alterar as cores e os padrões do corpo do animal. Os especialistas acreditam que estão envolvidas no processo duas outras células – iridóforos e leucóforos – que detetam as cores que a pele do animal combina.

“Os processos exatos de como os polvos combinam as cores ainda não são totalmente conhecidos, apesar se estarem muito bem estudados. No entanto, pesquisas recentes sugerem que as próprias células são capazes de combinar as cores“, disse Sara Stevens, do Butterfly Pavilion, ao Live Science.

Estes animais ativam os seus “super poderes” de camuflagem em resposta a mudanças nas condições que os rodeia. Será que a alteração da coloração deste polvo significa que estava a sonhar com uma ameaça?

mentalblock / Flickr

Octopus hummelincki

Apesar de o estudo sobre o sono e o sonho dos cefalópodes estar a crescer ao longo dos anos, ainda não há evidências suficientes para dizer, com certeza, se estes animais sonham da mesma forma que os seres humanos.

“Tem sido levantada a hipótese de que as espécies de polvo podem exibir algo muito semelhantes aos ciclos de R.E.M. em humanos – mas ainda não se sabe se estes animais atingem o sono R.E.M.”, afirmou Stevens. O sono R.E.M., ou Rapid Eye Movement (“movimento rápido dos olhos”), é a fase do sono na qual ocorrem os sonhos mais vívidos.

Ao contrário dos seres humanos, os polvos não têm um cérebro centralizado. Em vez disso, têm múltiplos “cérebros” distribuídos pelos seus membros. Este sistema nervoso incomum dá a estes animais o controlo preciso sobre as suas células que mudam de cor. Contudo, essa habilidade pode não estar sob o controlo dos polvos o tempo todo.

Todavia, “não há respostas definitivas para as perguntas: os polvos sonham? E com o quê?”, conclui a cientista.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Vila romena reelege autarca que morreu de covid-19 dez dias antes

Os moradores de Deveselu, na Roménia, decidiram prestar uma última homenagem ao presidente da Câmara, nas eleições locais deste domingo, que morreu devido a complicações provocadas pela covid-19 dez dias antes. De acordo com a agência …

Jogador do Rio Ave recusou jogar

Matheus Reis não quis defrontar o Vitória de Guimarães porque quer sair rapidamente de Vila do Conde. Presidente anunciou suspensão do atleta. O Rio Ave apareceu no duelo com o Vitória de Guimarães (0-0) sem Matheus …

António Joaquim entrega recurso no Supremo no caso do homicídio do triatleta

O advogado de António Joaquim, condenado pelo Tribunal da Relação pelo homicídio do triatleta Luís Grilo, entregou, esta segunda-feira, no Supremo Tribunal de Justiça um recurso sobre essa decisão, defendendo a sua revogação e a …

57% dos portugueses diz que a pandemia dificultou acesso à saúde (e mais de 600 mil perderem consultas)

Mais de metade dos portugueses (cerca de 57%) considera que a pandemia dificultou o seu acesso aos cuidados de saúde, sendo a população mais idosa (69%) e os doentes crónicos (70%) quem mais manifesta esta …

“Negacionista e bem raivosa”. Livro de ex-ministro da Saúde revela reação de Bolsonaro à pandemia

O primeiro ministro da Saúde do mandato de Jair Bolsonaro, Luiz Henrique Mandetta, publicou um livro sobre o combate à pandemia no Brasil e revelou que o Presidente teve uma reação “negacionista” e “raivosa”. De acordo …

"É um génio". Futre acredita que João Félix lutará pela Bola de Ouro dentro de pouco tempo

O antigo internacional português e antigo jogador do Atlético de Madrid Paulo Futre acredita que João Felix lutará pela Bola de Ouro dentro de pouco tempo. "É um génio. Cada vez que a bola passa pelos …

Seis novos sauditas indiciados na Turquia pela morte de Khashoggi

Os seis sauditas, indiciados a alguns dias do segundo aniversário do homicídio, não se encontram na Turquia e devem ser julgados à revelia. O procurador de Istambul indiciou, esta segunda-feira, seis novos sauditas suspeitos de …

Expressões neutras e imagens de homens e mulheres. Governo quer militares a usar linguagem inclusiva

O Ministério da Defesa quer que os militares comecem a usar uma linguagem mais inclusiva e menos discriminatória nos documentos e comunicações oficiais, de acordo com uma diretiva enviada Estado-Maior-General das Forças Armadas e aos …

Trump acusado de incentivar afro-americanos a não votar em 2016. E queria a filha Ivanka como vice

A equipa da campanha digital de Donald Trump tentou dissuadir milhões de afro-americanos de votar nas eleições presidenciais norte-americanas de 2016, segundo uma investigação hoje divulgada por jornalistas da estação de televisão britânica Channel 4 …

Leitura, Matemática e Ciências. Alunos portugueses são únicos da OCDE com cada vez melhores resultados

Os alunos portugueses foram os únicos da OCDE que têm vindo a melhorar significativamente os seus desempenhos a Leitura, Matemática e Ciências, segundo uma análise que compara o desempenho académico de jovens de 15 anos …